Home / Animais / Ciclo de Vida do Dogo Argentino: Quantos Anos Eles Vivem?

Ciclo de Vida do Dogo Argentino: Quantos Anos Eles Vivem?

O cachorro é o grande parceiro das pessoas quando se trata do reino animal, pois, acima de tudo, os cachorros são féis e amorosos, o que já atrai muita as pessoas. Dessa forma, é muito natural que um cão seja a mascote da família, até mesmo pela facilidade em criar um cachorro e pelo fato de eles responderem muito bem a estímulos e ordens.

Portanto, criar um cachorro pode ser muito satisfatório em todos os sentidos, sendo que, em linhas gerais, as principais raças de cães de todo o mundo podem ser adestradas de forma muito significativa.

Para realizar essa tarefa, porém, é aconselhável que as pessoas comecem o trabalho de treinamento quando o cão ainda é um filhote, pois só assim será possível fazer com que esse animal se desenvolva de maneira correta, podendo ver os resultados acontecendo muito mais facilmente.

Portanto, se os cachorros são tão amados pelas pessoas, em parte isso se deve ao fato de os cães serem animais que conseguem mostrar o quanto estão felizes ou empolgados de forma muito clara.

Logo, os cachorros são capazes de demonstrar claramente quando gostam ou não gostam de algo ou de alguém, sendo que tudo isso facilita a criação por parte dos donos e faz com que uma aliança amorosa seja criada entre dono e cachorro. Assim, há muitas raças que se caracterizam pela fidelidade em relação ao dono, com os animais tendo até mesmo dificuldade para sobreviver por longos períodos longe dos donos.

Embora se possa pensar que esse tipo de sentimento se desenvolve de forma natural, sem laço amoroso envolvido, a grande verdade é que algumas raças de cachorros simplesmente não conseguem permanece muito tempo distantes dos donos, o que leva a problemas dos mais variados tipos quando essa distância ocorre.

Conheça o Dogo Argentino

Esse é o caso do dogo argentino, um cachorro muito fiel aos donos e que precisa bastante de demonstrações de carinho para confiar em alguém. Dessa maneira, o dogo argentino pode ter uma aparência que transmita fúria, mas saiba que o animal é muito amoroso com quem já conhece, sendo apenas seletivo no momento dos primeiros contatos com uma pessoa nova e desconhecida.

Cachorro típico da Argentina, o dogo foi criado para servir de caçador de animais grandes, o que poderia envolver grandes javalis e até mesmo animais como pumas. Dessa forma, o focinho do cão é muito desenvolvido e a sua boca possui um formato muito eficiente para a mordida rápida, o que faz do dogo uma raça muito forte quando se trata do combate físico.

Ademais, a criação do cachorro também envolve o seu uso para brigas clandestinas de cães no país sul-americano, o que já não é mais tão comum na Argentina. De toda maneira, o dogo argentino é um cão que pode ser treinado para se comportar quando adestrado desde filhote, além de ser necessário que o cachorro tenha contato com a família que pretende adotá-lo desde os primeiros momentos de vida.

Dessa forma será possível evitar problemas, já que uma mordida ou ataque de fúria do dogo pode significar a criação de inúmeros problemas para quem está por perto.

Características do Dogo Argentino

O dogo argentino apresenta um semblante forte, com um corpo musculoso e uma expressão facial fechada. Dessa forma, pelo seu tamanho e seus detalhes físicos, o cachorro pode assustar bastante à primeira vista.

Contudo, quando adestrado desde filhote, o dogo argentino pode ser bastante educado e respeitoso, embora não seja bom arriscar qualquer movimento muito brusco para quem não conhece o animal. Isso porque o dogo argentino é um cão criado para a caça de animais de grande porte, sendo forte e rápido o suficiente para caçar animais desse tipo.

Uma mordida do dogo argentino, por exemplo, pode causar grande prejuízo para o animal afetado. Assim, o dogo é muito usado para a caça e para a proteção de casas e terrenos atualmente, sendo comum em toda a Argentina. O animal, quando em estado puro e sem cruzamentos adicionais, é branco, o que facilita a sua visualização por parte do dono.

Dogo Argentino Com o Dono
Dogo Argentino Com o Dono

O dogo argentino costuma ter cerca de 70 centímetros de altura, além de um corpo muito musculoso com cerca de 45 quilos. Muitas vezes as orelhas desse animal são cortadas, mas isso pode fazer com que o dogo fique ainda mais bravo e feroz.

História do Dogo Argentino

O dogo argentino é uma típica raça de cachorro criada para atender as necessidades humanas. Dessa forma, o dogo argentino foi pensado para servir como um grande animal de caça, sendo uma arma muito eficiente para matar presas.

Assim, por volta de 192º os irmãos Augustín e Antonio Martinez idealizam o animal, pensando justamente em como poderiam ter um cão capaz de caçar javalis e outros animais de grande porte na Argentina.

Logo, os irmãos foram testando e usando muitos cães de muitas raças diferentes, sempre em busca de chegar a um tipo forte, rápido e ao mesmo tempo capaz de obedecer às ordens com alguma clareza. Isso acabou sendo conquistado quando se chegou ao dogo argentino, uma espécie quase completa quando se trata de caçar outros animais.

Com focinho desenvolvido, o animal possui bom faro, além de ter uma propensão a ter músculos definidos e, ademais, ter também uma mordida forte. Capaz de carregar um peso até duas ou três vezes maior que o seu, o dogo argentino é um dos grandes símbolos animais do país.

Expectativa de Vida do Dogo Argentino

O dogo argentino é um animal que está quase sempre em combate, seja contra outros cachorros ou até mesmo contra outros animais e pessoas. Dessa forma, é bastante natural que o animal morra e combate, ferido por algum motivo.

Contudo, quando em condições naturais, o dogo argentino pode sobreviver por até 12 anos, sendo que m média o cão vive mais ou menos 10 anos. Esse tipo de cão apresenta uma força muito grande, sendo resistente a doenças dos mais diversos tipos. Assim, o dogo argentino acaba por ser um animal que não possui muitas doenças potenciais.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *