Home / Plantas / O que é Propagação Por Estaquia?

O que é Propagação Por Estaquia?

Árvores Frutíferas e Estaquia

Devido a busca das pessoas por uma melhor qualidade de vida, além da questão econômica, algumas pessoas têm procurado comer mais frutas e vegetais em suas dietas. A produção sexuada dessas plantas com frutos e flores depende da plantação de sementes ou de alguns insetos como borboletas e abelhas, que acabam sendo um pouco demorados, já que nem todas as árvores darão certo, além de cuidados com o solo e o crescimento que muitas vezes não pode ser acelerado.

Por conta disso a estaquia para produção e agricultura acabam sendo uma excelente escolha para o produtor rural, já que ele escolhe uma planta saudável e com muitos frutos e flores, e pega um caule, chamado de estaca e só precisa fazer o acompanhamento de suas raízes, já que ali nascerá uma árvore ou planta com as mesmas qualidades e características, como uma espécie gêmea.

Nem todas as árvores conseguem se reproduzir dessa forma, por conta disso, esse processo não pode ser feito em todas, mas é uma excelente opção para aquelas que conseguem esse feitio.

Caso você tenha interesse em aumentar o seu quintal com aquela árvore linda, abordaremos aqui nesse artigo se isso é possível e quais os diferentes tipos de estaquia. Não esqueça de anotar tudo que irá utilizar e nos contar depois nos comentários se deu certo, ok?

Afinal, o que é estaquia?

Estaquia

Conhecida como multiplicação por estacas, é um método muito utilizado para propagação de plantas ornamentais e frutíferas sem depender da reprodução sexuada.

Uso de Estaquia
Uso de Estaquia

O processo é feito através da plantação de uma folha ou ramo de uma árvore forte e possui bons frutos e coloração, aguardando seu novo enraizamento no solo. Esse processo demora poucos dias, ao contrário de uma nova plantação, que depende da árvore e do fruto escolhido pode até mesmo levar anos.

O meio de fazer a estaca depende do objeto que será escolhido que pode ser desde ramos novos, folhas, até mesmo ramos antigos e para cada um existe um determinado processo que falaremos no tópico a seguir.

Meios de Estaquia

Independente do processo que você tenha escolhido, qualquer um pode ser classificado como mais fácil que o próprio plantio.

Vamos lá?

  1. Estacas com Caules Novos

É o jeito mais comum para propagação de plantas ornamentais, já que se assemelha mais com a planta mãe (ou planta originária).

Modo de fazer a estaca:

Corte um ponta do ramo lateral com cerca de 8 a 12 centímetros. O ramo deve ser o mais bonito, forte e com cor. Não esqueça de selecionar um que NÃO tenha flores. Esse é um erro muito comum cometido pelos praticantes de estaquia pela primeira vez, já que a presença de flores indica saúde e fertilidade, mas nesse caso, ela não deve ser utilizada.

Estacas com Caules Novos
Estacas com Caules Novos

Retira as folhas das estacas recém-criadas, já que isso ajuda no aparecimento de raízes, principalmente nesses locais que ficarão vazios.

Coloque então em um vaso cheio de terra, areia, enfim, o solo que foi utilizado para primeira árvore. Não deve ser de maneira nenhuma diferente, já que a alimentação e a sustentação são as mesmas.

Algumas responsáveis da área, gostam de colocar as estacas antes de serem passadas para terra na água por um período de 24 a 48 horas já que isso ajuda o aparecimento de raízes. No caso, converse com demais especialistas da área para saber o modo mais adequado de acordo com a planta escolhida.

  1. Estacas com Caules Semi Lenhosos

Ideal para propagação de arbustos e plantas com essas características. Escolha os ramos que são fortes na base e médios no seu topo, mais maleáveis.

O corte deve ser o mesmo, em ramo lateral, porém um pouco maior, de 10 a 15 centímetros. Também deve-se escolher os mais fortes e sem flores.

Estacas com Caules Semi Lenhosos
Estacas com Caules Semi Lenhosos

Nesse caso retire somente as folhas da base que formaram as raízes. As demais folhas devem ser cortadas se possível pela metade, para evitar a perda de água que enfraquecerá as raízes e o crescimento da nova árvore.

No caso dessa, pode-se colocar diretamente no solo de acordo com a terra, areia, etc que está a árvore original, fazer pequenas regas e esperar o surgimento de suas raízes.

  1. Estacas com Ramos Firmes

Esse com certeza é a maneira mais conhecida, já que é muito utilizado para crescimento de novas roseiras e árvores que dão frutos que são tão importantes principalmente para economia local como vimos na introdução desse artigo.

Não faça esse processo no inverno, ou outono, período em que os ramos ficam secos, o ideal é fazer sempre no início da primavera ou verão.

Estacas com Ramos Firmes
Estacas com Ramos Firmes

O método de começo é igual aos outros dois, aumentando o corte consideravelmente para 20 a 30 centímetros. Os caules devem ser sem flores também.

Retire as folhas da base, e corte pela metade as demais. Para roseiras, escolha ramos que já tenham florido, mas que não possuam flores no momento de acordo com primeiro passo do processo.

Nesse caso, elas podem ser replantadas diretamente em chão definitivo ou em vasos, indo de acordo com que fica mais fácil para o responsável. Depois disso, é só esperar enraizar e por fim, o aparecimento de mudas.

  1. Estacas de Folhas

Método utilizado principalmente para cactos, suculentas e eucaliptos.

Nesse caso, a muda ou folha escolhida, originará uma idêntica de acordo com a que foi retirada, sendo um modo legal de presentear familiares e amigos, caso possua tempo e dedicação para reprodução dessas espécies, além de ser uma forma de ganhar dinheiro, já que as suculentas estão em alta hoje em dia.

Retire uma folha bonita e forte até a base.

Coloque a folha por 24 horas na água e depois enterre 30% dela diretamente no solo escolhido que pode ser terra, areia, conforme está a planta mãe ou planta original. Lembrando que principalmente as suculentas não gostam de mudanças e possuem raízes sensíveis, por isso, as coloque diretamente no vaso em que ficará para sempre ou por um bom período de tempo.

Para saber mais sobre outros métodos de plantações, continue nos artigos do Mundo Ecologia e deixe nos comentários qual método você achou mais interessante!

Veja também

Frutas que Começam com a Letra H: Nome e Características

As frutas são alimentos extremamente populares. Variam entre os sabores adocicado, cítrico, travoso e amargo. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *