Home / Plantas / Por que o Meu Pé de Amora não dá Frutos? Como Resolver?

Por que o Meu Pé de Amora não dá Frutos? Como Resolver?

Muitas pessoas possuem dúvidas sobre como fazer sua amoreira ser mais produtiva! Mas, se esse é o seu caso, saiba que alguns cuidados podem realmente surtir um bom efeito no final das contas!

É importante reforçar que as amoreiras são membros pertencentes à família Moraceae, que agregam ainda uma variação de 9 cm até 15 cm.

Em geral, elas são muito conhecidas por serem extremamente resistentes, caducas e ainda autopolinizantes. Ou seja, o que não lhe falta são pontos positivos, concorda?

Vale ainda destacar que as amoras tendem a amadurecer durante o meio do verão – e são extremamente deliciosas, doces e ainda apresentam um sabor muito suave e típico!

Se a sua intenção é ter uma amoreira para chamar de sua, saiba que isso é algo totalmente possível e que ainda não envolve qualquer complexidade. Tudo o que você precisa, no final das contas, é adotar alguns cuidados básicos.

Mas, com a dose certa de conhecimento e dicas você certamente poderá ter sucesso nessa empreitada! Quer saber como? Então continue lendo o conteúdo a seguir e saiba como fazer sua amoreira ser mais produtiva!

O Primeiro Cuidado Consiste em Saber Como Plantar sua Amoreira

Se você quer saber o motivo de a sua amoreira não render frutos, saiba que isso pode estar associado à maneira como você à plantou! Isso mesmo!

Para não cometer erros nessa etapa tão crucial, considere fazer uma boa seleção de um cultivar. Acredite, isso é um grande diferencial!

É importante que você tenha o cuidado de certificar qual é o cultivar a ser devidamente plantado. Você pode confirmar isso no local onde está prestes a comprar sua muda, por exemplo.

Quando você adquiri uma amoreira, é importante considerar que ela seja proveniente de um cultivar forte, autopolinizante e ainda  com frutos sem a presença de sementes.

Há ainda outras opções, como as mudas que não produzem frutos e os chamados chorões que são disponibilizados para compra. Essa é uma alternativa para quem não está interessado em obter uma árvore frutífera.

  • Dica: os híbridos de Morus alba, também conhecida popularmente como amoreira branca e a Morus rubra são bastante famosas por renderem frutos grandes e mais adocicados – sem contar que são muitos resistentes!

O Solo é Outro Aspecto Relevante Para a sua Amoreira

O solo é um aspecto tão relevante quando à escolha do cultivar! E isso não pode e nem deve ser ignorado na hora de ter uma amoreira realmente produtiva e saudável.

É importante destacar que as amoreiras tendem a crescerem diversos tipos de solos diferentes, mas para que isso de fato aconteça, é importante que se trate de um solo com ótima drenagem.

É fundamental que você  evite deixar sua amoreira em uma área onde haja risco de inundação. Isso é relevante porque essas árvores não toleram  ficarm envoltas por grandes quantidades de água.

Solos Ideais para Plantio de Amoreira
Solos Ideais para Plantio de Amoreira

Sempre que tiver  oportunidade prefira os solos mais profundos e que ainda sejam muito bem drenados. Esses são os mais recomendados  para obter uma árvore de fato frutífera no final das  contas.

Além disso, opte por um teor  de acidez e também pH que tenha variação entre 5,5 e 6,5. No caso dos solos com alcalinidade moderada, os cuidados são os mesmos.

  • Dica: se por ventura você não tiver absoluta certeza a respeito do pH do solo em questão, uma boa sugestão pode ser pedir orientações a um especialista.

O Local Para o Plantio

Embora muitas pessoas não saiba, as amoreiras são capazes de  sobreviver não somente à seca como também à salinidade. Isso quer dizer que elas tendem a ser muito boas para o plantio em grandes cidades ou até mesmo em ambientes costeiros.

As amoreiras podem prosperar positivamente em climas que apresentem alterações sazonais das temperaturas. Isso até mesmo inclui, por exemplo, verões mais intensos e baixas temperaturas comuns no inverno.

A fruta que acaba caindo da árvore pode acarretar manchas pretas, e por conta disso é interessante evitar que ela seja plantada muito perto de calçadas ou até mesmo entrada de imóveis.

Esse ponto é relevante uma vez que a amoreira apresenta galhos considerados frágeis quando comparada a outras árvores frutíferas.

A Estação do Plantio Pode Interferir Diretamente na Produtividade da Amoreira! Entenda

Mesmo que não haja uma estação particular para o plantio das amoreiras, ou seja, ela pode ser sim plantada em qualquer época do ano, ainda assim é interessante levar em consideração algumas condições favoráveis.

Nesse caso, a recomendação é que você não plante a amoreira quando perceber que o solo estiver coberto por gelo, por exemplo. Logicamente isso é algo que não é comum no Brasil, mas há regiões onde podemos perceber geadas em algumas épocas do ano, principalmente no Sul do país.

O mesmo cuidado vale para quando as temperaturas diurnas estiverem acima de 32ºC ou até mesmo diante de chuvas torrenciais – lembre-se que as amoreiras não toleram solos encharcados.

Cuidados Fundamentais

Manter um processo de fertilização pode ser um grande diferencial para que sua amoreira renda deliciosos frutos! Em geral, o fertilizante pode conter ferro, manganês, zinco, magnésio, molibdênio, boro e também cobre.

Quando for fazer a sua aplicação, tenha o cuidado de espalhar de forma bem uniforme, principalmente na parte que fica situada embaixo da copa.

Regue  ou recorra ao uso de um ancinho para poder misturar de forma efetiva ao solo. É importante evitar que o fertilizante seja espalhado perto dos 12,5 cm ao redor do tronco da amoreira.

A Fruta Amora
A Fruta Amora

Veja abaixo algumas dicas relevantes:

  • O tempo e também a frequência da fertilização podem depender da idade da árvore.
  • Boa parte delas vive bem com pouca ou até mesmo nenhuma fertilização. Fertilizar pelo menos uma vez por ano deverá já é o suficiente.
  • Procure não fertilizar mais de duas vezes por ano. Além disso, priorize o mês de setembro para começar, mas não depois de janeiro. Isso poderá danificar a produtividade da planta!

Gostou dessas dicas? Essas informações poderão ajudar para que a sua amoreira seja mais produtiva e assim renda mais frutos!

Veja também

Escarola

Qual é a Diferença entre Chicória e Escarola?

Hoje vamos falar um pouco sobre verduras, sabemos como elas são importantes em nossa alimentação. …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.