Home / Animais / Borboleta Imperador Da Índia: Características, Habitat E Fotos

Borboleta Imperador Da Índia: Características, Habitat E Fotos

Sem dúvida, as borboletas são alguns dos animais mais bonitos da natureza. Espécies por aí não faltam, e uma delas, por exemplo, é a borboleta imperador da Índia, um dos das belos e raros exemplares desse animal que ainda existe na natureza. Vamos saber mais sobre ela?

O Gênero Teinopalpus

A borboleta imperador da Índia pertence ao gênero biológico denominado Teinopalpus, e que foi criado pelo naturalista inglês Frederick William Hope, especificamente em 1843, justamente para poder enquadrar a espécie imperador da Índia.

As representantes desse gênero estão localizadas nas regiões indo-malaias, tendo sua ocorrência registrada entre os países da Índia e do Vietnã. Em seu estado de lagarta, alimentam-se basicamente de dois tipos de plantas: as do gênero Daphne (que pertencem à família Thymelaeaceae) e as do gênero Magnolia (que fazer parte da família Magnoliaceae).

Borboleta do Gênero Teinopalpus
Borboleta do Gênero Teinopalpus

Dentro dessa categoria Teinopalpus, existem apenas duas espécies de borboletas conhecidas: a Teinopalpus imperialis (que é a borboleta imperador da Índia, que falaremos a seguir) e a Teinopalpus aureus (que, popularmente, recebe o nome de imperador da Índia dourado).

Ao longo do tempo, outras espécies foram erroneamente colocadas nesse gênero, como a Teinopalpus parryae e a Teinopalpus behludinii, algo que já foi devidamente alterado.

Características Da Espécie Imperador Da Índia

Possuindo o nome científico de Teinopalpus imperialis, esse exemplar de borboleta aqui, como o próprio nome popular já sugere, pertence à região indo-malaia, encontrada principalmente em países como, por exemplo, Nepal, Índia, Vietnã e China.

Borboleta Imperador da Índia
Borboleta Imperador da Índia

Em termos físicos, suas asas apresentam tons cinzentos e esverdeados (em ambos os sexos, diga-se), possuindo também asas superiores que têm uma tonalidade mais amarelada (neste última característica, a predominância do amarelo é nos machos). Logo no final dessas asas posteriores, existem alguns prolongamentos que lembram os cornos de um cervos. As fêmeas possuem três desses prolongamentos, enquanto que os machos possuem apenas um, que é mais central, e possui o formato de uma seta.

Existe ainda mais uma diferença entre os sexos dessa espécie de borboleta, com as fêmeas, em geral, sendo maiores e um pouco mais raras que os machos, com estas possuindo uma envergadura de asas que pode chegar a 13 cm mais ou menos.

Hábitos Mais Comuns

Essa espécie de borboleta, via de regra, aparece mais durante o período da manhã, no alto de florestas que podem ficar numa altitude de mais de 3 mil metros. É no início da manhã, por sinal, que os machos aguardam as fêmeas na época de acasalamento, já que estas costumam começar a voar um pouco mais tarde do que eles.

A competição que ocorre entre os machos para disputar que ficará com determinada fêmea é justamente a velocidade. Quanto mais rápido ele for, mais terá chance de ser o escolhido, já que alcançá-las é meio que uma prova para os machos. Não é à toa, por sinal, que as asas deles são mais simplificadas que as delas.

Três Borboletas Coloridas
Três Borboletas Coloridas

No geral, todas elas voam bem alto para as copas das árvores para aproveitarem a luz solar da manhã. Quando o tempo está nublado, no entanto, quem voa no alto da vegetação local são as fêmeas, enquanto os machos, nesse momento, ficam em posições mais baixas.

Preservação da Espécie

Essa espécie de borboleta, a bem da verdade, é bem rara, tanto é que é protegida por leis específicas tanto da Índia , quanto do Nepal. Ainda assim, muitos burlam as leis, e muitos colecionadores caçam esses espécimes, o que vem fazendo com que a sua população diminua bastante.

Especialmente em território indiano, a legislação que preserva animais como essa espécie de borboleta não é tão eficaz pelo fato de se restringir a um âmbito estadual, ao invés de ser federal. Como essa espécie se restringe a algumas regões esparsas do país, a borboleta imperador da Índia, acaba correndo risco de extinção.

Pode-se apontar dois motivos pelos quais essa espécie se encontra ameaçada: uma é por causa da caça feita por colecionadores, visto que se trata de um tipo de borboleta bem rara, e de beleza exótica, e o outro motivo tem a ver com a destruição de seu habitats naturais, especialmente devido à extração de minérios das regiões onde esse inseto vive.

Estima-se, portanto, que existam pouquíssimos exemplares desse animal na natureza, até mesmo porque está cada vez mais raro tirar fotos desse inseto em seu habitat, o que pode ser um indício de que a espécie está, de fato, à beira da extinção.

Um Pouco Sobre a Importância Das Borboletas

Como sabemos, as abelhas têm uma importância enorme na natureza, já que são as principais polinizadoras que existem. Porém, existe outro tipo de animal que desempenha o mesmo papel, mesmo que de maneira mais reduzida, que são as borboletas. E, mesmo que elas façam um trabalho que se equipare à abelhas, é bom lembrar que existem cerca de 28 mil espécies de borboletas espalhadas pelo mundo, o que garante uma polinização bem elevada das plantas.

Em geral, elas escolhem flores que sejam grandes e coloridas, e que possuem um labelo suficientemente grande para servir como “plataforma de pouso”. O processo é bem simples, com elas capturando o pólen em suas longas e finas pernas, ao mesmo tempo em que coletam o néctar das flores. Ou seja, assim como acontece com as abelhas não se trata de uma polinização “voluntária”, mas, que em nada prejudica esses animais.

Além disso, por terem um ciclo de vida anual (ou seja, transformam-se de ovo a inseto adulto no decorrer de 1 ano), as borboletas precisam que seus habitats estejam exatamente nas mesma condições para que os seus ovos amadureçam, e novos ciclos recomecem.

Importância da Borboleta na Natureza
Importância da Borboleta na Natureza

Ou seja, são animais bastante sensíveis a toda e qualquer mudança climática, oriunda da poluição ou da destruição de seus habitats como um todo. Em suma, se existir uma abundância de borboletas da região, é porque aquele determinado ecossistema está saudável.

Pelo fato também de muitas espécies migrarem a longas distâncias, várias borboletas acabam fazendo uma polinização em áreas extensas, o que mostra o quanto são importantes para o equilíbrio da natureza (tanto quanto as abelhas, diga-se).

Veja também

Saiba Tudo Sobre Cabrito

Tudo Sobre o Cabrito: Características, Nome Científico e Fotos

Cabras, bodes e cabritos são os correspondentes macho, fêmea e filhote do mesmo mamífero ruminante. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *