Home / Animais / Doenças Mais Comuns do Samoieda e Como Tratar

Doenças Mais Comuns do Samoieda e Como Tratar

Os cachorros são os melhores amigos dos homens, e é muito difícil encontrar alguém que negue essa afirmação.

Não é para menos, já que são eles que tem nos acompanhados há diversos anos, e servindo não apenas como nossos fiéis companheiros, mas também protetores e guardiões.

Os cachorros existem em diversas formas, tamanhos, cores, personalidades e também para diversas funções diferentes.

Mas os cachorros, apesar de serem muito fortes, resistentes e, alguns, ferozes, também estão suscetíveis a contrariar algumas doenças.

E agora, nós humanos, temos a função de proteger e sempre cuidar dos cachorros, para que eles não fiquem doentes.

Para isso, hoje você irá conhecer as doenças mais comuns que os samoiedas podem contrair. E, claro, você irá aprender também quais as melhores formas de tratar.

Origem

No norte da Rússia, existiam algumas tribos, que eram compostas por povos chamados samoiedos. Um lugar muito frio e também com muita neve.

A raça samoieda está diretamente ligada a esse povo e a essa época, pois os cães serviam como pastores das renas, puxavam os trenós e também eram cães protetores e de guardas.

O cachorro samoieda é considerado uma das raças mais puras de todo o mundo, pois seu ancestral é o lobo cinza, junto as raças Husky Siberiano, Chow Chow e Malamute do Alasca.

Origem do Samoieda

No século 17, a imigração dessa raça começou a tomar forma. Alguns exploradores que iam para a Sibéria pegavam alguns exemplares da raça e levavam de volta para a Europa.

Em meados do século XIX, o samoieda já começava a se tornar um cachorro de companhia e fazia parte das famílias mais nobres e também da alta realeza da época. Era muito famoso, principalmente, na Inglaterra.

Além de se tornar um cachorro companheiro, alguns exploradores ainda utilizavam o samoieda para fazer explorações nas regiões polares.

Foi em 1892 que o casal Clara e Ernest, apresentaram o cachorro em uma exposição, e a partir de então, o samoieda foi padronizado como conhecemos hoje.

Por todos esses anos, o cachorro samoieda sempre conseguiu conquistar com muita facilidade a atenção e o carinho de todos.

Ele é encontrado em diversos países e regiões diferentes, inclusive no Brasil. No entanto, por vir de um local extremamente frio, algumas adaptações são feitas quando eles vivem em países mais quente, como o nosso.

Características

O cachorro samoieda possui como principal característica sua coloração branca, igual neve, e traços muito parecidos com os lobos cinzas.

Por ser descendente direto dos lobos, o samoieda possui traços físicos muito fortes, marcantes e poderosos.

Ele possui uma expectativa de vida entre 10 até 13 anos. Ele também possui um porte considerado médio, muita resistência e força.

Quando adulto, o samoieda pode chegar a medir cerca de 53 cm, e chega a pesar cerca de 20 quilos.

O seu rosto possui um formato muito característico também da raça. O formato do seu focinho, que possui os cantos da boca inclinados um pouco para cima, e também a posição dos seus olhos, acaba formando um sorriso muito parecido com o dos humanos.

Os cachorros dessa raça são, na maior parte das vezes, de cor branca. Algumas variações podem apresentar a cor creme, branco e biscoito, e foi visto uma única vez um samoieda preto.

Suas orelhas possuem um formato triangular, são consideradas bem pequenas, e estão sempre em uma posição ereta.

No geral, o samoieda é uma cachorro muito elegante, marcante e também possui sempre um ar de segurança junto a ele, e seu corpo é muito definido, musculoso e consistente.

Comportamento

A personalidade dessa raça é totalmente baseada na gentileza. O samoieda é extremamente sociável, carinhoso e possui muita facilidade em fazer novas amizades.

Apesar de ter tido um passado voltado ao trabalho, hoje ele é muito tranquilo e também aberto. Ele se apega muito fácil ao seu dono, não possui timidez e dificilmente demonstra alguma agressividade.

Mas, por ter tido esse passado independente, ele ainda é um pouco teimoso, e possui dificuldades em obedecer aos comandos que os donos dão.

Por isso, é muito importante que o seu treinamento comece desde cedo, e o adestramento deve ser feito da melhor forma possível, para que ele não apresente problemas de comportamento no futuro.

O samoieda, mesmo com seu corpo forte, é muito receptivo com pessoas desconhecidas, e é uma péssima ideia ter ele como cão de guarda.

Para casas pequenas, ou apartamentos, essa raça é muito indicada, pois ela consegue se adaptar fácil ao ambiente pequeno.

No entanto, apesar de conseguir viver bem em locais pequenos, é necessário que ele faça pelo menos alguns exercícios físicos na semana, para que possa manter sua saúde física e mental em dia.

No geral, o samoieda consegue conviver muito bem com pessoas de diferentes idades, inclusive crianças.

Por ser muito brincalhão, as crianças irão adorar ter esse cachorro. Mas não se esqueça de estar sempre presente na hora das brincadeiras.

Doenças mais Comuns e Como Tratar

O samoieda é um cachorro considerado muito resistente e também muito saudável. No entanto, uma atenção constante é necessária, pois eles podem demorar a apresentar os sintomas de algumas doenças, e caso isso ocorra, a doença já pode estar em um estado mais avançado.

Entre as doenças que são comuns, podemos citar: glaucoma, obesidade, hipotireoidismo e displasia no quadril.

O glaucoma é uma doença que afeta, praticamente, todas as raças de cachorros quando eles atingem uma idade mais avançada, então o ideal é que quando seu cachorro começar a ficar mais velhos, visitas ao veterinário sejam feitas com mais frequência.

A obesidade e a displasia no quadril podem ser evitadas, ou até mesmo adiadas, com exercícios físicos diários e uma alimentação balanceada.

O hipotireoidismo que afeta os cachorros é muito parecido com o que afeta os humanos também. E o tratamento é bem simples, basta que a reposição hormonal aconteça.

Além disso, o samoieda precisa sempre de uma atenção quanto a sua higiene, como escovação dos dentes, escovação dos peles e banhos regulares.

Todas essas doenças que foram citadas podem ser tratadas e também curadas, contanto que a atenção necessária e os cuidados sejam tomados.

Você possui ou deu vontade de possuir um samoieda? Deixe nos comentários o que você achou dessa raça super linda!

Veja também

Flamingo-Grande-dos-Andes

Flamingo-Grande-dos-Andes: Características, Nome Cientifico e Fotos

Os flamingos são animais que, certamente, geram muito interesse nas pessoas. Pela sua cor acentuada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *