Home / Animais / Ficha Técnica do Bicho-da-Seda: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Ficha Técnica do Bicho-da-Seda: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Os animais são muito importantes para a produção de diversos itens tidos como essenciais para a vida das pessoas nos tempos contemporâneos. Assim, há uma grande diversidade de animais que assumem papeis fundamentais no ciclo de criação desses produtos, interferindo diretamente nas mudanças econômicas dos mais variados lados do Brasil.

Dessa forma, é muito importante ter a noção exata de como são produzidos os itens aos quais se tem acesso com relativa facilidade no dia-a-dia, já que esses itens vieram de algum lugar e, muitas vezes, são de origem animal. Logo, é importante estar atento a tudo isso e ter a noção correta a respeito de como o mundo animal pode ajudar as pessoas a criar produtos incríveis e, muitas vezes, já essenciais para que os humanos tenham o modelo de vida ao qual estão acostumados. Portanto, essa importância merece destaque.

Conheça o Bicho-da-Seda

Assim, um dos animais que mais bem representa a importância do mundo animal para as pessoas é o chamado bicho-da-seda, um animal muito importante para toda a sociedade que atua como como um produtor primário da seda, entregando matéria-prima para que os mais variados produtos envolvendo a seda sejam fabricados nos mais variados ambientes de todo o mundo, incluindo o Brasil. O bicho-da-seda, portanto, se trata de uma pequena larva, uma lagarta que provém da mariposa de tipo doméstico.

Logo, o bicho-da-seda é um animal bastante pequeno, mas que possui relevância para a fabricação de muitos itens. No passado, quando era muito mais difícil ter acesso a outros tipos de materiais, o bicho-da-seda era ainda mais importante para cidades inteiras e chegava a sustentar munícipios por completo, sendo um animal-chave para o crescimento de diversos locais em todo o Brasil. Posteriormente, com a facilidade e ter acesso a outros materiais, o animal acabou por perder relevância de forma natural, embora inda seja usado para a produção de alguns tecidos.

Ficha Técnica do Bicho-da-Seda

  • Nome Científico: Bombyx mori;
  • País de origem: China;
  • Comprimento do corpo: cerca de 25 centímetros;
  • Popular na Ásia e na América do Sul;
  • Pode ser dividido em três grupos.

O bicho-da-seda é um animal que possui larga utilidade para a humanidade há muitos séculos, antes mesmo de as primeiras máquinas serem inventadas para a confecção de tecidos. Logo, o animal é cultivado há bastante tempo pelas pessoas, sendo que o local de origem do bicho-da-seda, segundo diversos especialistas no assunto, realmente é a China.

Já em relação às características principais, o bicho-da-seda possui o corpo esbranquiçado, atingindo um comprimento de cerca de 25 centímetros quando em fase adulta e bem alimentado, já que nem sempre o animal consegue ter acesso a reservas fartas de alimentos.

Um fato muito curioso sobre o bicho-da-seda é que, de forma muito diferente da grande maioria dos outros animais de todo o mundo, esse tipo de larva possui a fêmea como o ser maior e mais pesado da relação, sendo o macho, em geral, mais leve e menor que a sua parceira sexual. Já o corpo do bicho-da-seda pode ser dividido em três partes, como apontam os principais livros de biologia de todo o Brasil.

Bicho-da-Seda na Folha
Bicho-da-Seda na Folha

Dessa maneira, o animal possui: cabeça, tórax e abdômen como partes principais que compõem o seu corpo. Essa divisão facilita a análise a respeito do animal, fazendo com que seja mais simples entender como o bicho-da-seda funciona em relação à anatomia e, assim, se torne mais interessante a cessível estudar mais sobre o corpo do animal.

Ademais, o bicho-da-seda ainda possui a marca incrível de ser responsável por cerca de 90% da produção de toda a seda do mundo, ainda que exista muito tecnologia em diversos aspectos da indústria atualmente.

História do Bicho-da-Seda

A história do bicho-da-seda é bastante curiosa, já que o animal possui uma utilidade tão grande para as pessoas que muitas vezes é possível questionar o porquê de se ter levado tanto tempo para entender a importância do animal.

Isso porque, apesar de a China já ver o bicho-da-seda como importante peça de produção de tecidos, o mundo levou muito mais tempo para entender como um animal poderia ajudar na produção de roupas e vestimentas em geral, fazendo com que tudo se tornasse ainda mais fácil.

Assim, o cultivo de seda da China data de mais de 3 mil anos antes de Cristo, algo que demonstra bem como os chineses foram capazes de fazer uso desse material. Ademais, apenas cerca de 500 anos depois de Cristo os outros países foram ter acesso aos diversos usos da seda, conhecendo mais a fundo o material e sendo capazes de, finalmente, fazer uso do animal tão importante.

Dessa maneira, a seda começou a se tornar mais popular também em outros países de toda a Ásia, rapidamente aparecendo com importância também em partes da África e, posteriormente, da Europa. Mais tarde, quando o Novo Mundo foi encontrado, o bicho-da-seda rapidamente se acostumou e se adaptou muito bem à América do Sul.

Pesquisas Sobre o Bicho-da-Seda

É bastante fácil se pegar pensando em como o bicho-da-seda consegue ser um produtor tão eficaz de seda, um material que possui larga importância para todas as pessoas do mundo.

Logo, para responder a essa questão é importante, primeiro, entender como o bicho-da-seda funciona como organismo e o que o animal usa para realizar a produção desse tipo de material, que mais tarde será usado pelas pessoas em prol da fabricação de outros itens decorrentes.

Há muitas pesquisas, por exemplo, que envolvem o bicho-da-seda e estão em curso atualmente em diversas universidades de todo o país. Em uma dessas pesquisas, foi possível notar que, a depender da declividade do terreno, o bicho-da-seda pode tecer mais ou menos seda, fazendo com que esse item interfira na produção do animal.

Metamorfose do Bicho-da-Seda
Metamorfose do Bicho-da-Seda

O dado é importante para quem produz seda em larga escala, ajudando a tornar o ambiente mais adequado para o animal. Além disso, também foi possível descobrir, já em outra pesquisa científica, que o bicho-da-seda pode receber mais intervenções genéticas dos cientistas, o que faria a larva produzir ainda mais e em menos tempo, embora esse dado ainda seja precoce e dependa de mais estudos para ser comprovado na prática.

Veja também

Meu Cachorro Está Estranhando Todo Mundo. E Agora?

Os cachorros ganharam enorme importância na vida das famílias brasileiras. Esses animais se tornaram tão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *