Home / Animais / Araçari-Mulato: Características, Nome Científico, Habitat E Fotos

Araçari-Mulato: Características, Nome Científico, Habitat E Fotos

Os araçaris não são tão famosos quanto os tucanos são no Brasil. Provavelmente, se você vive em centros urbanos você pode nunca ter visto um araçari ou um tucano. Vamos conhecer esses dois pássaros e se você tiver a oportunidade e ver um algum dia você saberá rapidamente distinguir.

Uma coisa é certa, a beleza dessas duas aves é incontestável. Os tucanos e os araçaris estão entre aquele grupo de aves com cores e penas que chamam a atenção, assim como periquitos, araras, papagaios, enfim. Muitas aves, são lindas, inclusive, a maioria dessas aves coloridas são nativas brasileiras. Um orgulho da nossa fauna nacional.

Características do Araçari-Mulato

Quando falamos sobre aves e suas cores, o araçari-mulato deve ser citado. Eles são uma junção de cores que se combinam e o torna um dos mais belos. Sua altura pode chegar aos 45 centímetros, e seu peso pode chegar a 250 gramas.

Eles não possuem uma cor única, isso dá sentido ao seu nome araçari-mulato. No total, suas cores são Preto, azul, amarelo, vermelho, verde e branco. Todas essas cores, num pássaro só. A combinação é tão bem-feita que eles parecem que foram desenhados. A maior parte de seu corpo apresenta penas cintilantes e pretas, o topo de sua cabeça também é preto mas as penas são encaracoladas, algo muito raro nos pássaros, chega a lembrar cabelo humano enrolado.

Araçari Mulato Características

Seu bico é onde contem um misto de cores incrível. A parte de cima é marrom / laranja. Abaixo vem uma cor azul-turquesa, e abaixo um vermelho bordô. A mandíbula e parte de baixo do bico é uma cor gelo-marfim, até a ponta do bico é formado um degradê do marfim para o laranja da ponta de cima. Uma verdadeira obra de arte.

Seus olhos são azul-claro e a íris é vermelha. Suas penas ao longe de seu corpo se alternam entre amarelo, vermelho bordô e preto. Sua cauda é predominantemente preta.

Nome Científico e Habitat do Araçari-Mulato

O nome científico desse animal tão incrível é Pteroglossus beauharnaisii, eles pertencem a família Ramphastidae, composta por outros araçaris e tucanos. Essas aves podem ser encontradas em lugares na floresta amazônica, no Mato Grosso, Bolívia e Colômbia. São adeptos ao clima tropical, florestas e cerrados. Não são considerados como animais que correm risco de extinção, mas com certeza, está cada vez mais raro de encontrar um desses devido a destruição de seu habitat.

Muitos pensam que quando se trata de destruição de habitat, fala-se somente de queimadas ou desmatamento. Esses com certeza são problemas diretos, porem existem diversos outros problemas indiretos que atingem as florestas com a mesma agressividade. A poluição das águas, do ar, o lixo que e produzido, os gases que ferem a camada de ozônio, enfim. Os detalhes do dia a dia também podem interferir muito na saúde dos animais que vivem longe de nós. E um dia, se já não está acontecendo, essa irresponsabilidade para com o meio ambiente vai causar problemas para as mesmas pessoas que hoje agridem tanto o ecossistema.

Os araçaris e tucanos optam por lugares com boas condições de vida para eles e muita segurança, por isso eles não serão encontrados em qualquer lugar. Isso os torna um sinal, entenda:

Existem alguns animais exigentes em relação ao equilíbrio ecológico, por exemplo, as borboletas, alguns pássaros, espécies de macacos e outros. A presença desses animais em algum lugar, significa que aquele lugar está em boas condições de água, ar, terra, enfim. Se estão ali, encontraram um lugar seguro e estável para ficarem. Esses lugares estão ficando cada vez mais raros, e isso faz com que os animais também sejam cada vez mais raros.

Comportamento e Vida dos Araçaris

Os araçaris têm uma dieta mais restrita, se alimentam basicamente de frutas, goiabas, coquinhos de palmeiras, açaí, enfim, frutas de grandes árvores, pois é por onde eles ficam, na copa de arvores grandes das florestas. Lá eles constroem seus ninhos e podem se proteger de possíveis predadores. Fora as frutas, eles também se alimentam de pequenos insetos. O que fornece também proteína para eles.

Eles se reproduzem entre os meses de maio e agosto, ou seja, no inverno brasileiro. Para a atração acontecer, o macho tenta chamar a atenção da fêmea com alguns movimentos, levantando e abaixando a cabeça e com emissão de sons específicos. Como mencionamos, para eles as grandes arvores, as mais altas, podem oferecer segurança, é la que a fêmea monta seu ninho e aconchega seus ovos. Ela põe até 4 ovos que ficarão em maturação por 15 dias. Nesse período a fêmea cuida de seu ninho e providencia alimento assim que nascem os filhotes. A alimentação dos filhotes faz com que a fêmea se torne uma grande predadora de outros pássaros e insetos.

Eles podem viver em grupos de até 5 indivíduos, mas a maior incidência é encontra-los voando em pares. Não são aves migratórias, então eles podem viver no mesmo lugar por toda a sua vida.

Araçaris x Tucanos

Muitos especialistas incluem os dois na família dos tucanos. Cientificamente, os dois pertencem a mesma família como mencionamos acima. Essas aves têm algo em comum. O bico grande. O tucano é muito conhecido pois seu bico enorme se destaca do restante do corpo, e apesar de grande são leves e importantíssimos para o funcionamento do organismo dos tucanos.

Outra coisa muito interessante é o fato de que o bico é grande, mas é muito preciso, por exemplo, eles podem se alimentar de pequenas frutas, tirar cascas e montar ninhos com muita precisão.

Tucano Tradicional

A diferença maior entre os araçaris e os tucanos é o tamanho, os araçaris são menores e os tucanos maiores, eles são monogâmicos e prezam por seu território. Os machos têm um bico maior que o da fêmea e mais encurvado.

Por muito tempo foi teorizado que o bico do tucano servia como defesa ou como uma forma de chamar a atenção em períodos de acasalamentos. Estudos atuais já comprovam que o bico funciona como um radiador, mantendo a temperatura corporal deles estável, pois eles podem liberar o calor do corpo através do bico.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *