Home / Plantas / Óleo de Jamelão: O Que É e Para Que Serve?

Óleo de Jamelão: O Que É e Para Que Serve?

Jamelão tem sido usado de diversas formas em diversas partes do mundo. Em Goa e nas Filipinas, os jamelõess são uma fonte importante de vinho, um pouco como o Porto, e os licores destilados, conhaque e “jambava” também foram feitos a partir da fruta fermentada. O vinagre de jamelão, amplamente produzido em toda a Índia, é um atraente roxo claro, com um aroma agradável e sabor suave.

Variedades De Usos Da Planta Do Jamelão

Néctar: A árvore do jamelão é de real valor na apicultura. As flores têm néctar abundante e são visitadas por abelhas (Apis dorsata) ao longo do dia, fornecendo a maior parte do mel nos Ghats Ocidentais a uma altitude de 1.370 m, onde a precipitação anual é de 750-1.000 cm³. O mel é de boa qualidade, mas fermenta em poucos meses, a menos que seja tratado.

Folhas: As folhas serviram como forragem para o gado e como alimento para os bichos-da-seda na Índia. Em Zanzibar e Pemba, os nativos usam brotos jovens de jamelão para limpar os dentes. As análises das folhas mostram: proteína bruta, 9,1%; gordura, 4,3%; fibra bruta, 17,0%; cinzas, 6,0%; cálcio, 1,3%; fósforo, 0,19%. Eles são ricos em tanino e contêm as enzimas esterase e galililcarboxilase que se presume serem ativas na biossíntese dos taninos.

Madeira: a madeira é vermelha, cinza-avermelhada ou cinza-amarronzada, com grãos próximos e retos. Os poros ovais muito pequenos são frequentemente conectados por cintos cerosos de tecido solto. Os raios medulares são tão finos que são claramente visíveis somente quando grandemente aumentados. Quando fresco, o alburno é atacado por besouros, brocas de pinho e besouros de ambrosia. O alburno e o cerne são perfurados pela broca, aeolesthes holosericea, se a casca permanecer por 10 meses.

A madeira seca ao ar pode rachar e trincar. Quando seco no forno, o cerne é duro, difícil de trabalhar, mas de bom polimento. É durável em água e resistente a brocas e cupins; tende a entortar levemente. Na Índia, é comumente usado para vigas e caibros, postes, pontes, barcos, remos, mastros, valas, forros, implementos agrícolas, carretas, rodas de carrinho sólidas, dormentes e fundos de vagões. Às vezes é transformado em mobiliário, mas não possui virtudes especiais para recomendá-lo à rede de cabines. É um combustível bastante satisfatório.

Óleo De Jamelão: O Que É E Para Que Serve?

O óleo essencial destilado das folhas é usado para perfumar o sabão e é misturado com outros materiais na fabricação de perfumes baratos. Sua composição química foi relatada por Craveiro et al. no Brasil. Consiste principalmente em hidrocarbonetos mono- ou sesqui-terpenos que são “muito comuns em óleos essenciais”. Consiste principalmente em hidrocarbonetos mono- ou sesqui-terpenos que são “muito comuns em óleos essenciais”. Este óleo essencial das folhas de S. cumini pode desempenhar um papel importante na perfumaria fina onde são necessárias notas de odor de fiesh-green-pinene.

Os óleos essenciais das folhas, caule e frutos foram analisados ​​quimicamente. Os principais componentes encontrados no óleo essencial das folhas são: a-pineno, P-pineno limoneno, cis e trans ocimeno, acetato de bomil, Paryophyllene, a-humulene. Do óleo essencial do caule, os componentes predominantes são a-pineno, canfeno, ppineno, mirceno, limoneno, cis e trans ocimeno, acetato de bornila, a-copaeno, ahumuleno e 6-cadineno. Verificou-se que o óleo essencial de frutas continha a-humuleno e 6-cardineno. Verificou-se que o óleo essencial de frutas contém a-pineno, canfeno, P-pineno, mirceno, limoneno, cis-trans ocimeno, a-humuleno como principal componentes.

Óleo Essencial De Jamelão
Óleo Essencial De Jamelão

O óleo essencial foi avaliado olfatoricamente como pineno-verde-fresco frutado-herbal-picante (direção do óleo de bagaço de zimbro) e no fundo amadeirado. Utilizando sistema cromatográfico a gás – Sistema espectroscópico sessenta e quatro componentes pode ser identificado no óleo essencial das folhas de S. cumini.

Uso Medicinal De Jamelão

Folhas secas e casca seca são usadas para tratar o diabetes. No Brasil, decocção de folhas secas são tomadas por via oral para tratar a diabetes. Na Índia, decocção e extrato fluido da casca seca é tomado por via oral para diabéticos. O extrato de água quente da casca seca é tomado por via oral para indigestão e como um purificador de sangue. As frutas são consumidas para curar queixas gastrointestinais.

O extrato de água quente de sucos secos é usado externamente como adstringente e oralmente para úlceras estomacais e para reduzir a acidez. O extrato fluido das sementes é tomado por via oral como água quente e anti-inflamatória extrato é um antipirético. Suco de folha fresco é tomado por via oral para a pressão sanguínea. O suco de Stembark é ingerido para constipação e é útil em parar descarga de sangue nas fezes quando consumido misturando-o com leite.

Um experimento realizado mostra que o extrato de metanol de sementes secas, administrado intraperitonealmente em camundongos na dose de 25 mgkg foi ativo contra contorções induzidas por ácido acético e foi útil na obtenção de resultado significativo. A atividade antidiabética do caroço de sementes de jamelão é bem conhecida.

Jamelões no Cesto
Jamelões no Cesto

A atividade hipoglicêmica de uma suspensão aquosa dos grãos de sementes secas de jamelão foi estudado por Bhaskaran Nair e colegas de trabalho. Dois padrão de drogas hipoglicêmicas, tolbutamida e fenformina foram utilizadas para a experiência. Os resultados indicam que as sementes de S. cumini exibiram máxima atividade hipoglicêmica (dose de 4 gkg).

Estudo comparativo de extratos de cascas de S. cumini de diferentes idades em disenteria e diarréia formando microrganismos mostraram os latidos de plantas jovens ter um melhor efeito inibitório em microrganismos como Salmonella, Viballerup, Shigella boydii, etc. Os resultados mostraram que a fração solúvel em água do etanólico extrato de cascas das plantas com cinco anos de idade teve melhor efeito inibidor microrganismos.

A atividade antibacteriana de espécies de Syzygium foi estudada por Chattopadhyay e Sinha e descobriram que extratos etanólicos de S. andamanicum e S. cumini casca inibiu o gromth de todos os gram-positivos e a maioria dos gram-negativos bactérias testadas. As sementes de S. cumini podem estar atuando como agentes hipoglicêmicos aumentando o conteúdo de insulina através da catepsina B.

Os efeitos da administração oral de S. cumini e cloropropamida no nível de glicose no sangue e catepsina pancreática B em ratos foi estudado e relatado por Renu e colegas de trabalho. Outros estudos pertinentes continuam sendo realizados.

Veja também

Como se Faz Saião com Leite? Para que Serve?

O saião (nome científico Kalanchoe brasiliensis) é uma planta medicinal que também pode ser conhecida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *