Home / Animais / Diferenças Entre o American Pit Bull Terrier e o Rottweiler

Diferenças Entre o American Pit Bull Terrier e o Rottweiler

Reconhecidas como duas das raças mais bonitas e imponentes, os Pit Bull e o Rottweiler podem ser frequentemente confundidos, mas na verdade são completamente diferentes. Ambos, no entanto, são animais que despertam paixões – e que demandam cuidados bem específicos.

Um é americano, o outro veio direto da Alemanha. A principal características desses animais é que os exemplares de ambas as raças possuem muita força física, mordidas potentes e um corpo musculoso que exige treinamento e gasto de energia em grande quantidade.

Tutores responsáveis e cuidadosos são essenciais para qualquer animal, mas para essas duas raças em especial eles são ainda mais essenciais. Isso porque tanto o American Pit Bull quanto o Rottweiler demandam de socialização, disciplina e adestramento.

Descubra Quais são as Principais Diferenças entre o American Pit Bull Terrier e o Rottweiler!

Os dois carregam consigo a fama de serem “Bravos” e “agressivos”. No entanto, já está mais do que provado que um comportamento agressivo é proveniente de maus-tratos e uma criação deturpada. Esses animais podem ser extremamente carinhosos e amáveis!

• Rottweiler x Pit Bull:

O Rottweiler é um animal criado com a intenção inicial de ser um cão de guarda. Os Rottweilers trabalhavam muito nos rebanhos, contendo as ovelhas ou bovinos, e posteriormente, graças a sua força física, foram usados para puxar carros de açougueiros. Ele é considerado um animal de porte grande!

O Rottweiler

• Tamanho: pode atingir até 70 centímetros;
• Peso: média de 50 kg na fase adulta;

O Pit Bull é um animal do grupo de “terrier”, infelizmente foi uma raça muito utilizadas em rinhas e brigas ilegais, já que possuem uma impressionante força física. Diferentemente do anterior, esse cachorro é considerado de porte médio!

• Tamanho: pode atingir 55 centímetros;
• Peso: 30 a 35 kg em fase adulta;

De fato, são dois animais de grande força física, o que significa que, se não contarem com uma boa educação, disciplina e adestramento, os cachorros possuem um potencial destrutivo.

O Pit Bull

Ambos foram muito utilizados em caça, sendo que o Rottweiler foi o primeiro cachorro a se tornar parte da polícia, e o Pit Bull foi muito utilizado na caça de animais de grande porte, como javalis. Isso nos mostra que ambas as raças são extremamente ágeis, fortes, e que precisam de uma educação bem especifica.

Fama de Mau: Será que Esses Cachorros são Mesmo tão Perigosos Assim?

Os dois grandalhões dividem essa fama de serem raças violentas, agressivas e perigosíssimas. Como dissemos antes, tudo dependerá da criação, e do investimento do dono em dar uma boa educação. De modo geral, é indicado que esses cães passem por uma socialização, sobretudo se vieram de condições de maus-tratos.

Mas, contrariando todas as expectativas, os Pit Bulls são animais extremamente dóceis, inclusive costumam ser excelentes para convivência com crianças. No passado, eles foram adotados pelas famílias americanas como “cães babá”, pois são extremamente protetores.

São animais que conseguem confiar facilmente nas pessoas, e aceitam a presença de estranhos sem grandes problemas. Mais um ponto em que se diferenciam dos Rottweilers.

Essa raça de origem alemã é excelente cão vigia, pode ajudar na proteção da casa, é muito amorosa com seus tutores, mas pode ter dificuldade em aceitar a presença de estranho.

O Rottweiler também não costuma conviver bem com outros animais, principalmente por ser um cachorro essencialmente territorialista. O macho costuma ser bem encrenqueiro.

Mas, vamos reforçar aqui: a criação é a base de tudo. O que dissemos aqui não é uma regra, e os animais podem apresentar comportamentos bem variados, bem como podem se adaptar em casas com outros animais.

Acontece que tanto o Rottweiler quando o Pit Bull demanda de atenção e processo de socialização cuidadoso para que realmente se sintam à vontade.

Raças Violentas: Verdadeiro ou Falso?

Não é nem um pouco difícil se apaixonar por um American Pit Bull ou por um Rottweiler. Eles são lindos, inteligentes e muito amorosos, além de serem animais que chamam a atenção por onde passam. Então, porque sofrem tanto preconceito?

A resposta está na força desses animais. Ambos possuem uma mordida muito potente. Sabemos que qualquer cachorro pode se estressar com o dono, com outros animais, e acabar se envolvendo em uma confusão por possessividade, território ou por se sentir intimidado.

Quando isso acontece com um Rott ou com um Pit, no entanto, estamos lidando com animais de força física muito elevada, o que acaba gerando estragos que, consequentemente, viram notícia, e que ajudam a fomentar o preconceito com as raças.

É exatamente por isso que os tutores devem ter um cuidado extra, ainda maior do que aquele que criam outras raças de cachorros. O dono de um Pit Bull ou de um Rottweiler deve considerar que tem em mãos um animal muito forte, e que o controle e a educação são essenciais.

Veja Quais são os Cuidados Cruciais que um Tutor Deve ter com Essas Raças!

Agora você já sabe que esses animais não são violentos, e que espalhar isso é errado e ajuda a alimentar o preconceito e os maus-tratos aos quais eles são frequentemente submetidos. Mas quais são os cuidados que você, como tutor, deve tomar?

• Focinheira:

Esses animais devem passear somente com o uso de focinheira. Isso vai evitar que o cachorro, em um momento de estresse, machuque uma pessoa ou outro animal.

• Socialização e adestramento:

É muito importante que os animais passem por um processo de socialização e adestramento, para que seu comportamento seja treinado e adequado. Assim você diminui potencialmente os riscos de ataques, e também consegue criar uma liderança mais eficiente sobre o animal.

• Brinquedos de qualidade:

Para não colocar em risco a saúde do seu pet, sempre ofereça brinquedos resistentes e de real qualidade. Os Pit Bulls e os Rottweilers podem destruir rapidamente brinquedos frágeis, e correm risco de engolir partículas.

Todos esses cuidados ajudarão o seu animal a ter uma vida mais saudável e de maior qualidade, sem colocar em risco a segurança dele nem mesmo de outras pessoas e animais.

Lembre-se que a responsabilidade pelas atitudes do animal é sempre do tutor, por isso, garanta o bom comportamento de seu cachorro, conheça o temperamento e respeite sempre o seu pet.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *