Home / Animais / Borboleta Mesene Epaphus Epaphus: Características e Fotos

Borboleta Mesene Epaphus Epaphus: Características e Fotos

As borboletas são insetos que se apresentam nas mais variadas formas e cores. A maior parte delas possuem a mesma estrutura corporal e atividade diurna. São animais encontrados em todas as partes do mundo e sempre sinônimo de muita beleza. Hoje vamos falar sobre as características das borboletas, em especial, sobre a Borboleta Mesene, uma espécie brasileira. Para conhecer um pouco mais sobre ela é só continuar acompanhando nosso artigo. Preparado?

Essa espécie de borboleta pertence à família das Riodinidae e pode ser encontrada no nosso país. Além do Brasil, a Mesene (nome científico Mesene epaphus) também pode ser encontrada no Suriname, Venezuela, e nas Guianas. Sua principal característica é a coloração de suas asas que são avermelhadas em uma tonalidade que lembra a cor laranja. Também possuem detalhes pretos e amarelos nas suas asas. Ou seja, uma combinação linda e vibrante de cores que chama muito atenção.

São borboletas que podem ser encontradas em florestas, especialmente, nas árvores  em que o sol consegue alcança apenas parcialmente. As mesenes não costuma voar em grupo e adoram pousar nas folhas. Além disso, são bem rápidas e muito difíceis de serem capturadas.

Uma característica muito interessante sobre essa espécie de borboleta é que elas procuram visitas as mesmas áreas durante o período matutino. Ao realizarem o voo raramente pousam em alguma folha. Estudos destacam que essa borboleta libera uma espécie de hormônios durante o seu período reprodutivo.

Outras Informações Sobre a Espécie

Em algumas situações, a Mesene pode sofrer uma evolução/camuflagem que faz as suas características mudarem e ela se apresenta com atributos de outras espécies. Assim, as borboletas conseguem enganar os predadores. Espertinhas, não é verdade?

A mesene epaphus possuem uma fase de vida em que são lagartas  tendo a coloração verde e branca e se alimentando basicamente de folhas. Quando se transformam em borboletas tornam-se animais lindos e que espalham beleza e cor por onde são encontradas.

Borboleta Mesene Epaphus Epaphus

Pensando nisso, trouxemos a lista de algumas espécies de borboleta para que você conheça um pouco mais sobre esse inseto. Vamos conferir?

Espécies de Borboleta  e Fotos

Conheça algumas das espécies de borboleta mais encontradas no Brasil:

Arawacus: Muito comum encontrá-las nas terras brasileiras. Possuem coloração preta e amarela.

Arawacus

Borboleta oitenta e oito: o nome já diz tudo, pois suas asas possuem um desenho que lembra o número.

Borboleta Otenta e Oito

Assenta-pau: tem como hábito principal pousar nas árvores de cabeça para baixo. Ao voar, faz um barulho muito peculiar que lembra um “estalo”.

Assenta Pau

Borboleta da couve: pode ser amplamente encontrada nas proximidades de plantações desse vegetal.

Borboleta da Couve

Panacea prola: também muito comum no Brasil.

Panacea Prola

Juonia Evarate: possuem asas muito chamativas e apreciam pousar em flores para a sua alimentação.

Juonia Evarate

Mesene epaphus epaphus: tem como habitat natural o centro- oeste brasileiro.

Mesene Epaphus Epaphus na Folha

Capitão do mato: possuem áreas na cor azul  e também detalhes nas cores vermelho, branco, marrom, preto e verde.

Borboleta Capitão do Mato

Arcas imperiali: essa espécie apresenta caudas que ficam localizadas nas suas asas.

Arcas Imperiali

Anteos Menippe: voa rapidamente e possui como cores uma combinação de tons de amarelo.

Anteos Menippe

Curiosidades Sobre as Borboletas

Para encerrar a leitura do nosso artigo conheça algumas informações curiosas sobre as borboletas. Confira:

  • Você sabia que as borboletas precisam da luz do sol para voar. É exatamente ela que fornece energia para que esses animais se movimentem.
  • Possuem uma visão incrível e conseguem enxergar tudo que passa ao seu redor. Para ter uma ideia da potência da visão delas, as borboletas podem enxergar raios ultravioletas e identificar algumas cores.
  • As cores desses insetos funcionam como uma forma de identificação para outros insetos. Assim, eles conseguem identificar suas espécies e até mesmo o sexo que pertencem às borboletas.
  • De forma geral, vivem por poucos meses. Existem algumas espécies que não sobrevivem mais que um mês e a expectativa de vida não passa de 1 ano.
  • Antes de serem borboletas exuberantes, esses bichos passam por uma fase em que são apenas larvas. Já o acasalamento acontece em pleno voo e o par é atraído pelas cores e cheiros dos indivíduos.
  • Os ovos das borboletas são depositados logo após o coito. Tudo acontece de forma muito rápida e, inclusive, todo esse processo dura apenas um dia em certas espécies de borboleta. Após uma semana acontece a eclosão dos ovos e aparecem as larvas.
  • O próximo passo é a formação de um casulo pela larva. (nessa fase são chamadas de crisálias ou pupas). Após dias, a borboleta aparece linda, exuberante e transformada. Suas asas ainda permanecem alguns dias em desenvolvimento e elas só conseguem voar quando todo esse processo termina.
  • Algumas borboletas possuem apenas cerca de três milímetros. Algumas espécies apresentam indivíduos com quase quarenta centímetros. O voo da borboleta pode chegar a atingir quase vinte quilômetros por hora. As mariposas são mais velozes e podem chegar aos quarenta quilômetros por hora.
  • Um fato muito interessante é que algumas espécies de borboleta realizam migrações. É o caso da borboleta monarca que sai do Canadá e seguem até a região do México. Com o fim do inverno elas retornam e percorrem mais de 3000 quilômetros. Incrível, não é?

Esperamos que você tenha gostado do nosso artigo! Aqui no Mundo Ecologia você encontra sempre os melhores conteúdos sobre a natureza. Que tal nos deixar um comentário contando o que achou dessa espécie de borboleta ou nos sugerindo um novo tema de artigo? Ficaremos muito felizes com a sua mensagem e esperamos sua próxima visita, ok? Até lá!

Veja também

Animais que Começam com a Letra F: Nomes e Características

A fauna animal é diversa de A a Z. A numerosa quantidade de espécies, filos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *