Home / Animais / Bicho Preguiça: Curiosidades E Fatos Interessantes Sobre Ele

Bicho Preguiça: Curiosidades E Fatos Interessantes Sobre Ele

Já parou pra pensar como é interessante o bicho preguiça, um animal bem diferente de tantos outros por aí? Pois bem, no nosso próximo texto, falaremos algumas curiosidades a respeito deste animal, no mínimo, peculiar.

Hábitos Calmos, Tempo De Vida Longo

Não é à toa que a preguiça é popularmente conhecida por esse nome. Praticamente possuindo zero agilidade, e passando a a maior parte do tempo parada nos galhos das árvores onde gosta de descansar, esse bicho são tão lentos que a sua movimentação diária é de apenas 38 metros em média.

Tal lentidão tem uma explicação científica. Deve-se ao fato do metabolismo desse animal ser mais lento do que o de outros seres. Por isso, ele precisa se movimentar o mais devagar que puder para economizar energia suficiente para manter todas as funções do seu organismo funcionando perfeitamente.

A preguiça possui pelos bem grossos, e por viver em ambientes de clima quente, possui uma considerável produção de suor, o que a deixa ainda mais (com o perdão do trocadilho) preguiçosa. É por essa razão também que ela passa cerca de 14 horas dormindo durante o dia, e que a sua expectativa de vida é de aproximadamente 50 anos.

E, só lembrando que a preguiça é um animal de hábitos noturnos, saindo a essa hora do dia para comer brotos, folhas, frutos e raízes de certos tipos de árvores.

Pelos Modificados E Camuflagem

Interessante notar que a preguiça possui pelos que crescem em sentido contrário aos demais mamíferos. Isso é uma vantagem e tanto quando chove e esses animais estão pendurados nas árvores, pois, assim, a água da chuva pode escorrer pela sua pele, sem incomodar tanto esse bicho.

Por sinal, a preguiça é considerada um animal homeotérmico imperfeito, ou seja, cuja temperatura corporal está sempre próxima da temperatura daquele determinado ambiente onde o ser se encontra.

Esse bicho passa praticamente o tempo todo de sua vida pendurado nas árvores, e, com raras exceções, desce até o chão (algo que acontece uma vez por semana, quando o animal precisa fazer as suas necessidades fisiológicas).

Ele prefere habitar as árvores mais altas e que tenham copas bastante volumosas. Caso sejam cheias de cipós, melhor ainda, pois, dessa forma, o bicho preguiça pode se camuflar melhor de seus inimigos naturais. A coloração escura de sua pelagem também auxilia bastante nessa questão da camuflagem.

Esses hábitos arborícolas da preguiça, inclusive, são facilitados por esses animais terem garras grandes e bem fortes, que auxiliam a se agarrarem até nos troncos mais duros. Inclusive, ao se pegar um bicho preguiça com as mãos, é preciso ter cuidados para não se machucar com essas garras.

Reprodução E Cuidados Gerais Com Os Filhotes

De hábitos solitários, às vezes, a preguiça vive em alguns pequenos grupos. E, quando se trata de acasalar, a preguiça prefere continuar na copa das árvores. A fêmea só tem uma única gestação por ano, sendo gerado apenas um único filhote em cada uma dessas gestações.

A gravidez das fêmeas dura, em média, de 120 a 180 dias, com o filhote já nascendo pesando cerca de umas 300 gramas, e medindo aproximadamente uns 25 cm. A amamentação acontece durante o primeiro mês de vida da pequena preguiça, que depois é carregada pela mãe em suas costas durante cerca de uns 9 meses.

É durante esses tempo em que o filhote está totalmente agarrado à mãe (literalmente) que ele aprende a se locomover sozinho, bem como se alimentar por conta própria. Após esses meses, ele já estará pronto par enfrentar a mata sozinho, e viver um estilo de vida solitário assim como os seus pais.

Sentidos E Habilidades Incríveis

Quem vê a aparência do bicho preguiça, mal deve saber que ele possui alguns sentidos e habilidades muito bem apurados. Uma dessas capacidades especiais é ele conseguir observar todos os ângulos que se encontram ao seu redor. Isso só é possível porque esse animal consegue girar a cabeça por um ângulo de 270 º sem mexer o corpo.

Uma das principais orientações que esse bicho tem é através do olfato, já que visão e audição, como um todo, deixam um pouco a desejar. E é por sentir cheiros a longa distância que ela identifica tanto a melhor comida que está ao seu alcance, quanto algum inimigo à espreita.

Mas, não só. Esse animal também tem outras habilidades guardadas na manga. Uma delas é a capacidade que ele tem de conseguir nadar até mais rápido do que consegue se locomover por entre os galhos das árvores. Ou seja, pode até não parecer, mas as preguiças são exímias nadadoras.

Porém, nem mesmo essas boas habilidades conseguem salvar o bicho preguiça de certos inimigos naturais, especialmente um que falaremos a seguir.

E, Quais Seriam Os Inimigos Naturais Dos Bichos Preguiças?

Bem, neste caso aqui, praticamente não existem predadores que possam, de fato, incomodar o bicho preguiça em seu habitat natural. O único ser que, atualmente, representa um risco a essa espécie é o próprio homem mesmo. Até mesmo porque possíveis predadores naturais como aves de rapina e onças estão .em processo de extinção.

A questão é que a preguiça não possui um grande mecanismo de defesa para se proteger do que quer que seja, a não ser a sua capacidade (limitada) de se camuflar em meio às árvores.

Claro, também é preocupante o fato das florestas tropicais (morada principal do bicho preguiça) estarem acabando aos poucos, devido, mais uma vez, À ação predatória do homem. Desse modo, a preguiça se torna vulnerável para caçadores, por exemplo.

Bicho Preguiça e o Homem
Bicho Preguiça e o Homem

Entre as espécies mais ameaçadas de extinção estão a preguiça comum e a de coleira, ambas encontradas na região do sul da Bahia. É justamente o desmatamento e as constantes queimadas as principais causas de desaparecimento gradual dessas espécies na natureza.

E, só lembrando que as matas são essenciais para a sobrevivência desses bichos, pois é nas árvores que esses animais se alimentam de 22 espécies de plantas diferentes, dormem as suas mais de 14 horas por dia, e passam a maior parte dos seus 50 anos de vida nelas. Destruir as matas significa, automaticamente, destruir as preguiças.

Veja também

Lagarto Chicote- de- Garganta- Alaranjada: Características e Fotos

O lagarto chicote de garganta alaranjada (nome científico Aspidoscelis hyperythrus) é uma espécie nativa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *