Home / Plantas / Morango é Diurético? Existe Alergia a Morango?

Morango é Diurético? Existe Alergia a Morango?

O morango é, sem dúvida, uma fruta bastante apreciada pela maioria das pessoas. Mas, existem certos benefícios e detalhes a respeito dela que talvez você não saiba.

É o que vamos abordar a seguir, mostrando que o morango pode ser muito benéfico para a saúde, mas que também possui seus contras, como a questão da alergia alimentar.

O Efeito Diurético do Morango e de Outros Alimentos

Na verdade, chamamos de diurético todo e qualquer alimento que simplesmente aumente o fluxo de urina. Esse processo de eliminação de líquido do corpo é importante, pois ajuda a renovar os fluidos corporais, eliminando com mais facilidade toxinas que prejudicam severamente o organismo. Inclusive, alimentos diuréticos são ótimos para a perda de peso.

E é justamente aí que se insere o morango, já que, assim como outras tantas frutas, ele é um ótimo alimento diurético, facilitando, em muitos aspectos, a regulação do peso corporal, aumentando a eliminação de líquidos.

Além da perda de peso, a função diurética do morango e de outras fritas, ajuda na obtenção de vitaminas e minerais essenciais para a nossa saúde, como potássio, por exemplo. Ou seja, trata-se de uma excelente fonte de nutrientes.

Agora, é bom ficar atento para um fato bem importante: não adianta comer uma ou duas frutas dessas (como o morango) em meio a refeições regadas a gorduras saturadas, ou mesmo repletas de carboidratos. O ideal mesmo é que, para alcançar o efeito diurético desejado, coma duas ou quatro dessas frutas, entre refeições mais saudáveis e equilibradas.

Fruta Morango Fresca

Pra finalizar essa questão, é preciso ter em mente que todo e qualquer alimento diurético não promove a perda de peso através da eliminação de tecido adiposo. É importante ficar atento a esse detalhe, e ao fato de que esses alimentos podem causar desidratação ou mesmo alterações nos níveis de potássio no sangue;

A melhor recomendação? Beber 2 litros de água por dia, além de alimentos que sejam ricos em fibras. Com isso, o efeito diurético de morango e de outras comidas será realmente benéfico.

Outros Benefícios do Morango

Além de ser um alimento bastante diurético, o morango possui outros ótimos benefícios.

Um deles é ser muito bom para auxiliar numa boa memória. Isso porque a fruta possui antioxidantes chamados de antocianinas. Além de serem substâncias responsáveis pela coloração vermelha do alimento, elas combatem a degeneração das células do corpo, junto com os flavonoides. E, isso inclui, entre outras coisas, atrasar a perda de memória, já que as células do sistema nervoso não se regeneram e, por isso, precisam ser conservadas ao máximo.

Outro benefício da fruta é que ela aumenta tanto a nossa imunidade, quanto a capacidade do nosso sistema circulatório. Por quê? Simples: o morango é uma fonte rica em vitamina C. Isso acelera a cicatrização de feridas, aumentando a capacidade de absorção de ferro, e ainda se mostra eficaz no fortalecimento de ossos e dentes. Ressaltando que em apenas uma xícara de morango, encontramos mais 100% da quantidade recomendada diariamente de vitamina C.

E, além de tudo isso, o morango ainda protege o coração, devido às suas substâncias fitoquímicas, que combatem o aumento do chamado LDL, ou do colesterol ruim. Essas substâncias também inibem a formação de placas de gordura nas artérias. Isso evita desde pressão alta a infartos. Também ajudam na proteção ao coração as antocianinas, que já mencionamos antes. Ou seja, o morango é um alimento perfeito para o coração.

Como se dá a Alergia ao Morango?

Não é muito comum, acontecer, mas, às vezes, algumas pessoas podem desenvolver alergias ao morango. E, são sintomas que podem variar de leves a muito fortes. Em geral, as reações alérgicas a essas frutas são leves, mas, em outros casos (mais raros, é verdade), essas reações podem provocar até risco de morte para as pessoas.

Mas, afinal, o que é ter alergia ao morango?

Basicamente significa que o sistema imunológico de alguém está reagindo mal a uma determinada proteína que está presente na fruta. A parte boa desse aspecto é que o aquecimento do morango pode distorcer essa proteína. Ou seja, para quem é alérgico, pode simplesmente comer essa fruta cozida.

Os sintomas de quem é alérgico ao morango variam de leves a moderados, e podem ser desencadeados em alguns minutos, ou até mesmo depois de horas após a ingestão da fruta. Os mais comuns são coceira e inflamação, tanto na garganta, quanto na boca. Ainda podem acontecer comichão na pele, urticária, tosse e chiado no peito, tonturas, diarreia, vômito e até mesmo congestão.

Na maior parte desses casos, as pessoas podem tratar dessas reações em casa mesmo, com o auxílio de medicamentos. Porém, o melhor tratamento continua sendo evitar entrar em contato com o agente alérgico doa em quem doer. O risco de alergia é maior, principalmente, para quem tem histórico na família, alergia ao pólen de bétula, asma e eczema.

Importante salientar ainda que caso não sejam expostas desde o início da vida a determinados alimentos, crianças possuem maior risco de desenvolverem alergia dele. Ou seja, introduzir morangos na alimentação cotidiana das crianças aumentará as chances delas não terem alergia à fruta no futuro.

Receita Básica pra Finalizar: Geleia Caseira de Morango

Para incrementar esse texto, que tal uma pequena (mas, deliciosa) receita com essa fruta, hein? Pra fazer essa geleia, você vai precisa dos seguintes ingredientes: 250g de morango, 250 g de açúcar, e metade de um limão. Somente!

Depois, prepare bem os morangos antes de utilizá-los. Retire os seus talhos verdes e lave-os bem com água corrente. Depois, corte cada um deles em 4 partes. Em uma panela que seja pequena e funda, você vai colocar os morangos, o açúcar e o suco do limão para serem cozinhados juntos em fogo médio.

Quando essa mistura começar a ferver, abaixe mais o fogo, e deixe a geleia apurar um pouco. Vá mexendo de vez em quando até a mistura engrossar. O ponto certo será aquele em que a geleia começar a desgrudar do fundo da panela ao incliná-la um pouco.

Por fim, desligue o fogo, e deixe tudo esfriar. Coloque a geleia em um pote de vidro, guarde na geladeira, e sirva-se à vontade.

Veja também

Agerato: Para Que Serve? Quais Benefícios o Ageratum Pode Trazer?

O Agerato, comumente chamado de flor de fio dental, é um concurso anual de gelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *