Home / Animais / Anta-Centro-Americana: Características, Nome Científico e Fotos

Anta-Centro-Americana: Características, Nome Científico e Fotos

A anta-centro-americana é uma espécie primitiva, parecendo o ancestral de rinocerontes e cavalos. O nariz conspicuamente longo, carnudo e parecido com um tronco é uma das características mais distintivas deste animal.

As patas traseiras desta anta têm 3 dedos abertos, enquanto as da frente exibem 4 dedos. É o mamífero nativo maior encontrado na América Central, onde habita florestas e pastagens tropicais.

As antas-centro-americanas quase não mudaram nos últimos 35 milhões de anos. Este mamífero é extremamente tímido e silencioso por natureza e, portanto, difícil de encontrar.

Que tal aprender mais sobre esse “pequeno gigante”. Descubra tudo sobre a espécie no artigo abaixo.

Características da Anta-Centro-Americana

A anta-centro-americana é marrom escura com uma marca distinta em creme na face. Na garganta tem uma mancha escura, bem como em cada uma das bochechas, abaixo e atrás dos olhos.

Esses animais têm uma cauda atarracada e vestigial e, como as demais espécies, têm uma tromba flexível e quatro cascos nas patas dianteiras e três cascos nas patas traseiras.

É a maior entre as três espécies americanas e a maior nativa terrestre  na América do Sul e Central. As antas-centro-americanas possuem uma média de 2 m de comprimento, variando entre os 1,8 até 2,5 m. Elas geralmente variam entre  150 e 400 kg.

Características da Anta-Centro-Americana
Características da Anta-Centro-Americana

Seu pelo é arrepiado e parecido com o de “porco”. A anta-centro-americana é bem musculosa. Uma juba longa e estreita está presente, mas nem sempre é visível. As antas têm pernas curtas e delgadas, tornando-as bem adaptadas ao movimento rápido através da vegetação rasteira. O focinho e os lábios superiores são projetados para a frente para formar uma probóscide curta e carnuda, usada para encontrar comida e detectar estímulos táteis.

Seus olhos são pequenos e alinhados com o lado da cabeça, enquanto os ouvidos são grandes, eretos, ovais e pouco móveis. As fêmeas têm um único par de mamas localizado na região da virilha.

Distribuição do Animal

A variedade original deste animal costumava cobrir um grande território na América Central, que se estendia do Panamá ao sudeste mexicano e partes do noroeste colombiano.

A atual gama de antas-centro-americanas é muito pequena e fragmentada. O habitat ideal para esta espécie é a selva tropical densa, onde esses animais são tipicamente encontrados perto de áreas com fonte constante de água.

Hábitos e Estilo de Vida

Estes animais são difíceis de ver na natureza devido ao seu comportamento cauteloso e silencioso. As antas-centro-americanas podem viver solitariamente ou em unidades sociais.

Grupos desta espécie são tipicamente pequenas unidades familiares. Esses animais geralmente têm territórios sobrepostos. A anta-centro-americana pode ser ativa durante o dia e a noite. No entanto, ela geralmente prefere passar o dia em florestas ou matas, saindo de seu abrigo apenas à noite, quando passeia nas clareiras da floresta.

Esses mamíferos são conhecidos por serem criaturas extremamente ágeis. Eles estão bem adaptados para se mover em ambientes densos e abertos. Além disso, são excelentes alpinistas e nadadores, superando facilmente encostas íngremes e banhando-se diurnamente em riachos e rios próximos.

Ao sentir perigo, essas antas costumam se esconder debaixo d’água. Elas têm rotas específicas em seus caminhos, que usam todos os dias. Essas faixas geralmente são marcadas com cheiro de urina. A comunicação ocorre através de marcas de odor, bem como vocalizações, como assobios estridentes.

Dieta e Nutrição

A anta é estritamente herbívora (folívora, frugívora, lignívora). Sua dieta consiste em diferentes folhas, galhos, frutos e sementes.

Hábitos de Acasalamento

  • Comportamento de acasalamento – Monogamia;
  • Estação de reprodução – Durante todo o ano, o pico anterior às estações das chuvas;
  • Duração da gravidez – 390 até 400 dias;
  • Ninhada – 1 filhote;
  • Idade de independência – 1 até 2 anos.
Filhote de Anta-Centro-Americana
Filhote de Anta-Centro-Americana

É provável que as antas sejam monogâmicas, considerando a estabilidade sazonal de seu habitat. Um macho e uma fêmea formam um par ao longo da vida. Cada um desses pares tem sua própria área de atuação, que é ferozmente defendida contra pessoas de fora.

A criação de animais pode ocorrer durante todo o ano com um período de pico, que acontece imediatamente antes da estação das chuvas. Um filhote nasce após 390 a 400 dias de gestação.

A anta recém-nascida pesa cerca de 9,4 kg em média. Durante os primeiros 1 a 2 anos de sua vida, o bebê vive com sua família, cujos membros viajam e dormem juntos. Portanto, ele é tratado por ambos os pais.

Ameaças Populacionais da Anta-Centro-Americana

As maiores ameaças para as populações dessas espécies ameaçadas são as perdas de habitat. De fato, a anta-centro-americana já perdeu muito do seu alcance original. Além disso, esses mamíferos exibem uma taxa reprodutiva extremamente baixa, que é composta pela caça.

Antas - Ameaçadas de Extinção
Antas – Ameaçadas de Extinção

Eles sofrem muito com o desmatamento devido a vários tipos de desenvolvimento, incluindo a criação de gado. Por exemplo, as antas perderam quase toda a sua área florestal em El Salvador. Além disso, atualmente não se sabe se esses animais ainda existem neste país.

Nicho Ecológico

Em certas partes do seu alcance, esses exemplares servem como principais dispersores de sementes das plantas que consomem.

Habitat das Antas
Habitat das Antas

Enquanto isso, como populações em habitats diferentes usam quantidades diferentes de frutas, seu papel varia muito entre regiões específicas. Além disso, sua pequena população geral e a sensibilidade a perturbações ajudam a determinar a saúde das florestas tropicais e neotropicais.

Curiosidades a Respeito do Animal

  • A anta de uma fêmea dessa raça, chamada April, se tornou o Animal Nacional de Belize. Além disso, seu aniversário é um evento nacional para este país. Ela é apelidada de “a vaca da montanha”. Você pode ver este animal no zoológico localizado em Belize;
  • A palavra “anta” é originária de uma língua indígena brasileira e significa “espessa”. Esses animais são assim chamados devido à sua pele dura;
  • As antas têm bons apetites! Cada indivíduo pode consumir mais ou menos 34 kg de comida em um único dia;
  • O focinho flexível deste animal é preênsil, capaz de se mover em todas as direções;
  • Em 2013, uma nova espécie deste gênero foi descoberta. O animal recém encontrado foi chamado de anta Kabomani;
  • As antas passam bastante tempo na água para se refrescar e se livrar dos parasitas.

E aí? Foi interessante conhecer a anta-centro-americana? Esse grande animal é bem peculiar, não?

Veja também

Pode Dar Fígado de Boi Para Cachorro?

Os cachorros são os animais de estimação preferidos em todo o mundo. Seu sendo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *