Home / Animais / Elefante Indiano: Características, Comprimento, Altura e Fotos

Elefante Indiano: Características, Comprimento, Altura e Fotos

Os elefantes indianos são verdadeiros monumentos da natureza selvagem. Eles estão entre os maiores e mais robustos dentre as espécies de animais existentes, apesar de não figurarem entre os maiores da família Elephantidae.

Há séculos eles enfrentam uma verdadeira caça às suas enormes e valiosas presas de marfim. Por isso mesmo, constam na lista das espécies atualmente ameaçadas de extinção.

Na verdade, os elefantes permeiam o nosso imaginário popular desde que nascemos. E pelo fato de não serem assim tão comuns como animais de estimação, eles são considerados quase como entes fantásticos, restritos apenas ao universo do cinema, e motivo para inúmeras lendas e crendices sobre a sua personalidade.

Os elefantes indianos são animais típicos das planícies do sul da Ásia (especialmente Índia e Nepal). O seu peso dificilmente costuma ultrapassar as 5 toneladas — um pouco menos do que outras espécies, como o elefante africano, que facilmente ultrapassa as 6 toneladas.

Com relação a estes, ele possui diferenças significativas, como o tamanho das orelhas (que são menores), o formato do crânio e da tromba, além do fato de que as fêmeas não possuem presas, diferentemente das fêmeas africanas.

Orelhas do Elefante Indiano
Orelhas do Elefante Indiano

Ele é um animal essencialmente herbívoro, cuja preferência são as gramíneas, frutas, flores, ervas, cascas de bambu, sementes, raízes, entre outras variedades, que geralmente procuram em rebanhos de 20 ou 30 indivíduos, guiados por uma fêmea mais antiga — uma das características mais marcantes dessa espécie.

As suas necessidades alimentares não são nada modestas. Uma ração diária menor do que 50kg não é capaz de sustentá-los adequadamente.

Para isso, eles percorrem, incansavelmente, as savanas do Nepal e as planícies indianas — com uma parada apenas entre o meio dia e as três da tarde, quando costumam recostar-se, preguiçosamente, e utilizar as suas orelhas como um potente abanador.

Diferentemente de outras espécies, os elefantes indianos costumam ser domesticados pelos nativos para o transporte de materiais pesados. E talvez por isso sejam vítimas em potencial dos temíveis traficantes de presas e de peles, que juntam-se a outros fatores geográficos e sociais, para torná-los uma das espécies mais ameaçadas de extinção atualmente.

Elefante Indiano: Características, Comprimento e Altura

Os elefantes indianos pesam em média 5 toneladas, medem entre 2,60m e 2,80m de comprimento (machos) e entre 2,3m e 2,5m (fêmeas).

Algumas características os diferenciam bastante dos elefantes africanos. Entre elas: são menores em comprimento, possuem um par de orelhas também menores, as fêmeas não possuem presas de marfim, costumam ser domesticados (como animais de carga e para transportar passageiros), possuem costas mais côncavas, entre outras características.

Diferença do Elefante Asiático e o Africano
Diferença do Elefante Asiático e o Africano

De acordo com relatórios de órgãos como a UICN (União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais), há uma verdadeira caça a essa espécie, com o fim de obter as suas valiosíssimas presas de marfim, para a produção de peças de artesanato, joias, teclados de piano, entre outras utilizações.

Eles são animais herbívoros, afeitos à uma alimentação à base de ervas e folhagens. Por dia, chegam a consumir entre 50 e 80 kg de alimentos e até 200L de água; mas, a depender das suas características particulares, uma dieta que contenha menos de 100kg de folhagens, por dia, pode deixá-los com um mau humor nem um pouco agradável.

As fêmeas começam a acasalar entre os 10 e 12 anos e gestam os seus filhotes durante cerca de 2 anos. Estes nascem com até 100kg e podem viver facilmente até os 60 anos de idade.

Por serem bem mais dóceis e fáceis de manipular do que os seus parente mais próximos, os africanos, os elefantes indianos costumam ser presas mais fáceis de traficantes de marfim, donos de circo, comerciantes (como animal de carga), e até mesmo durante os conflitos tribais são utilizados como espécies de “armas de guerra”.

O Culto ao Elefante Indiano

Ao que tudo indica, o governo da Índia está se mobilizando para tentar salvar da extinção esse verdadeiro monumento cultural do país, cujo significado confunde-se com a sua própria história.

Números recentes revelam uma população de elefantes não superior a 27 mil, mas que vem diminuindo exponencialmente a cada ano, muito por conta do tráfico de peles e de marfim.

Templos, casas, órgãos públicos; difícil é encontrar construções na Índia onde esse animal não esteja devidamente representado em suas fachadas.

Comerciais de televisão, campanhas políticas, palestras, eventos, festas de aniversário, casamentos: lá está ele!, em sua imensidão imponente, a representar, para algumas correntes hindus, a capacidade mental de sufocar os desejos e de contribuir para o alcance dos seus objetivos.

Para algumas variações do hinduísmo, Ganesh é o seu deus máximo. E não por acaso ele é representado com uma cabeça de elefante, como a representar sapiência, saúde, abundância e sorte.

Ganesh
Ganesh

No sul da Índia, o elefante é a própria encarnação da religiosidade. Anualmente, uma multidão de religiosos rendem-lhe cultos fervorosos, cujo ponto alto é a produção de pequenas figuras com a representação de um elefante, que são lançadas ao mar.

Vê-se, portanto, o quão especiais e representativos são os elefantes indianos em praticamente todas as regiões da Ásia. Seja em trechos do Irã ou do Iraque, ou mesmo em regiões do Nepal, Sri-Lanka e Tailândia — onde quer que o budismo seja cultuado, ele estará presente, como um símbolo de força mental e da capacidade de resistir aos desejos da carne.

O Festival dos Elefantes Indianos Pintados

O Festival do Elefante em Jaipur, capital do Rajastão, um dos estados da Índia, é celebrado anualmente, como forma de lembrar o poder e a superioridade da nobreza indiana.

Para a festa, os Mahouts (cuidadores) dão aos elefantes um tratamento digno de celebridades, com direito a banhos com essências, uma pintura com belos desenhos por todo o seu corpo, além de pedras preciosas, sinos, anéis, argolas, tornozeleiras, entre vários outros paramentos, que ajudarão a eleger, durante a festa, o mais belo elefante indiano.

Esta é uma forma de destacar a majestade de um soberano quando este encontra-se montado em um símbolo religioso tão importante. Mas, ao mesmo tempo, aumentam, ainda mais, a importância desses animais, ao serem montados por dignos representantes da nobreza.

Nos dias atuais, a cerimônia vem perdendo um pouco do seu ar de nobreza, e limita-se apenas a ser uma ritual como lembrança do passado.

Ela agora é realizada com torneios de pólo sobre elefantes, escolha do paquiderme mais forte; e um concurso à parte, com o objetivo de escolher o elefante com os melhores ornamentos.

É um momento mágico para esses paquidermes, que durante um ano inteiro, muitas vezes, executam a função de animais de carga ou meios de transportes para turistas.

Mas, nesse período, eles são os donos da festa! A Índia pertence única e exclusivamente a eles! Agora são os verdadeiros protagonistas, mimados e acarinhados pelos visitantes, até que a dura realidade deva ser, novamente, as suas rotinas.

Julia Roberts se Diverte Acariciando um Elefante Indiano em Cena do Filme - "Eat Pray Love"
Julia Roberts se Diverte Acariciando um Elefante Indiano em Cena do Filme – “Eat Pray Love”

No entanto, a boa notícia é que, graças à sua importância cultural e religiosa, os elefantes indianos vêm recebendo uma atenção especial dos governantes. E isso é o que tem garantido a sua sobrevivência, principalmente quando a sua situação é comparada à das demais espécies.

E juntamente com a insistência e fiscalização de inúmeras ativistas e órgãos de proteção ambiental, ao que tudo indica essa caminhada rumo à extinção tende a ser, finalmente, contida.

Gostou desse artigo? Então deixe-nos as suas considerações sobre a importância da preservação dos elefantes indianos para a sustentabilidade do planeta.

Veja também

Tubarão Martelo Recortado: Sphyrna Lewini, Habitat e Tamanho

Os tubarões são animais de grande porte que causam medo em muitas pessoas, sendo também …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *