Home / Animais / Como Fazer Ração Para Cavalo Passo a Passo de Como Fazer

Como Fazer Ração Para Cavalo Passo a Passo de Como Fazer

Hoje vamos falar um pouco sobre a alimentação dos cavalos, ele tem uma alimentação herbívora que come vegetais especialmente verdes. Para que eles fiquem saudáveis e equilibrados e mantenham seu peso, a quantidade mínimo de comida para isso é de 1% do seu peso, ou 5Kg de alimento/dia por cavalo de 500kg para manutenção do seu peso. Isso daria mais ou menos de 5,5kg a 6Kg de feno por dia ou de 16 a 18kg de capim por dia. Os cavalos que trabalham, praticam outras atividades, em fase de crescimento entre outros podem ter uma necessidade diferenciada que pode variar de cada um.

É importante ressaltar que a alimentação do cavalo é importante para que ele se sinta tranquilo. Fibras são compostos muito importantes na dieta deles, pois eles ingerem por mais tempo e digestão é mais demorada. A parte de digestão desses animais precisam de muita fibra para funcionarem bem.
Vamos descrever agora boas fontes de fibra que você pode oferecer ao seu animal de muitos jeitos.

Capim

O capim é um excelente alimento e de muito fácil acesso, os cavalos podem pastar e sem esforço algum consumir o capim. Os únicos cuidados nesses casos que você deve ter é com o preparo do solo, deve ser uma terra de qualidade, bem adubada e na hora de escolher o capim, escolha um rico em nutrientes e claro que se adapte bem às condições de clima do local.

Feno

O feno é outro alimento muito fácil para oferecer ao seu animal, pois é só secar as plantas e guardá-las, elas podem ficar guardadas por cerca de 1 ano sem perder seus nutrientes o que é o mais importante. Você pode escolher entre alfafa, gramínea entre outros. Fique atento a qualidade de planta e da secagem, ele não pode ficar muito seco e nem muito úmido, pois podem prejudicar a digestão do animal causando cólicas além de não ser nutritivo.

Silagem

Aqui a forragem é armazenada sem ar e é conservada e preservada com fermentação, dessa forma os nutrientes não se perdem e o alimento continua nutritivo por muito tempo. Os depósitos são chamados de Silos. Inclusive já foram descritos casos em que o compartimento foi aberto depois de 12 anos e a qualidade nutricional analisada estava impecável. É uma ótima forma de acondicionar comida e oferecer aos animais, especialmente em períodos de baixa. Mas alguns cuidados devem ser tomados, o processo deve ser executado de forma muito bem feita para manter a qualidade, também é importante saber administrar essa alimentação, o cavalo precisa consumir tudo até no máximo 2h depois de extraido do compartimento, pois após esse período o alimento não fica mais saboroso e o animal vai rejeitar. Você pode oferecer ao seu cavalo de três a quatro vezes por dia. Milho, capim e alfafa são os mais comuns.

Cana de Açúcar

É outra opção bacana que pode ser oferecida ao animal, desde que dentro das necessidades da dieta dele. É importante lembrar que é um alimento que fermenta muito rapidamente, portanto se demorar demais para que ele coma isso pode causar fortes dores animais no cavalo. Depois de cortada e pronta para consumo não pode passar de 2 horas para que ele coma.

Saúde Digestiva do Cavalo

Agora vamos falar um pouco sobre a saúde digestiva do cavalo, saiba que o principal indicador será suas fezes, e tudo isso tem a ver com a quantidade de qualidade da fibra que ele consome.
Alimentos que podem provocar diarréia no animal são capins muito jovens, recém plantados, pois ainda quase não possuem fibras no seu interior. Isso também pode acontecer se o cavalo exagera no consumo de ração, trigo, milho e isso ultrapassa metade da sua alimentação, nesse caso as fezes ficaram moles, como pasta e quer dizer que pouco se aproveitou dos alimentos.

Da mesma forma fezes muito ressecadas e volumosas não são um bom indicativo, isso mostra que o processo de digestão foi muito rápida e que a alimentação possuía tanta fibra que não foi possível digerir.
As fezes ideias possui consistência firme, não são exageradamente pastosas e nem extremamente ressecadas, isso mostra que o processo digestivo funcionou como deveria e a comida ficou somente o tempo necessário no aparelho digestivo e todos os nutrientes foram completamente absorvidos.
Falamos aqui sobre a alimentação básica do cavalo, atendendo as necessidades básicas. Agora se esse cavalo está em fase de crescimento, ou é uma égua que vai se reproduzir, um praticante de esporte ou de trabalho pesados a alimentação precisa ser enriquecida, para garantir mais energia, mais proteína, mais vitaminas e minerais para que ele performe bem em suas atividades.

Ração Para Cavalos

Quando falamos em ração, devemos entender que para os cavalos isso é apenas um complemento alimentar, esta é a função da ração para os equinos. Quando a pastagem não é suficiente para atender as necessidades é preciso complementar. Então pense assim, se a qualidade dos vegetais oferecidos é baixo, a qualidade da ração precisa ser ainda mais alta em qualidade, agora se os vegetais são de boa qualidade e oferecem muitos nutrientes, a ração de boa qualidade pode ser dosada em menos porções.

Receita de Como Fazer Ração Para Cavalo

Os animais como os cavalos precisam de uma boa alimentação completa, que seja nutritiva, equilibrada para que suas atividades sejam realizadas com vitalidade. A alimentação também previne doenças, pense nisso antes de escolher qual vai ser o alimento do seu animal. Como dissemos apenas o pasto não é suficiente para os cavalos, eles precisam de muito mais para garantir uma boa nutrição. Para garantir sua saúde ofereça uma alimentação rica para manter seus músculos sempre fortes e deixá-los felizes.

Confira agora nossa sugestão de receita de ração para cavalos, anote tudo.

Ingredientes:

  • 50 kg soja
  • 150 kg fubá
  • 6 kg sal mineral
  • 2 kg calcário calcítico

Como Fazer Passo a Passo

É muito simples, só misturar tudo e oferecer ao seu cavalo.
O que você achou das nossas dicas? Cuide bem da alimentação do seu cavalo.

Veja também

Macaco na Natureza

Ciclo de Vida do Macaco: Quantos Anos Elas Vivem?

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre os macacos, para começar podemos citar a origem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *