Home / Animais / Comportamento Do Jegue, Hábitos E Modo De Vida Do Animal

Comportamento Do Jegue, Hábitos E Modo De Vida Do Animal

Os jegues (que também podem ser chamados de burros, jumentos ou mesmo asnos) estão espalhados por boa parte do mundo, sendo usados pelas pessoas com as mais diversas finalidades, cmo, por exemplo, animais de carga, uma das utilidades mais práticas para esse tipo de animal.

Vamos saber um pouco mais a respeito do jegue, em especial, do seu comportamento, e alguns dos seus principais hábitos?

Algumas Características Básicas

Jegue
Jegue

Pertencente à família do equinos (a mesma dos cavalos), um jegue comum costuma ser menor do que os seus parentes mais distantes, podendo medir entre 90 e 140 cm em cruz, e pesam cerca de 250 kg, podendo viver entre 15 e 20 anos, mais ou menos.

Já as cores deles podem variar entre o cinza, o branco e até mesmo o preto. Existem espécies, inclusive, com variações de coloração parda. E, há aqueles que tenham uma coloração totalmente branca, e outras totalmente preta, mas isso dependerá bastante de seus habitats naturais.

Fora isso, assim como boa parte dos equino, o jegue possui uma crina bem curta, ao passo que as suas orelhas são bem grandes (pelo menos, em comparação ao seu corpo). Por sinal, a função dessas orelhas é para o animal se refrescar, já que elas servem como uma espécie de leque, podendo ser abanadas em diversas direções.

São animais que possuem alguns sentidos bem apurados, como é o caso da audição, que é bem desenvolvida neles. Fora isso, possuem muita sensibilidade em seus cascos, o que dá a eles um tato bem peculiar também. Já o olfato e o paladar são são necessariamente dos melhores, o que faz com que os jegues não sejam muito seletivos no tocante à sua alimentação, podendo comer praticamente qualquer coisa.

Como É O Comportamento Do Jegue?

De um modo geral, o comportamento desses animais é bom dócil, não sendo nem um pouco arredios, ou coisa do tipo. Nos dias de hoje, mesmo que de maneira reduzida se comparado com tempos passados, esse equino continua a ser bastante usado como animal de carga, tarefa que cumpre muito bem.

Uma coisa bem característica dos jegues é que eles possuem uma resistência bem grande, podendo trabalhar em condições um tanto quanto duras, em ambientes de temperaturas bem altas, por exemplo. E, apesar dos termos pejorativos que acabaram usando os outros nomes do jegue (burro, asno), trata-se de um animal bem inteligente.

Em geral, os jegues possuem movimentos bastante lentos, mesmo não sendo animas necessariamente grandes. Fora o fato de que são seres com uma ótima memória, e é por isso que eles eram tão usados para carregar pessoas e objetos a longas distâncias, visto que eles podem se lembrar de rotas bem complicadas, recordando de lugares, mesmo que tenham passado neles uma única vez.

Trata-se de um animal bastante manso, mas, ocasionalmente pode se irritar, e quando isso acontecer, ele pode se defender dando coices igual aos de cavalos normais. Em outros casos, se não puderem dar seus coices, podem morder como forma de defesa. Mas, só lembrando que esses casos são meramente exceções.

Filhote de Jegue
Filhote de Jegue

Ainda possuem a fama de serem animais bastante teimosos, o que não deixa de ser verdade, já que a partir do momento em que são forçados a fazer algo que não querem, dificilmente são coagidos a fazerem algo diferente. Isso se deve ao fato de um dos traços da personalidade desse animal ser a cautela.

Existe Alguma Diferença Entre Jegue, Jumento E Asno?

Muitos podem até se confundir ao chamar esses equinos de um outro nome, mas a verdade é que esses são apenas nomes regionais diferentes que são usados para denominar um único animal: o Equus asinus. Parente do cavalo, não é de hoje que esse animal é usado como animal de carga, sendo usado com esse intuito desde o início das grandes civilizações.

Já as designações de mula e burro são usadas para se referir a outro tipo de animal. Mula e burro são o resultado do cruzamento entre um jegue (ou jumento) com uma égua. A partir do momento que o filhote resultante desse cruzamento é uma fêmea, ela recebe o nome de mula; quando se trata de um macho, é burro.

Equus Asinus
Equus Asinus

Inclusive, independente do sexo, fisicamente, a mula ou burro são bem parecidos com a mãe que, nesse caso, é uma égua(, conseguindo, no entanto, herdar do jegue a força e a resistência física. Por terem um grande senso de equilíbrio, mula e burro podem caminhar por ambiente bem íngremes, sendo ainda mais úteis como animais de carga do que os próprios jegues.

E, ao contrário dos jegues, as mulas e burros possuem um temperamento bastante forte, precisando de um certo esforço para conseguir domá-los.

Abandono E Abate Dos Jegues

Jegues se Alimentando
Jegues se Alimentando

Antigamente, esses animais eram bastante usados em trabalhos no campo, mas, com o passar do tempo, e princialmente com a mecanização desse tipo de serviço, os jegues meio que “perderam a serventia” de antes, o que fez com que vários deles fossem abandonados.

Atualmente, outra questão que vem preocupando com relação à preservação desse animal é que existem muitos abatedouros autorizados a vender carne de cavalo, o que tem incentivado muitos a fazerem o abate de jegues também, que passam a ser vendidos como cavalos.

O problema é que muitos desses abetes são feitos em frigoríficos e demais estabelecimentos clandestinos, o que deixa o abate feito de maneira desenfreada, o que vem propiciando a diminuição de jegues nas regiões onde, antigamente, eram mais abundantes.

E, claro, sem cotar o abandono desses animais, como já destacamos antes, pois como não servem mais para trabalhos no campo, criadores os soltam nas estradas, e muitos têm morrido em ocorrência de atropelamentos.

Contudo, inúmeros órgãos ambientais têm se mobilizado para salvar esse animal da extinção, visto que o mesmo problema ocorre, por exemplo, em lugares como a Europa. Estimativas, inclusive, mostram que o jegue pode desaparecer da região Nordeste do Brasil em poucos anos, caso algo não seja feito pela preservação desses animais. Animal, ese, de um comportamento tão dócil, mas, que está seriamente ameaçado por diversos fatores.

Veja também

Meu Cachorro Está Estranhando Todo Mundo. E Agora?

Os cachorros ganharam enorme importância na vida das famílias brasileiras. Esses animais se tornaram tão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *