Home / Animais / Como se Formam os Corais?

Como se Formam os Corais?

O fundo do oceano e do mar pode ser um local de muitos encantos, principalmente no caso das pessoas que são completamente apaixonadas pela natureza e, exatamente por isso, acabam por querer saber um pouco mais sobre a formação e também a composição desses seres que encontramos.

Os recifes de corais ganham um destaque muito grande quando o assunto é a natureza, justamente porque eles são extremamente bonitos, o que acaba por chamar a atenção das pessoas e também faz com que todos tenham um interesse maior em entender sobre eles.

Porém, a grande verdade é que quase ninguém entende sobre esses corais de uma maneira geral, principalmente porque eles não são estruturas acessíveis e, consequentemente, isso faz com que seja ainda mais difícil aprender mais sobre as características deles.

Portanto, neste artigo vamos falar tudo o que você provavelmente ainda não sabe com relação aos corais. Assim, continue lendo o texto até o final para saber exatamente qual é o processo de formação desses corais.

O Que São Corais?

Em primeiro lugar é importante que você saiba exatamente o que são os corais, já que dessa maneira fica mais simples de se entender o contexto de tudo e, claro, ter um maior embasamento para entender como eles são formados exatamente.

Podemos dizer que os recifes de corais não são animais e também não são plantas, mas sim são um grande ecossistema com muita vida vegetal e animal envolvida, de forma que esse ecossistema tende a ter uma biodiversidade muito grande e ao mesmo tempo não se tratar de um ser vivo.

Também é importante perceber que os corais tendem a ser muito diferentes de acordo com o local em que eles estão inseridos e também de acordo com os elementos que influenciaram na sua formação, de forma que estudar mais sobre isso também é muito interessante para conseguir se aprofundar mais no assunto e também para entender quais são os seres vivos que estão presentes nesse processo de formação dos corais.

Portanto, agora que você já sabe que os corais que vemos no mar são na verdade ecossistemas, vamos ler um pouco mais de informações sobre como ocorre o processo de formação desses corais, principalmente porque nem sempre isso fica tão claro e, principalmente por conta da aparência desses corais, pode ser difícil de se entender como e pelo que eles são formados.

Como Os Corais São Formados?

Os recifes de corais são muito diversificados, possuindo texturas diferentes, assim como cores diferentes, tamanhos diferentes… ou seja, eles podem ser realmente diferentes uns dos outros, principalmente quando falamos em recifes de corais que estão localizados em lugares diferentes.

Isso tem uma explicação simples apesar de poder parecer complicado: os recifes de corais são formados por restos de animais marinhos e também por algas presentes na alga, de forma que ele possui tanto matéria vegetal quanto matéria animal que estão presentes em seu habitat.

Pensando assim, podemos levar em consideração que cada localidade possui animais marinhos diferentes e também diferentes espécies de algas, e isso faz justamente com que os recifes de corais se modifiquem com o passar do tempo e dos lugares.

Assim, é importante ter em mente que o recife de coral se forma assim como a rocha sedimentar se forma: por meio dos “restos” de outras matérias que acabam, juntas, constituindo um novo material na natureza que nem semper conhecemos.

Portanto, esse processo demora bastante, mas agora você já sabe como os recifes de corais são formados e também entende por qual motivo tudo isso não é tão rápido assim!

Curiosidades Sobre Corais

Curiosidades Sobre Corais
Curiosidades Sobre Corais

As curiosidades são uma excelente maneira de se aprender mais sobre um assunto sem precisar necessariamente ler longos tantos e nem se aprofundar demais em um determinado tema, principalmente porque elas podem ser consideradas mais dinâmicas e fáceis de se entender.

Assim, quando o assunto são os recifes de corais, é importante que você conheça mais sobre eles também com algumas curiosidades. Por isso, vamos listar agora algumas para que você consiga compreender o tema.

  • Existem mais de 1.500 espécies de corais ao redor de todo o planeta;
  • Os corais podem ter uma relação biológica classificada como simbiose com as microalgas do oceano;
  • A verdade é que nem todos os corais conseguem formar recifes. Assim, os que conseguem são conhecidos como hermatípicos, enquanto os que não conseguem são conhecidos como ahermatípicos;
  • Os recifes de corais são uma estrutura tão grande em nosso planeta que a famosa Grande Barreira da Austrália consegue ser percebida fora de nosso planeta;
  • Os corais são conhecidos por serem animais com exoesqueleto constituído de calcário.

Logo, essas são apenas algumas das muitas curiosidades que poderíamos citar com relação aos corais. Qual das curiosidades você achou mais interessante? Conte para a gente pois queremos saber mais sobre seu conhecimento também!

Classificação Científica Dos Corais

A classificação científica é um outro tópico não muito estudado pelas pessoas que não são cientistas, mas ela é essencial justamente para que consigamos classificar os seres vivos de acordo com seus agrupamentos, já que essa é justamente a função dela.

Reino: Animalia
Sub-reino: Eumetazoa
Filo: Cnidaria
Classe: Anthozoa

Como podemos perceber, no caso da classificação científica geral dos corais podemos chegar apenas na “classe”, justamente porque após isso eles começam a se diferenciar e, dessa maneira, cada um possui a sua própria ordem, família, gênero e, claro, espécie.

Além disso, podemos também notar que os corais são cnidários e isso pode ser facilmente percebido porque esses animais fazem parte do filo Cnidaria.

Portanto, agora que você já sabe mais sobre a classificação científica dos corais, é claro que os estudos sobre esses seres vivos fica mais fácil, não é mesmo? Até mesmo porque é possível comparar as características dos corais com as de outros cnidários, por exemplo, o que é o mais legal para se aprender com a utilização da classificação científica.

Gostou desse artigo e gostaria de aprender mais por meio de outros artigos do mesmo estilo? Então confira aqui: Tudo Sobre a Raça Border Collie – Caracteristicas e Fotos

Veja também

Marreco Pompom: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco pompom (crested duck) é uma ave ornamental considerada uma variação genética do marreco …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *