Home / Animais / Besouro Escorpião: Características, Nome Científico e Fotos

Besouro Escorpião: Características, Nome Científico e Fotos

Uma notícia recente deixou os moradores de uma cidade do Estado de São Paulo bem  preocupados. Isso porque um estudo realizado pela Universidade Estadual Paulista em Botucatu descobriu uma espécie de besouro muito rara e nociva ao homem. Batizada de  besouro-escorpião(nome científico Onychocerus albitarsis) a espécie era até então considerada inofensiva aos seres humanos.

Das mais de 200 mil espécies do animal nenhuma delas então havia sido catalogada como capaz de picar e injetar venenos nas pessoas.

Descoberta do Besouro Escorpião

Os besouros são animais encontrados em todos os cantos do mundo, com exceção apenas dos polos. Mesmo sendo de pequeno porte são considerados insetos bem fortes e resistentes. Não é à toa que eles são responsáveis por acabar com plantações inteiras e fazer muito estrago por onde passam. Mesmo com essa característica os besouros são essenciais para o controle de algumas pragas, proporcionando um equilíbrio do ecossistema.

Como já dito anteriormente, eram considerados animais que não apresentavam nenhuma ameaça aos seres humanos. Isso até ser descoberto o perigoso besouro escorpião!

Esse poderoso besouro possui um ferrão nas pontas das antenas e pode injetar um veneno que causa muita dor. A descoberta foi feita a partir de uma investigação na cidade de Botucatu após duas pessoas serem ferroadas pelo animal.

As vitimas apresentaram intensa dor e quadro alérgico. Mas a especificação da composição dessa toxica ainda é estudada pelos cientistas. Até então, só havia registros de acidente com esse besouro no Peru. Mesmo sendo ainda um trabalho preliminar, ele é essencial para que se possa estudar de forma mais profunda os sintomas que a toxina do inseto pode causar, bem como os tratamentos adequados em casos de nova incidências.

Característica do Besouro Escorpião

O besouro-escorpião mede cerca de dois centímetros de comprimento e possui um corpo nas cores cinza, marrom e preto.

Descrita pela primeira vez em 1859 pelo famoso entomologista inglês Francis Polkinghorne Pascoe, o besouro-escorpião pode ser considerado pelos estudiosos como uma forma de evolução da espécie, já que mesmo não possuindo uma estrutura corporal para a saída o veneno, ele consegue realizar essa tarefa utilizando as suas antenas.

Mesmo que a toxina ainda seja desconhecida, a aposta dos especialistas é que ela não seja capaz se ser letal ao ser humano, diferente do veneno injetado por um escorpião. Em todo caso, é muito importante se manter distante do animal já que o veneno pode causar dor forte e alergias.

Para a comunidade científica a existência de um besouro peçonhento é surpreendente, já que não existiam espécies com essas características.

Saiba Mais sobre os Besouros

Os besouros pertencem ao Filo Artropoda, Classe Insecta, Ordem Coleoptera. Podem ser identificados pela presença de dois pares de asas e são importantíssimos para o controle de pragas agrícolas.Possuem cabeça arredondada e um aparelho bucal no ápice, além de pernas para andar e nadar. Sua reprodução é realizada de forma sexuada e por meio de ovos que possuem formato longo e liso. Dos ovos surgem algumas larvas que se transformam em pulpas e por fim dão origem a um besouro adulto, em um desenvolvimento muito parecido com o das borboletas.

Possuem a capacidade de “brilhar” no escuro igual aos vaga-lumes e pirilampos. Isso se deve a uma reação química que faz com que os animais produzam raios luminosos. Muito interessante, não é?

São animais que possuem uma importância ímpar para a natureza, pois são responsáveis pelo controle biológico. Um exemplo são as joaninhas que comumente são predadores dos pulgões responsáveis por destruir jardins e plantas.

Curiosidades Sobre os Besouros

Lenhador Titan ( O Maior Besouro que Existe)
Lenhador Titan ( O Maior Besouro que Existe)

Agora vamos conhecer algumas das mais interessantes curiosidades sobre os besouros?

  • Você sabia que o inseto mais forte do planeta é um besouro? Estamos falando do Besouro-rinoceronte que faz parte da família dos Scarabaeidae, possui 13 centímetros e costuma viver na região de florestas tropicais. Possui um chifre na cabeça e é um lutador potente. Essa espécie de besouro é capaz de carregar até 850 vezes mais que o seu próprio peso corporal. Em uma comparação é como se um homem que pesa 70 quilos pudesse carrega mais de 50 toneladas. É ou não é incrível?
  • Existem mais de 20 mil espécies de escaravelhos no mundo.
  • Algumas espécies de besouro se alimentam de fezes…é isso mesmo que você leu! São animais que comem côco!
  • Podem realizar a construção de galerias, o que contribui para oxigenação e infiltração de águia no solo.
    Besouro Rinoceronte
    Besouro Rinoceronte
  • No Japão os besouros são criados pelas crianças como animais de estimação. Geralmente são mantidos dentro de caixa e são alimentados com frutas e uma espécie de geléia especial que pode ser encontrada nos pet shops. Cada besouro pode ser adquirido por até 7 dólares.
  • Os besouros são animais que existem há muito tempo. Alguns fósseis do animal datam 270 milhoes de anos atrás.
  • Alguns besouros possuem a capacidade de voar. Entretanto, mesmo aqueles que possuem essa capacidade dificilmente a utilizam.
  • Saiba que aquela joaninha, muito bonitinha e comumente encontrada nos jardins, é um tipo de besouro.
  • Essa também é uma informação muito curiosa: sabia que algumas espécies de besouro podem nadar tanto na água salgada quanto na água doce? Pois saiba que eles são capazes até mesmo de respirar até debaixo d’água!

Enceramos por aqui, mas deixamos nossa caixa de comentários sempre aberta para que você possa colocar  sua pergunta ou comentário. Conta para a gente quais dessas curiosidades sobre os besouros você achou mais interessante! Não deixe de compartilhar esse artigo nas suas redes sociais e acompanhe sempre nossas atualizações de conteúdos sobre animais, plantas e natureza.

Veja também

Marreco de Pequim: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco de Pequim é considerado uma das principais raças atuais de marrecos, ao lado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *