Home / Plantas / Folha de Acerola: Para que Serve? Benefícios do Chá de Acerola

Folha de Acerola: Para que Serve? Benefícios do Chá de Acerola

A planta de onde vem a acerola pode ser considerada indistintamente como uma pequena árvore e um arbusto de folha caduca. O ambiente ideal para o seu desenvolvimento ideal é o clima tropical e subtropical , porque é muito sensível a baixas temperaturas, o que se deve em grande parte à pouca profundidade de sua rede radicular, já que estas são raízes superficial.

Folha de Acerola Para que Serve?

Acerola é o nome de um arbusto perene medindo de 2 a 5 metros e cresce naturalmente nas florestas secas da América do Sul, principalmente na Amazônia (Brasil e Venezuela) e no Peru. Acerola selvagem também é encontrada nas Índias Ocidentais. Hoje, é cultivado no Brasil.

Este arbusto produz folhas opostas de forma oval ou elíptica, pontiagudas, com 2,5 a 7,5 cm de comprimento. Pode dar características mais morfológicas deste vegetal qualificado, como sua coroa é muito ramificada, suas folhas são verde escuro, com formas entre 5 e 12 mm e suas flores são integrados por uma corola com cinco pétalas que variam em cores como vermelho, rosa, roxo e branco.

As folhas são ovóides-lanceoladas simples, 2 a 8 cm de comprimento, 1 a 4 cm e estão presas a pecíolos curtos. Eles são opostos, ovais a elípticos-lanceolados, e possuem margens inteiras ou onduladas com pequenos pêlos, que podem irritar a pele. Acerola é um assunto bonsai popular por causa de sua pequena folha e frutas e sua formação de ramificação.

O uso da acerola como remédio fitoterápico natural é uma prática comum em suas áreas nativas do Brasil. Tem uma ampla gama de usos associados aos seus efeitos curativos de renome em humanos. Diz-se que extrato das folhas, cascas e frutos da planta da acerola atuam como agentes antifúngicos e também possui algumas propriedades antibacterianas. Afirma-se que ainda tem a capacidade de reverter a resistência a múltiplas drogas.

Os curandeiros populares há muito usavam o extrato de acerola para tratar casos comuns de tosse, diarreia, frio e dor de garganta. Por esse motivo, a acerola e seu extrato são muito populares no Brasil. O povo brasileiro também utiliza o extrato de acerola para o tratamento de doenças menos comuns, como tuberculose, anemia e diabetes.

Análise Científica das Folhas de Acerola

Uma equipe de pesquisadores fizeram um experimento em um dos laboratórios da UNESP para conhecer melhor as folhas de aceroleira e sua correlação com os benefícios já conhecidos de seus frutos. Entre outras coisas, analisaram seu teor de ácido ascórbico, os sólidos solúveis totais, valores de clorofila, etc.

Para a realização do projeto, esses pesquisadores analisaram os valores médios de clorofila total, e proteína solúvel em folhas, ácido ascórbico, acidez total titulável, sólidos solúveis totais, ratio e pH de frutos de aceroleira da região apical de plantas de três cultivares.

Com efeito, seus testes resultaram em boas atribuições benéficas as folhas que, apesar de algumas variações entre as cultivares (numa média irrelevante de 5% pra mais ou pra menos), as folhas garantiram benefícios que se assemelham a seus frutos no que diz respeito a nutrientes benéficos à saúde humana.

A acerola (inclusive suas folhas) é uma vitamina C verdadeiramente dotada , contém 20 a 30 vezes mais que a laranja! Também contém vitaminas B6, B1 e A, antioxidantes e muitos minerais. Assim, recomenda-se o uso de acerola para combater o estresse, a fadiga e o excesso de trabalho. Associado a outros ativos, como gengibre e chá, é um verdadeiro coquetel de efeito chicote para um efeito anti-fadiga garantido!

Benefícios do Chá de Acerola

A utilização das folhas da aceroleira tem íntima relação terapêutica com seu principal nutriente da fruta também: a vitamina C. Sendo assim, fica óbvio seu benefício na manutenção do organismo, fortalecendo significativamente a imunidade de nosso organismo, contribuindo para combater preventivamente os resfriados, as gripes, bem como sangramento ou inflamações nas gengivas.

As folhas também oferecem um fator de grande importância como antioxidante bloqueando a formação de radicais livres contribuindo para a preservação das células e abrindo portas para outras vitaminas (vitaminas A, E e do complexo B, por exemplo) agirem em nosso organismo. O chá de folhas pode também contribuir para o rejuvenescimento da pele, estimular a imunidade prevenindo todo e qualquer tipo de distúrbios hepáticos.

Outros nutrientes e proteínas como cálcio, fósforo e ferro fazem parte da composição dessas folhas e portanto agem como genuínos revitalizante para nossa pelo, nossas articulações e ossos e também nossos dentes. Fica claro então o quanto a acerola pode ajudar no desenvolvimento de nosso organismo, fortalecendo o frescor e a energia, nos mantendo com a sensação de sempre jovem.

E para melhorar ainda mais o interesse na acerola com seus frutos e folhas, sabia que também pode ajudar a emagrecer? Isso mesmo, suas composições antioxidantes e outros nutrientes podem não só ajudar a queimar as gordurinhas como seu consumo produz uma sensação de saciedade, auxiliando a quem não quer comer demais. Gostou dessa? Então, vamos aprender a preparar esse chá maravilhoso?

Preparando o Chá de Acerola

Os principais ingredientes são água, as folhas da acerola, açúcar ou adoçante. As medidas são a critério mas recomendamos cerca de 12 a 15 folhas de acerola para cada 01 litro de água. Você pode substituir o açúcar ou adoçante por mel se preferir. E, se quiser oferecer um gostinho a mais a seu chá, há pessoas que adcionam outros ativos como folhas de laranja, pau de canela ou gengibre ao chá.

Obviamente, recomendamos expressamente que lave muito bem as folhas antes de usar. Nós queremos um chá que ofereça benefícios a sua saúde e não o contrário, não é mesmo? As folhas podem estar impregnadas de resquícios de germes e outras impurezas do tempo e da poeira acumulada que você deve evitar antes de consumir, lavando bem (recomendamos água sanitária) antes de acrescentá-las ao chá. Deixe de molho na água sanitária por alguns minutos depois escorra bem em água corrente e pronto.

Chá de Acerola
Chá de Acerola

Agora, mão à obra ao processo do chá: é preciso que as folhas estejam maceradas, portanto, faça isso como primeiro passo. Depois ferva o litro d’água e, após ferver, acrescente as folhas já amassadas nelas com o fogo já desligado. Neste momento pode acrescentar também os outros ativos que desejar compor aos seu chá, menos o ingrediente que usará para adoçar. Tampe e deixe assim por pelo menos uns vinte minutos. Após esse tempo, é a hora de adoçar e consumir. É válido consumir o chá ainda morno.

Veja também

Flor de Pessegueiro: Época de Florada, Características e Fotos

O Brasil é um país com uma grande variedade de espécies quando nos referimos à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *