Home / Plantas / Muda de Nêspera Enxertada – Como Plantar?

Muda de Nêspera Enxertada – Como Plantar?

Os cuidados com o plantio da nêspera são essenciais para que você consiga cultivar uma árvore verdadeiramente bonita e que dê frutos saudáveis. Existem alguns pontos específicos que precisam ser levados em consideração para manter a sua plantação livre de pragas e outras ameaças!

Além de um aspecto agradável graças a sua aparência rústica, a nêspera oferece frutos deliciosos e muito nutritivos. Mas, a maior vantagem é, com certeza, o fato de que esse plantio é bem simples, e não demanda grande experiência!

Por isso a nêspera tem se tornado uma das favoritas de quem quer iniciar com o cultivo de árvores frutíferas, e pode ser uma boa porta de entrada para quer ter essa experiência com a terra.

O que é uma Nêspera Enxertada?

Antes de entendermos o passo a passo para que você comece a plantar a nêspera é importante compreender o conceito de enxertia.

Isso acontece quando você utiliza parte de uma planta já madura, que está saudável e dando bons frutos, para implantar em um ramo de outra planta mais jovem, que ainda não está em idade frutífera.

Nêspera Enxertada

O enxerto faz com que a planta jovem, germinada através da semente, comece a florescer e frutificar mais rapidamente. Se trata de um processo verdadeiramente potente para obter frutos saudáveis e bonitos, e para aproveitar a saúde de sua árvore mais velha.

Basta fazer uma fenda no local onde quer enxertar, afinar a ponta do caule que será enxertado, e encaixar as duas partes. Depois, envolva a região com uma fita para permitir a cicatrização, fazendo com que as plantas entrem em um processo natural de fusão.

Passo a Passo para Plantar a Nêspera Enxertada

Feito isso você terá uma nêspera enxertada e já pode plantar a sua muda! Para começar, encontre uma região adequada – lembre-se que as árvores frutíferas precisam de pelo menos 6 horas de banho de sol todos os dias.

A escolha do local deve ser pensada considerando o tamanho da árvore adulta. As raízes se espalham tanto quanto os galhos, por isso o seu cuidado deve ser para que a nêspera não seja plantada muito próxima a um edifício, para que não comprometa a estrutura do local.

• Atenção com o solo:
Outro ponto indispensável nesse primeiro momento é o cuidado extra com o solo! Ele não pode acumular água, pois, a longo prazo, isso pode comprometer a qualidade da raiz.
Cave um buraco de mais ou menos 30 centímetros de profundidade e encha de água. Se a terra sugar rapidamente o líquido, você provavelmente tem um solo ótimo para essa missão!

• Buraco:
Faça um buraco que seja mais ou menos 2 vezes mais largo do que as raízes, e com profundidade menor que 1 metro. Esse buraco receberá diferentes elementos para cooperar com o crescimento de sua nêspera.

Entenda que a planta enxertada precisa ficar com a base acima do nível da terra. Por isso o buraco não pode ser profundo demais.

• Esterco e calcário:
Agora, preencha o fundo do buraco com uma camada espessa de esterco de galinha. Não há problemas se ele estiver misturado com serragem!

Em seguida, pegue um pouco do calcário e jogue no local do plantio, tanto sobre o esterco quando nas laterais, nas “paredes” do seu buraco. Use uma pá para misturar um pouco dos dois elementos no fundo do buraco.

O calcário tem papel de neutralizar a acidez, tornando o solo ainda mais interessante para o desenvolvimento da planta.

• Terra e grama:
A terra ao redor do buraco precisa ser soltinha, para que as raízes não encontrem resistência no desenvolvimento, e consigam se expandir de maneira saudável.

Agora é hora de adicionar a terra para cobrir toda a primeira mistura. Em seguida, use grama seca para fazer uma nova camada. Com as mãos, afunde a grama no buraco. Volte com uma nova camada de esterco, e amasse bem com a pá para espalhar.

Utilizar Muitos Nutrientes Pode não ser a Solução!

É claro que você quer ter o melhor solo para receber a sua muda. No entanto, é fundamental que a planta se desenvolva com os nutrientes fornecidos naturalmente pelo solo.

Encher de compostos no início pode prejudicar o desenvolvimento dela daqui um tempo, quando o solo estiver novamente carente desses elementos – a menos que você consiga abastecer isso com frequência.

• Posicione a sua árvore no buraco:
Jogue um pouco de terra no buraco, fazendo um montinho. Ele deve ter mais ou menos o tamanho de um dedo. Agora, com muito cuidado posicione a sua muda em cima desse monte, de modo que a batata da raiz fique exatamente posicionada no centro.

Espalhe as raízes com delicadeza ao redor, e verifique se a base de sua planta está acima da linha do solo. Ela não pode ser coberta pela terra quando você finalizar, ou isso prejudicará o enxerto!

Nivele isso aumentando ou diminuindo o monte de terra onde posicionou a sua muda, encontrando a altura perfeita para prosseguir.

É Hora de Finalizar o seu Plantio!

Agora estamos na etapa final! Preste atenção se o enxerto possui alguma raiz. Se encontrar alguma, corte. Caso contrário ela poderá se unir ao solo e criar rebentos, que vão prejudicar a saúde da nêspera.

Preencha o buraco com um pouco de terra adubada, e tenha o cuidado de cobrir todas as raízes, sem deixar nenhuma delas aparente. Apalpe o solo com cuidado para ter certeza de que elas estão bem cobertas.

Regue com um pouco de água e adicione mais terra. Repita o procedimento de modo que o buraco seja preenchido até a linha do solo.

Para finalizar, utilize folha seca para cobrir a região onde as raízes estão. Assim você evita que se acumule muita água por ali – o que poderia apodrecer a base – e impede o crescimento de ervas daninhas e outros elementos que podem roubar os nutrientes de sua nêspera. Agora é só esperar o crescimento, que será gradativo.

• Manutenção:

O local deve receber manutenção frequente. Para isso, certifique-se de remover todas as plantas que nasçam ao redor, e que de alguma maneira podem comprometer a saúde da árvore.

No mais, dentro de poucos meses você terá uma bela árvore frutífera! A Primavera é a estação mais adequada para fazer esse passo a passo. Evite plantar nêspera no inverno, pois, é a estação mais hostil para esse exemplar.

Veja também

Cineraria Planta Medicinal: Benefícios e Propriedades Medicinais

Cineraria é um gênero de plantas com flores da família dos girassóis, nativo principalmente do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *