Home / Animais / Como Eliminar Tuco Tuco: Como Fazer Para Espantar?

Como Eliminar Tuco Tuco: Como Fazer Para Espantar?

Pertencente ao gênero Ctenomys, os animais são popularmente conhecidos como tuco tuco. Eles ganharam esse nome por conta do barulho que emitem noite e dia. Mas esses pequenos podem se tornar bem incômodos às vezes. Assim, é sempre bom saber como eliminar tuco tuco.

É bem difícil ver esse animal, pois ele mora nas tocas subterrâneas, saindo somente pela manhã e também à tarde. Mas, para isso, examina as proximidades cuidadosamente antes.

Esse bichinho passa grande parte de sua vida debaixo da terra, vivendo nas galerias subterrâneas. É solitário, isso significa que mora somente um tuco tuco por toca.

Encontra-se a espécie nos campos em meio aos montes de areia. Estes cobrem as várias entradas que acabam levando às galerias subterrâneas. Tais galerias podem prejudicar as estruturas das casas e plantações. Por isso, algumas pessoas querem eliminá-lo. Você também quer saber? Leia o artigo até o fim.

Características do Tuco Tuco

As estruturas corporais destes animais refletem as adaptações com o hábito de morar debaixo da terra, como:

  • Redução de suas caudas;
  • Pavilhões auditivos;
  • Maiores desenvolvimentos das unhas e das musculaturas.

Eles têm as cabeças maciças, os olhos pequenos, bem como as orelhas minúsculas. Seus incisivos são proeminentes e fortes. Seus corpos cilíndricos robustos medem aproximadamente 25 cm, com pelos de tonalidades variando entre marrom e castanho, conforme região.

Ctenomys flamarioni, por exemplo, possui os pelos na cor areia. Entretanto, o Ctenomus torquatus tem os pelos na tonalidade mais amarronzada escura, Além disso, possui a mancha branca em torno do pescoço. É possível encontrar algumas espécies do tuco tuco em tonalidade preta também.

Características do Tuco Tuco
Características do Tuco Tuco

A pata dianteira é provida de compridas garras, que os animais utilizam para cavar os buracos. Não é à toa que tanta gente deseja saber como eliminar tuco tuco.

A alimentação principal do tuco tuco é:

  • Plantas rasteiras;
  • Gramíneas;
  • Raízes de plantas.

Esse animal adora ficar sozinho. Quando encontra um predador próximo, ele se sente ameaçado, sendo que o macho emite sons esganiçados parecidos com “tuco tuco”. Por conta desse barulho é que ele foi batizado com o nome peculiar. Aliás, esse também é um dos motivos pelos quais as pessoas sempre procuram descobrir como eliminar tuco tuco, uma vez que pode ser bem incômodo por vezes.

Ao que parecem, existem 60 diferentes espécies do animal, sendo que, no Brasil, se encontram apenas 8.

Além de ter um tipo curioso e particular de vida, os tuco-tucos se mostram com grandes variações nos cromossomos. Assim, se tornaram animais de bastante interesse nos estudos a respeito da evolução.

Comportamento do Animal

Para entender como eliminar tuco tuco é preciso entender seu comportamento. Algumas espécies podem ser solitárias, bem como outras que são coloniais. Entretanto, os tuco-tucos acabam construindo tocas extensas  que incluem algumas câmaras para armazenar comida.

Em geral, são ativos pela manhã e no fim da tarde. No restante do tempo, os roedores permanecem sedentários perto das suas tocas.

Eles se reproduzem todos os anos. Dependendo de cada espécie, têm ninhadas com até 7 filhotes. A gestação vai de 102 até 120 dias. A época da reprodução do animal vai do mês de julho até novembro. A expectativa da vida é de 5 anos.

Habitat da Espécie

Encontrado especialmente na América do Sul, o tuco-tuco tem a abrangência geográfica estendida ao sul do Peru, leste do Brasil e outros poucos lugares. No Brasil, pode ser visto no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Centro-oeste.

Supõe-se que existem cerca de 8 espécies em território nacional, mas pode ser que sejam apenas 5 espécies. Três delas, a Ctenomys minutus, a Ctenomys flamarioni, bem como a Ctenomys lami, vivem no Rio Grande do Sul, aparecem na lista das espécies que estão ameaçadas de extinção.

Tais roedores, como citado, vivem debaixo da terra, nos buracos fundos que mesmos cavam e que se chamam galerias. As galerias podem chegar a até 15 metros de comprimento.

Tuco Tuco na Grama
Tuco Tuco na Grama

Por cavarem vários buracos, os exemplares acabam ficando com as unhas bem grandes, assim como com a musculatura bem desenvolvida. É como se ficassem todos os dias malhando sem parar. Eles apreciam principalmente os lugares arenosos, como dunas, uma vez que é fácil de cavar.

Esses animais passam grande parte do tempo nas suas galerias subterrâneas, por isso quase não são vistos. Eles não saem à superfície, a não ser para buscar comida. Não são perigosos ou agressivos, mas muitos procuram por formas de como eliminar tuco tuco pelos incômodos que podem causar.

Como É a Toca Do Tuco Tuco

A toca da espécie se constitui por galerias interligando “salas”, bem como celeiros, onde costumam guardar suas raízes e os talos com os quais se alimenta. O tuco tuco costuma fazer muitas provisões, mesmo embora não hiberne.

Nas tocas ele também passa a construir um ninho com capim. É onde os filhotes nascem e bem cedo passam a buscar seus próprios alimentos. Assim, se tornam grandes adultos com apenas um ano.

Como Eliminar Tuco-Tuco

Tuco Tuco Andando no Chão
Tuco Tuco Andando no Chão

Para ter como eliminar tuco tuco basta construir. Como eles passam boa parte do tempo nas galerias subterrâneas, fazendo buracos e suas tocas debaixo do solo, se não tiverem como fazer as entradas e saídas, acabarão migrando para outros lugares. Isso quer dizer que casas humanas destroem casas de tucos tucos.

Para as espécies que moram em determinadas regiões com campos arenosos, nos pampas, por exemplo, uma forma de espantá-los é plantando sojas e eucaliptos. Tais plantações acabam degradando os solos e fazendo com que os bichinhos sumam.

Tuco Tuco Em Extinção

Esses roedores bonitinhos correm um risco sério de entrar em extinção. Isso graças às ações humanas que veem destruindo seu habitat e o meio ambiente. Assim, eles ficam sem suas fontes de alimento e abrigo. A construção das casas, o desmatamento e a agricultura têm acabado, a cada dia, com esses animais.

Existem ainda aquelas espécies de tucos tucos que vivem em praias, debaixo da areia. Dessa forma, quando se constrói um calçadão eles não pode mais sair de dentro das galerias, ficando presos e morrendo.

Depois de conhecer a história e saber como eliminar tuco tuco, basta ter a consciência e analisar se vale a pena contribuir para a sua extinção.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *