Home / Plantas / Lista de Tipos de Babosa Venenosa: Nome, Características e Fotos

Lista de Tipos de Babosa Venenosa: Nome, Características e Fotos

O que é Babosa?

A babosa, conhecida cientificamente pelo nome de Aloe vera, é muito famosa por seus benefícios como efeitos calmantes, cicatrizantes, anestésicos, antitérmicos e anti-inflamatórios, além de ser muito utilizada para hidratar cabelos e pele.

O gel de babosa ser utilizado na forma de gel ou cremes manipulados, ou aplicado sem nenhuma outra mistura diretamente na área afetada. Segundo pesquisas, o gel tem propriedades antitérmicas, e suas compressas ajudam a baixar a febre, propriedades anestésicas e pode ser utilizado para massagens como meio de diminuir dores, até mesmo para relaxamento muscular, ajudando assim doenças como reumatismo e enxaqueca.

Também contém propriedades anti-inflamatórias, e por conta desse benefício, combate infecções e age de forma similar cortisona no organismo, porém sem os efeitos colaterais que são bem cruéis ao corpo humano desse medicamento.

Babosa
Babosa

O gel também funciona porque tem efeito cicatrizante, e penetra até a terceira camada da pele, facilitando a cicatrização de queimaduras pelo fogo ou calor, queimaduras de sol e machucados. O uso de produtos cosméticos e de uso externo com Aloe vera é liberado pela Anvisa e são facilmente encontrados em farmácias comuns, como farmácias de manipulação.

A Babosa é Venenosa?

O uso de medicamento ou sucos feitos com babosa são contraindicados pela Anvisa, ao contrário de seus produtos cosméticos.

Assim como todas as plantas, até mesmo a babosa não está ilesa de apresentar possíveis efeitos colaterais. Esses efeitos colaterais são encontrados com mais frequência principalmente no trato gastrointestinal, fazendo com que o indivíduo sofra com cólicas e diarreia. Neste caso, você deve respeitar seu corpo, procurar ajuda médica adequada e parar o tratamento de forma imediata.

Caso tome algum tipo de medicação, é essencial sempre falar com o seu médico antes de começar a beber o suco da babosa, pois, pode haver interação medicamentosa dependendo do medicamento que estiver utilizando no seu dia a dia.

O suco de babosa também não deve ser consumido por mulheres grávidas, por não haver estudos que indiquem a sua segurança durante esse período, alguns pesquisadores mais antigos até falam que a babosa pode ter efeito abortivo, o que interrompe a gravidez ou faz com que o bebê nasça com algum tipo de problema e deformação. Também durante a lactação, o suco pode deixar o leite amargo e por conta desse fato, não ser muito agradável para o paladar do bebê.

Muito importante caso você opte por tomar o suco de babosa é respeitar as doses mínimas indicadas na embalagem ou modo de preparo indicado pelo seu médico. E não pense que porque ele é um remédio natural, você pode utiliza-lo excessivamente, tomando vários copos por dia, com medicações industrializadas ou sem passar por consulta médica anteriormente. Todos os produtos utilizados de forma terapêutica têm como precaução a ideia de ser utilizado de um a três meses e depois devem ser interrompidos. Caso a doença ou problema que deu início a utilização da babosa persista, procure novamente ajuda médica e remédios mais fortes e não naturais devem começar a ser utilizados.

O gel, porém, para uso tópico externo, como uma espécie de pomada, não mostrou nenhum efeito secundário e, a princípio, pode ser utilizado por qualquer pessoa, sendo muito bom até mesmo para as crianças. Porém, ressalvas devem ser feitas, pois existem pessoas que tem alergia a planta como um todo e não somente a sua ingestão deve ser proibida, como também o gel retirado de suas folhas.

Outro motivo pelo qual a Anvisa não libera a comercialização de sucos ou outros alimentos feitos com babosa é porque segundo o parecer técnico dessa agência, não existem evidências científicas suficientes que comprovem a segurança da ingestão de babosa e existem mais relatos de reações adversas do que relações benéficas. Além do mais, não existe um padrão na composição dos produtos alimentícios à base de babosa, porque existe uma grande diversidade na forma de plantação, cultivo e extração do gel da babosa pelos seus produtores.

Métodos Seguros de Utilizar a Babosa

Babosa Descascada
Babosa Descascada

Babosa ter um grande poder cicatrizante por isso na área de estética a mesma pode ser utilizada para tratamento de acnes, sendo utilizada como uma máscara no rosto, deixando por quinze minutos e tirando depois com água fria para fechamento dos poros. Para tratamento de queimaduras, colocando um pouco do gel da babosa e deixando a pele a absorver como um gel, esse método também serve para tirar coceira de picadas de insetos. O gel também é muito utilizado para aftas, herpes e cortes bucais, pois ajuda a não inflamar esse local e cicatrizar o local ferido.

Para tratamento de seborreia e também para evitar a queda de cabelo, para esse fim, o gel da babosa deve ser colocado sobre o couro cabeludo e depois fazer uma massagem sobre o couro, retirando posteriormente em água morna ou fria.

Ajuda para tratamento de estria e celulites, junto a uma dieta balanceada e exercícios físicos, a babosa pode ser usada como um gel massageando as áreas afetadas e estimulando a cicatrização da pele e também circulação. Também é muito conhecida pelo seu uso em hemorroidas, onde ajuda a diminuir a dor, relaxar os músculos, fechar as cicatrizes e feridas, além de diminuir até mesmo a coceira.

Também é muito utilizada em compressas para aliviar a febre, sendo colocada na testa para diminuição da temperatura corporal. Esse método de compressa também pode ser utilizado para aliviar dores musculares, sendo colocado sobre o local dolorido, e também para regiões inchadas, pois além de diminuir a dor, também ativa a circulação.

A babosa é muito encontrada em cremes hidratantes, cremes estéticos, por conter colágeno em suas folhas, além de shampoos antiqueda e também anticaspa, sabonetes, condicionadores e até mesmo pasta de dente.

Curiosidades Sobre a Babosa

Embora ainda não seja comprovado cientificamente e alguns estudos, inclusive em faculdades brasileiras, estejam ainda em andamento, existem evidências que a babosa sozinha ou com auxílio de outros alimentos como mel podem ajudar no tratamento de câncer. Sozinha, sua evidência foi encontrada para tratamento de câncer de pele, e junto ao mel para tratamento de demais câncer, diminuindo as células cancerígenas após ingestão dessa mistura.

Veja também

Tempero de Gengibre

Lista Dos Tipos De Gengibre – Espécies Com Nome E Fotos!

Existem diversas plantas e ervas que são mundialmente conhecidas por suas propriedades medicinais e todos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *