Home / Animais / Tudo Sobre o Peixe Acará: Características, Nome Científico e Fotos

Tudo Sobre o Peixe Acará: Características, Nome Científico e Fotos

O peixe Acará é um peixe que habita a região da Amazônia. Por possuir uma carne muito apreciada é comumente utilizado em algumas receitas culinárias. Entretanto, também pode ser cultivado apenas para ornamentação de aquários. Acompanhe nosso artigo e conheça um pouco mais sobre esse animal.

Características do Peixe Acará

O peixe acará (nome científico Pterophyllum scalare) é um animal que se adapta muito bem a locais em que as temperaturas são mais altas. Entretanto, também podem sobreviver em temperaturas mais baixas o que propicia a sua criação em praticamente todas as partes do Brasil.

De uma beleza e sabor incríveis, o acará pode ser criado até mesmo por quem não tem experiência nenhuma no ramo. Além do corpo mais achatado, eles podem possuir cores variadas e algumas listras. Por possuírem longas nadadeiras e conviverem muito bem com outros peixes são sempre escolhidos para embelezar os aquários e deixar os ambientes cada vez mais bonitos.

Podem chegar a medir mais de doze centímetros quando comercializados para o ramo da ornamentação. O acará, também conhecido como acará-bandeira, é um peixe resistente, muito tranquilo e que pode ser adquirido no comércio quando ainda são filhotes.

Alimentação e Hábitos do Peixe Acará

A alimentação do acará é muito diversificada e eles costuma comer de tudo. A sua reprodução acontece através de ovos que são colocados em grandes folhas ou superfícies de algumas pedras. No caso dos aquários os ovos podem, inclusive, grudar no vidro de forma muito forte.

Observe que em locais que existem predadores do peixe acará é muito importante fazer o transporte desses ovos para um novo local para que os filhotes possam nascer com tranquilidade e sem chances de ataques.

Hábitos do Peixe Acará
Hábitos do Peixe Acará

A distinção entre fêmeas e machos é bem complicada quando o peixe ainda é filhote, já que não é possível fazer essa identificação de forma visual. Portanto, uma técnica muito conhecida entre os criadores da espécie é juntar em um recipiente grande cerca de dez a quinze peixes quando eles já possuem cerca de sete centímetros. Essa é a técnica mais adequadas para a reprodução, porque como os peixe só se relacionam com os mesmos pares, fica possível identificar aqueles casais que se afastam do grupo e, portanto, descobrir quem são os machos e as fêmeas. Interessante, não é?

Produção de Peixe Acará no Brasil

O peixe acará é produzido principalmente nas regiões sul e sudeste do Brasil. Os estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro são os que mais de destacam no cultivo do animal.

O ideal é que sejam criados cerca de sessenta animais adultos para que se formem os casais e a reprodução aconteça de forma efetiva. A espécie pode ser encontrada custando entre R$ 8 e R$ 40 a unidade, a depender das cores que possuem. Outro ponto importante de ser destacado é que com apenas três meses os filhotes são podem ser comercializados.

As variedades mais encontradas são: palhaço, negro, marmorato, albino e leopardo.  Como foi dito anteriormente, eles se adaptam a quase todos os tipos de clima do nosso país, mas é importante que lembrar que eles preferem aqueles climas mais quentes, onde a temperatura não passa de 19°C. A criação com peixe já crescidos pode evitar problemas como a deformações das nadadeiras e problemas envolvendo a coluna dos peixes.

Cuidados Para a Criação de Peixe Acará

O acará não exige uma estrutura muito elaborada para se desenvolver. Durante o período de reprodução do animal é ideia que se tenha uma maneira de elevar a temperatura da água para obter melhores resultados. Eles podem ser criados de forma muito tranquila em tanques, caixa d’água, aquários e viveiros.

Fique atento para a limpeza do local onde o acará vai ser criado. É preciso fazer a troca da água de forma frequente e limpar as impurezas acumuladas. Com relação a alimentação, o peixe acará se alimenta tanto de vegetais como de animais. Crustáceos, larvas de alguns insetos são alguns dos pratos prediletos dessa espécie. Além disso, a ração também pode ser uma boa opção de alimentação para os peixes.

Quando completam um ano de idade, os acarás já estão aptos para iniciar a reprodução. Eles conseguem depositar mais de quinhentos ovos por período reprodutivo. Essa quantidade pode variar a depender do tamanho, alimentação e idade dos peixes.

Com apenas dois dias, os primeiros ovos já começam a eclodir e com três semanas já é possível que os alevinos sejam transportados para um outro local para o desenvolvimento pleno do animal.  Em algumas ocasiões, as larvas podem ser devoradas pelos peixes maiores e a indicação é a separação dos ovos dos acarás adultos. Assim, sem a preocupação com os ovos, os adultos poderão iniciar um novo ciclo reprodutivo de forma mais rápida.

Para aqueles que apreciam o cultivo de peixes, o acará é uma boa e rentável alternativa de criação. De forma geral, eles exigem poucos cuidados e podem ser mantidos em espaços como tanques e até mesmo aquários. Não podemos esquecer também que eles convivem de forma harmoniosa com outras espécies.

Criação de Peixe Acará
Criação de Peixe Acará

Encerramos nosso artigo por aqui e esperamos que você tenha aprendido um pouco mais sobre essas espécies de peixe. Que tal nos deixar um comentário, sugestão, dúvida ou pedido logo abaixo? Não esqueça de compartilhar esse artigo nas ruas redes sociais, ok?

Seja sempre muito bem-vindo ao Mundo Ecologia e não deixe de acompanhar novos conteúdos sobre animais, plantas e natureza. Até a próxima!

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *