Home / Plantas / História da Romã, Origem da Fruta e do seu Nome

História da Romã, Origem da Fruta e do seu Nome

Qual a origem da romã? Essa deliciosa fruta que possui pequenas sementes de cor rubi no seu interior, muito utilizada nas datas festivas, sobretudo no natal, conta com uma história muito curiosa. Para conhecer mais sobre a romã, suas principais características, sua origem e de seu nome, continue conosco e veja a seguir! 

Conheça a História e Origem da Romã

Segundo pesquisadores, a romã teve sua origem na região da Grécia, Chipre e Síria, junto à Ásia Menor. Outras árvores frutíferas tiveram sua origem lá, como é o caso da macieira, da cerejeira, da pereira, da amendoeira e outras. 

E o uso da romã, se dá há muito tempo, desde a antiguidade. Onde diferentes povos e culturas faziam uso de suas propriedades para curar e combater determinadas doenças. É uma planta muito rica em propriedades e não apenas a fruta em si, suas folhas também podem ser utilizadas para fins medicinais. Todos os povos que passaram por aquelas regiões fizeram uso da romã. Inclusive podem ser encontradas propriedade da planta na bíblia e no papiros de Ebers.

Ela foi amplamente utilizada pelos romanos. Ela tinha significados como fertilidade, amor, fecundidade. A Deusa Afrodite teve a romãzeira oferecida em sua homenagem, já que era a deusa do amor. A origem do nome romã, vem de mala granata (fruta em grãos) ou mesmo de mala romana (fruta romana), devido sua ampla utilização na cidade de Roma. O curioso é que o nome de duas cidades também derivaram desses nomes, em Portugal, há a cidade de Romana, e na Espanha existe a cidade de Granada. Mas você sabe para quê os romanos utilizavam a romã? Quais os benefícios que essa fruta com sementinhas vermelhas pode nos proporcionar? É curioso o fato de diferentes culturas e povos utilizarem de seus benefícios que até hoje são amplamente difundidos pelo mundo inteiro. Veja abaixo alguns benefícios e curiosidades que cercam a romã e sua árvore, a romãzeira. 

Benefícios da Romã

A romã pode ser consumida de diferentes maneiras, desde o seu chá até de forma in natura, o mais natural possível. 

Ela é uma fruta muito rica em vitaminas e minerais, além de outras substâncias capazes fortalecer o sistema imunológico, aumentar a resistência e muitos outros benefícios que você pode conferir abaixo! 

Anti-inflamatória

A romã é um excelente anti-inflamatória natural, suas propriedades garantem uma ótima ação contra diferentes tipos de inflamações que podem afetar nosso organismo. Na fruta está presente uma substância denominada punicalagins é um excelente oxidante. Eles estão presentes tanto na casca, quanto nas sementes da fruta. Então consuma a romã e proteja o seu organismo das decorrentes ameaças!

Auxilia na Saúde Bucal

A romã ainda é capaz de auxiliar na saúde bucal devido às suas propriedades que são antivirais e antibacterianas. Ela exclui os males causados por decorrentes bactérias, que vão desde gengivites, placas, inflamações, estomatites e infecções que podem trazer grandes prejuízos. Os polifenóis presentes na fruta são ótimos antioxidantes responsáveis pela combatentes dos males que podem afetar a saúde da nossa boca. 

Auxilia em Infecções na Garganta

Do mesmo jeito que combate as infecções da boca, ela age também nas infecções de garganta. Seus adstringentes são capazes de contrair o tecido do local, fato que leva a diminuição de inchaços e podem diminuir e amenizar dores de garganta. A quantidade de antioxidante presente na romã é muito grande, então os benefícios para o corpo humano são vastos, confira o próximo! 

Melhora a Saúde da Pele e dos Cabelos

Além disso, ela é capaz ainda de fortificar os fios do cabelo e auxiliar na reconstrução dos tecidos da pele. Uma romã pode ser mais eficiente do que muitos remédios e outros chás, como o chá verde. Ela é rica em vitaminas A, E e C e para consumir todos os seus benefícios, basta fazer um chá, ou quem sabe um delicioso suco para aproveitar de todas essas qualidades! 

Principais Características da Romã

Visto os principais benefícios que a romã é capaz de nos proporcionar, conheça agora as principais características dessa fruta que já encantou diferentes povos e civilizações! 

  • Ela é caracterizada por ser um fruto arredondado, porém, seu formato é hexagonal e ela possui aproximadamente o tamanho de uma laranja. 
  • Sua casca é amarela com diferentes tons de castanho, e no seu interior, podem ser encontrados pequeninas bolsas de cor rubi, que “guardam” as sementes. 
  • Essas bolsas gelatinosas são a parte comestível, existem centenas que compõem todo o interior do fruto. 
  • Basta parti-lo ao meio e deliciar-se com os pequenos grãos vermelhos, que são bem adocicados e saborosos.
  • Sua árvore, a romãzeira é caracterizada principalmente pelas belíssimas flores vermelhas localizadas na ponta dos galhos. 
  • Ela adora clima tropical e desenvolve-se sobretudo em regiões secas e quentes, por isso é muito comum encontrar a romãzeira aqui no Brasil.
  • A altura da árvore pode variar de acordo com o espaço que ela for plantada, mas em média a variação fica entre 4m a 6m.
  • Ela pode ser cultivada desde sementes germinadas, até pequenas mudas que podem ser adquiridas em feiras ou lojas agrícolas. São ideias para serem plantadas na primavera. 

Agora que você já sabe a origem do nome da romã, sua história, suas principais características e benefícios, aprenda a seguir a fazer um delicioso chá de romã, para fortalecer seu organismo e combater decorrentes ameaças. 

Como Fazer o Chá de Romã

A romã pode ser consumida de diferentes maneiras, seja in natura, no suco, na salada, em diferentes alimentos e é possível até mesmo fazer um chá com a fruta.

Abaixo vamos mostrar a receita e o passo a passo para você fazer um chá de romã sem precisar sair de casa! 

Chá de romã: com casca e tudo

  1. Primeiramente, separe 10 gramas da casca da romã
  2. Lave-as e leve ao fogo com 3 xícaras de água 
  3. Deixe ferver por 10 minutos e depois passe em uma peneira, para ficar apenas o líquido. 

Fácil, rápido e muito boa para o organismo! Essa receita também pode ser utilizada para fazer gargarejos e combater inflamações na garganta. 

Compartilhe com seus amigos e amigas nas redes sociais!

Veja também

Couve Ornamental: Curiosidades e Fatos Interessantes

Com suas cores e formas incríveis, a couve ornamental é uma das plantas mais coloridas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *