Home / Plantas / Espécies De Primavera: Tipos Com Nome E Fotos Em Lista

Espécies De Primavera: Tipos Com Nome E Fotos Em Lista

Quando falamos na Primavera muitas flores vem à mente, mas poucas personificam tão bem a estação quanto a Bougainvillea: uma flor de delicadeza ímpar e beleza impressionante.

Essa majestosa trepadeira, que encanta pelas cores intensas e quantidade de flores é conhecida por vários nomes o mais comum é Primavera, mas há muitos outros nomes populares, entre eles:

• Juá-Francês;

• Sempre-Lustrosa;

• Ceboleiro;

• Três Marias;

• Pau-de-Roseira;

• Santa Rita;

• Pataguinha;

• Flor-de-Papel;

• Rodeiro;

• Roseta;

• Riso e muitos outros.

É muito comum encontrá-las em todas as cores apoiadas nos muros das casas, principalmente quando circulamos por bairros residenciais com poucos edifícios. São excelentes para decoração e contribuem com a beleza dos locais.

Por ter espinhos, quase não é plantada em condomínios, seja de prédios ou casas. Ainda assim é uma das melhores vistas que se pode ter no meio urbano.

Em áreas rurais podemos encontrá-las não sobre, mas substituindo muros, uma vez que esta planta é uma ótima cerca viva. Queridinha dos paisagistas pode ser podada para assumir quase qualquer forma, desde baixos arbustos até árvore frondosa.

O registro da maior primavera do mundo é em Minas Gerais, na cidade de Lambari, às margens do Lago Guanabara.

Esse exemplar em especial conseguiu ultrapassar os 18 metros de altura sem nenhum apoio e se apresenta como uma frondosa e espetacular árvore que pode ser vista de longe.

Classificação Científica

Está gostando de conhecer um pouco mais sobre a flor Primavera? Então veja alguns dados científicos a respeito dela, e entenda a sua taxonomia.

• Nome Científico: Bougainvillea glabra

• Nome Popular: Primavera, três-marias, buganvília, buganvile, sempre-lustrosa, santa-rita, ceboleiro, roseiro, roseta, pataguinha, pau-de-roseira, flor-de-papel

• Família: Nyctaginaceae

• Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Trepadeiras

• Divisão: Angiospermae

• Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical

• Altura: 4.7 a 6.0 metros

Se seu objetivo é ter sombra em parte do quintal sem impermeabilizar o solo e ainda manter uma temperatura agradável à sombra, a primavera está entre as melhores opções.

Ela é reconhecida por possuir uma folhagem perene, muito resistente às intempéries. No entanto, a Primavera não resiste aos casos de ventania e geada intensa – por isso é preciso cuidado na hora de escolher o local para plantio.

Essa é uma planta nativa da América do Sul. Isso significa que a Primavera consegue se adaptar com facilidade aos mais variados climas do Brasil, pois estamos em um continente com grande variedade climática.

Seu tronco principal pode medir de 10 até 80 centímetros de diâmetro dependendo da forma do crescimento e de sua idade.

Basta construir os apoios na altura e formato desejado para que ela em pouco tempo se torne um charmoso caramanchão, oferecendo sombra e frescor na medida certa e com quase nenhuma manutenção.

Conheça As Espécies De Primavera

Se existe uma coisa que é encantadora nas flores é a variedade. Uma mesma flor pode trazer diferentes cores, formas e perfumes. A Primavera, por exemplo, está dividida em uma grande variedade. Veja algumas:

• Bougainvillea Buttiana:

Bougainvillea Buttiana
Bougainvillea Buttiana

Essa espécie pode alcançar até 5 metros de altura. É uma planta de temperatura essencialmente quente, por isso prefere regiões e clima temperado. É originária das regiões centro-americana e norte da América do Sul.

O seu nome, “Bougainvillea”, é o mesmo que acompanhará todas as outras espécies. Ele foi dado como uma homenagem ao explorador francês Louis Antoine de Bougainville, que teria levado o primeiro exemplar de Primavera do Brasil para a Europa.

• Bougainvillea Glabra:

Bougainvillea Glabra
Bougainvillea Glabra

Essa espécie possui uma cloração muito forte e vívida, que passeia entre o rosa e o rosa choque. É uma das primaveras mais vívidas, e que pode trazer um aspecto belíssimo para qualquer jardim.

Embora seja nativa do Brasil, a Bougainvillea glabra pode ser cultivada em qualquer outro lugar do mundo – desde que não haja queda de temperatura abaixo de 0. O seu cultivo é simples, mas a flor gosta de clima mais ameno e quente.

• Bougainvillea peruviana:

Bougainvillea Peruviana
Bougainvillea Peruviana

Uma bela trepadeira que pode servir para criação de cercas vivas do mais fino gosto. Essa espécie é endêmica do Equador e do Peru – isso significa que não podem ser encontrados exemplares originais fora desses países.

Essa espécie cresce se projetando para o alto, e formando ramos muito compridos cercados pelas flores. Pode alcançar até 4 metros de altura com facilidade.

• Bougainvillea spectabilis:

Bougainvillea Spectabilis
Bougainvillea Spectabilis

Outra trepadeira que pode ajudar na decoração de ambientes. Ela é formada por flores muito miúdas, que acabam se agrupando de 3 em 3, formando belos buquês naturais. A coloração varia bastante: brancas, rosas, vermelhas, roxas, alaranjadas, amarelas ou brancas.

Se trata de uma espécie muito ramificada, farta, que pode alcançar até 5 metros de altura. é ideal para compor arcos e portas de jardins. Possui espinhos em seu caule, e esses cumprem um importante papel na vascularização da planta – o que significa que não podem ser removidos.

Continue Acompanhando A Lista Com As Espécies De Primavera

Se você sonha em ter um lindo jardim, com cores e formas variadas, então com certeza deve incluir a Primavera na lista de flores obrigatórias para cultivo. Nenhuma outra espécie pode enriquecer e embelezar mais um jardim do que essas “pequenas notáveis”.

• Bougainvillea brasiliensis:

Bougainvillea Brasiliensis
Bougainvillea Brasiliensis

Essa é uma espécie cujas flores nascem com coloração em branco e amarelo. São lindas e delicadas, perfeitas para enfeites. São usadas essencialmente com finalidade ornamental. O seu desenvolvimento se dá em formado de arbusto crescente.

• Espécies hibridas:

Além das classificações que apresentamos a flor de Primavera também pode ser decorrente de uma mistura. São as espécies conhecidas como hibridas! Existem três misturas que devem ser citadas:

• B. x buttiana (glabra x peruviana);

• B. x spectoperuviana (spectabilis x peruviana);

• B. x spectoglabra (spectabilis x glabra).

Todas elas são flores belíssimas, que podem servir muito bem à finalidade de ornamento. Por isso se tornaram tão queridas tanto para quem pratica jardinagem quanto para deco-radores que não dispensam uma flor em seus projetos.

Principais Características Da Primavera

A primavera é uma trepadeira lenhosa com folhas em formato de coração. As folhas são muito finas e possuem um toque macio e agradável. Também é possível perceber certo brilho. As folhas se mantêm verdes o ano todo.

Uma das características mais marcantes dessa flor é a presença de brácteas. As brácteas nada mais são do que folhas que possuem um aspecto de flor – folhas modificadas e coloridas.

Elas também podem ser facilmente confundidas com pétalas. Quem não tem grande experiência com botânica, ou não conhece um pouco de flores, pode até achar que se trata de flores, mesmo.

A beleza das brácteas também serve de chamariz para os insetos polinizadores. Isso faz com que muitos deles sejam atraídos pelas flores de Primavera, e por isso disseminam muito essas plantas.

Essas brácteas se apresentam em diferentes tamanhos e quantidades, podendo ser simples ou dobradas, e de concentração variada.

Algumas subespécies têm formações mais esparsas, dando a impressão de flores separadas ou mais agrupadas parecendo cachos de flores.

• Como É a Flor?

Suas curiosas flores são sempre pequenas, e formadas por pétalas em grupos de 3. É justamente daí que vem um dos nomes mais populares dessa flora: Três Marias.

As cores vívidas e intensas são seu maior atrativo para os insetos, o que garante a reprodução e o principal motivo de serem tão populares.

Flor Primavera Vermelha
Flor Primavera Vermelha

Dependendo da incidência de Sol, qualidade do solo e o formato de crescimento alguns exemplares de Primavera acabam ficando sem nenhuma folha aparente, parecendo um enorme ramalhete.

• Espinhos:

Outra característica marcante dessa espécie são seus espinhos longos e abundantes, eles são classificados com espinhos verdadeiros.

Isso significa que ao serem removidos danificam o entorno do local de onde cresceram no galho, ao contrário dos acúleos das rosas, por exemplo, que podem ser removidos sem danificar o tecido em seu entorno.

Uma Primavera Pode Alcançar Até 15 Metros De Altura!

Não pense você que por serem delicadas e charmosas as espécies de Primavera são sempre…compactas. Embora a poda seja uma possibilidade para controle do crescimento, e embora existam espécies consideradas “anãs”, de modo geral estamos falando de uma flor bem grande.

A sua altura pode variar entre 10 e 15 metros ou até mais! Isso dependerá dos apoios que a flor terá para o crescimento – aliás, os apoios são fundamentais para guiar esse desenvolvimento!

Se bem cuidada e bem amparada um pé de Primavera pode chegar a escalar prédios inteiros, ou árvores bem mais altas. Elas causam um aspecto belíssimo, e com certeza oferecem um respiro de natureza em meio a tanto concreto das metrópoles.

Árvore Primavera
Árvore Primavera

Quando cultivada sem apoio é difícil prever como será o desenvolvimento e o crescimento de uma Primavera.

É uma planta de formação densa por isso ela é muito indicada como cerca viva, chegando a se transformar num verdadeiro muro se as mudas forem plantadas nas distâncias corretas: entre 1 e 1,5 metros uma da outra e em linha.

Uma das favoritas paras pergolados, pelo mesmo motivo do cercamento, sua densidade de galhos, além das cores intensas, a Bougainvillea é de fácil cultivo por ser nativa da mata Atlântica e região Amazônica, muito resistente ao clima e com crescimento rápido.

Primavera De Lambari – A Estrela De Minas Gerais!

Primavera De Lambari
Primavera De Lambari

Não podemos seguir esse conteúdo sem falarmos a respeito de um pé de Primavera que se tornou no mínimo icônico. Na pequena cidade de Lambari, no estado de Minas Gerais, está a maior Primavera do mundo.

A árvore se tornou um dos pontos turísticos mais importantes da cidade, e talvez de todo o estado. Afinal, muitos turistas acabam visitando a região especialmente para ver de foto – e registrar em fotos, claro – esse exemplar magnifico.

A árvore alcançou impressionantes 18 metros de altura. Para completar a beleza do local, ela anda conta com a moldura do lago Guanabara. É realmente uma vista impressionante e esplendorosa para os apreciadores dessa flor.

• O segredo para crescer tanto:

Com certeza você deve estar se perguntando: como pode uma flor ter crescido tanto, atingindo 18 metros de altura?

Bom, isso depende de uma série de fatores. Inegavelmente o clima da região ajuda, e muito. Anteriormente comentamos sobre o fato de as Primaveras crescerem melhor em climas temperados.

O Estado de Minas Gerais, localizado no sudeste brasileiro, mantém temperaturas amenas durante quase todo o ano. Com isso é um local favorável para a saúde dessas espécies de flores.

Porém, existem outras coisas que são essenciais para que uma Primavera cresça verdadeiramente bela. Por exemplo, a poda. Sobretudo no início do crescimento a poda se faz essencial para a saúde dessa flor.

Dessa forma ela pode desenvolver um tronco mais robusto, o que lhe confere maior firmeza e desenvolve uma copa arredondada e espessa.

Esse formato é um ótimo lugar para algumas espécies de passarinhos construírem seus ninhos, pois fica quase impossível o acesso para a maior parte dos predadores.

Também é bem escondido dos curiosos olhos humanos, pode se sustentar sozinha como arbusto ou uma árvore de pequeno a médio porte.

Bonsai Com Primavera – a Incrível Arte Oriental De Criar Miniaturas Naturais

Bonsai Com Primavera
Bonsai Com Primavera

A Bougainvillea também pode ser tornar lindos bonsais, sendo indicada para iniciantes na prática pelo seu fácil manejo e cultivo.

Os bonsais, caso você não conheça, são árvores que são podadas para se manterem em tamanho miniatura. Veja bem: não se trata de uma flor ou planta que não se desenvolve, mas sim que não cresce.

Ela adquire exatamente o mesmo formato de uma Primavera de tamanho normal, porém se mantém em miniatura, sendo uma excelente opção para adornar interiores, decorar escritórios, salas e quartos.

• Dicas De Cuidados Para O Bonsai De Primavera:

O importante aqui é entender que um Bonsai demanda cuidados bem específicos, e que muitas vezes variam daqueles dispensados para as flores em tamanho normal.

Para começar, saiba que o bonsai é uma arte que demanda muito conhecimento e prática. Não basta sair podando a sua Bougainvillea de qualquer jeito. Você acabará cortando alguma coisa fundamental para a sobrevivência da flor.

Antes de começar a podar é importante tomar aulas, obter dicas ou então contratar um profissional para fazer isso por você.

Outra coisa importante é que você utilize adubação própria para bonsai. Elas garantem à planta todos os nutrientes que são fundamentais para que continue florescendo de forma saudável mesmo em um tamanho menor.

A adubação deve ser feita a cada 15 dias no período que consiste no fim da primavera até o final do verão. Durante o inverno ela não deve ser adubada, pois, as raízes entram em estado de hibernação.

Observação, pesquisa, paciência e criatividade são a chave para o cultivo de qualquer espécie de planta em qualquer circunstância.

Sendo um bonsai ela ocupará pouco espaço e pode ser parte de uma linda coleção que engloba todas as cores e tamanhos de flores e folhas mesmo em um apartamento.

Por ser uma planta muito vigorosa, resistente e de fácil cultivo, é muito apreciada no cultivo de bonsais, essas pequenas árvores em vasos de técnica de cultivo japonesa também podem ser uma terapia poderosa no combate ao estresse do cotidiano.

Dicas De Plantio – Como Cultivar Primavera?

Se você chegou até aqui talvez esteja interessado em plantar seus próprios exemplares de primavera. Não é para menos: são flores lindas, capazes de valorizar qualquer jardim, e que podem ser cultivadas em locais grandiosos ou espaços mais limitados.

O seu cultivo pode tanto ter a finalidade de trepadeira, quando apoiada em muros e superfícies, quanto arvoredo. Os cuidados necessários para o crescimento são os mesmos, exceto pela poda que acaba sendo obrigatória para a criação de árvores.

• Plantio:

O plantio deve ser feito a Sol pleno em solo fértil e bem drenado. As mudas podem ser adquiridas em lojas de jardinagem em todas as suas variações de cores e tamanhos.

Porém, algumas podem ser mais difíceis de se encontrar do que outras. Esse é o caso da Primavera verde, por exemplo, considerada uma variação mais rara. Mas, basta um pouco de determinação para encontrar sua favorita. Outras cores possíveis são;

• Branca;

• Rosa;

• Vermelha;

• Vinho;

• Roxa;

• Ferrugem;

• Amarela;

• Laranja;

• Azul;

Além da variação de cores você também pode encontrar as flores em tamanhos grandes ou as chamadas “anãs” que são bem menores. São muitas as possibilidades, o mais importante é que ela transforma seu jardim em pura felicidade, atribuindo cor e charme.

Para fazer o plantio direto na terra, após a compra ou feitio da muda é necessário abrir uma cova que seja 1 vez e meia o tamanho do torrão de terra no qual ela está.

Feito isso, tire a planta do vaso (ou saco de muda) sem desmanchar o torrão em torno da raiz, pois isso danificará muito suas raízes podendo até mesmo matar a planta antes do plantio.

Tenha cuidado ao depositá-la no buraco. Faça isso com calma e movimentos leves. Então, basta cobrir com uma mistura em partes iguais de areia, composto orgânico e substrato. Pressione para dar firmeza às raízes e observe.

Escolher Bem O Local De Plantio É Uma Das Etapas Mais Importantes!

A escolha do lugar de plantio é muito importante uma vez que a planta precisa de solo bem drenado, porém fértil e macio. Por isso mesmo não é uma boa ideia plantá-la muito próximo a rios ou lagos, ou em terreno muito pedregoso e de terra pobre.

• Como Regar?

A oferta de água deve ser feita com moderação uma vez que a Primavera não suporta solo encharcado. Mas, cuidado: você também não deve deixar que a sua planta passe sede. O ideal é verificar periodicamente e só regar quando a camada superior de terra estiver seca.

• Cuidados no Plantio:

Ao plantar direto no chão verifique se há apoio adequado. Lembre-se que, se não for direcionada e podada durante o crescimento, a Primavera assumirá a forma do apoio que encontrar, ou se espalhará em busca da maior incidência de sol.

Uma das melhores opções para a Bougainvillea é aproveitar um pergolado, mas também é possível moldar túneis de flores. Nesse caso, ofereça arcos do tamanho desejado, de preferência de tubos metálicos, pois oferecem maior resistência ao peso e tempo.

Bougainvillea Azul
Bougainvillea Azul

É possível ainda intercalar várias cores para aumentar o impacto de sua beleza em plena floração, mas, vale lembrar: dependendo do comprimento e largura da estrutura, depois de completamente formado, não será possível fazer a poda na parte superior externa.

Sendo a primavera uma trepadeira, não oferece resistência ao peso para ser escalada e seus longos espinhos podem tornar a tentativa de se apoiar nela um tanto quanto…desagradável e dolorida.

Como mencionado anteriormente, é possível mantê-la sem apoio, mas o cuidado deve ser mais constante para que não se quebre com o próprio peso, ou encontre como apoio algo que não seja adequado ou desejado, ao menos no início do crescimento.

O Que É E Como Fazer O Plantio Por Estaquia?

O plantio também pode ser feito por estaquia. Isso acontece quando novas mudas são retiradas a partir de pequenas estacas de caule, raízes ou folhas.

É importante que nesse caso não seja feito o corte e plantio durante a época de floração. Para essa técnica o ideal é utilizar os galhos cortados durante a poda da planta inicial. Caso seja esse o plano, durante a poda evite deixar os galhos no sol para que não desidratem.

Como todo e qualquer pedacinho tem potencial para se tornar uma muda, o ideal é que cada muda seja feita a partir de um pedaço de galho que meça aproximadamente 25 e não mais que 40 centímetros – assim não perderá força de brota e crescimento.

Estaquia de Primavera
Estaquia de Primavera

Tire o excesso de folhas e deixe os galhos por aproximadamente 5 dias em um balde com água. Você também pode mergulhar a ponta dos galhos em um hormônio enraizante puro e aguardar o surgimento das raízes.

Após esse período, coloque as mudas em sacos de muda com a mesma mistura para o plantio no solo: areia, substrato e composto orgânico.

Mantenha as mudas em local semi sombreado até que estejam fortes e viçosas, e após esse período, poderá dar continuidade com o plantio normalmente, conforme explicamos no capítulo anterior.

Caso queira fazer o cultivo em vasos, a muda pode ser plantada diretamente nele após sair do balde. Ver algo plantado pelas suas mãos crescer, se desenvolver e florescer é muito gratificante.

Dicas Para Controlar O Tamanho Com Podas

Mesmo cultivada no solo, ou em vasos, a primavera pode ter seu tamanho controlado por podas periódicas.

As podas devem ser feitas no período vegetativo, ou seja, quando há apenas folhas, sem formação de flores ou botões. Caso contrário, você poderá prejudicar o crescimento e desenvolvimento da planta, podendo atrasar ou até interromper por um longo período seu crescimento e floração.

• Importância da poda:

A poda é necessária para que a planta tome a forma desejada e não ultrapasse os limites estabelecidos ou invada o espaço de outras plantas. Nesse caso, inclusive, podemos adicionar uma informação importante.

Para Primaveras cultivadas em terreno aberto não é recomendado o plantio de outra espécie de médio a grande porte num raio de até 15 metros de distância. Assim você evita que a Primavera tome conta do espaço e prejudique outras espécies.

A menos que haja disponibilidade de tempo e dedicação com as podas, seu crescimento vigoroso pode se tornar agressivo. Caso haja uma planta com desenvolvimento mais lento muito próxima a ela com certeza a Primavera se tornará dominante no local.

Mas, se for um plantio em pergolado, caramanchão ou outro tipo de estrutura na qual a primavera terá apoio direcionado e crescerá sobre ele não há qualquer problema, pois ela saberá exatamente como se guiar.

Lembre-se ao projetar um jardim é necessário somar os raios das 2 plantas que ficarão lado a lado para se obter uma distância saudável.

Por exemplo, se você for plantar uma primavera e uma pitangueira considere que a copa da pitangueira pode atingir uma média de 6 metros de diâmetro.

Já a primavera cultivada como árvore tem essa média de crescimento também. Portanto, ambas têm o raio da copa com 3 metros cada.

Podas de Primavera
Podas de Primavera

Nesse caso a distância saudável para o plantio é de 8 metros entre os troncos principais, garantindo assim que haja espaço de circulação de ar e incidência de sol.

O mesmo vale para duas primaveras caso não seja interessante para seu projeto que elas se entrelaçam e se misturem. Porém, este caso em especial não prejudica as plantas e resulta em um efeito estético muito interessante, principalmente se forem de cores diferentes.

Por isso é fundamental um estudo prévio das espécies desejadas e já existentes no espaço que será o jardim. Outro cuidado fundamental é com o plantio próximo às construções.

Caso não queira nenhuma planta encostada na casa deve-se realizar o plantio da primavera a uma distância superior a 4 metros.

É muito comum também encontrarmos primaveras apoiadas em árvores. Elas escalam as mais altas e na época de floração podem causar a impressão de que seus apoios estão floridos ou que se trata de uma única árvore.

É preciso ter cuidado no manejo e principalmente durante as podas pois, essas flores possuem espinhos longos e agudos. O uso de luvas de couro e óculos de proteção para podas pode se fazer necessário.

Ambiente Externo X Ambiente Interno – Onde É Melhor Cultivar?

A Primavera se dá muito bem tanto diretamente no solo em ambiente externo quanto em vasos em ambiente interno. Porém, é preciso se atentar à algumas questões.

A primeira delas é que a quantidade e intensidade de cores das “flores” se dá de acordo com a incidência de Sol. Portanto, deixe-a em lugar bem ensolarado para cultivo indoor.

Como ela não estará exposta à chuva e principalmente ao sereno, é preciso redobrar o cuidado, e pode ser preciso borrifar água em suas folhas nos dias mais quentes e secos, garantindo assim a umidade ideal para o seu crescimento.

Outra questão importante é que a Primavera precisa de um solo bem drenado, como já vimos anteriormente. Isso vai requerer que o vaso esteja em um prato ou estrutura que possa receber o excedente de água das regas.

Um vaso sem furo para drenagem pode até matar sua primavera afogada. Como diz aquele velho ditado: a primavera não suporta ficar com os pés molhados.

• Pragas:

De modo geral essas flores não sofrem com a presença de pragas. Eventualmente você pode perceber a presença de pulgões. O ideal é que eles sejam removidos manualmente, e em seguida aplique uma pequena quantidade de pesticida apropriado.

A Prima Maravilha – Tudo Sobre Sua Parente Não Muito Distante

Uma curiosidade que nem todo mundo sabe é que a Primavera é prima de outra queridinha dos amantes por jardinagem: a Maravilha. Se trata de um arbusto baixo com flores bicolores e abundantes.

A Maravilha, cujo nome científico é Mirabilis jalapa, tal qual a Bougainvillea, é popularmente conhecida por uma série de outros nomes.

Veja quais são eles:

Maravilha,

Maravilha
Maravilha

• Batata-de-purga,

Batata-de-Purga
Batata-de-Purga

• Beijos-de-frade,

Beijos-De-Frade
Beijos-De-Frade

• Bela-noite,

Bela-Noite
Bela-Noite

• Boa-noite,

Boa-Noite
Boa-Noite

• Bonina,

Bonina
Bonina

• Jalapa,

Jalapa
Jalapa

• Jalapa-do-mato,

Jalapa-do-mato
Jalapa-do-mato

• Jalapa-falsa,

Jalapa-falsa
Jalapa-falsa

• Maravilha-de-forquilha

Esse alegre arbustivo é mesmo uma maravilha de se ver. Possui pequenas flores em forma de cone que se abrem em pétalas delicadas e de coloração sempre muito forte e vívida.

Pode ser encontrada em diversas cores, as mais chamativas são a rosa choque, amarela e a rosa e branca. Se sua intenção é atrair borboletas para seu jardim aposte tranquilamente nessa plantinha brasileira.

Maravilha-de-forquilha
Maravilha-de-forquilha

Seu cultivo é similar ao da primavera. Ela também precisa de solo bem drenado, cresce muito bem e tem uma floração mais abundante e de cores intensas a pleno sol. Como se trata de um arbusto não são necessárias podas tão constantes como com a Primavera.

• Taxonomia:

Conheça a ficha científica completa da Maravilha.

• Nome Científico: Mirabilis jalapa;

• Família: Nyctaginaceae;

• Categoria: Arbustus, ArbustosTropicais, Bulbosas, Flores Perenes;

• Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical;

• Origem: América Central, América do Norte, América do Sul;

• Altura: 40 a 90 centímetros;

• Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno;

• Ciclo de Vida: Perene.

Combinar as duas espécies em seu jardim com certeza trará ainda mais beleza para o ambiente. Primaveras e Maravilhas são ideais tanto para os jardineiros mais experientes quanto para os iniciantes, já que são muito fáceis de serem cultivadas.

Muita Mais Que Beleza, A Primavera Pode Trazer Saúde!

Além do uso ornamental convencional, há estudos sobre as propriedades nutricionais e medicinais dessa planta. Muitas pesquisas ainda estão em andamento, e são consideradas inconclusivas por enquanto. No entanto, algumas coisas já podemos dizer.

As Primaveras compõem um grupo importante chamado de PANC (planta alimentícia não convencional). Elas estão cada vez mais faladas, sobretudo entre pessoas adeptas a uma vida mais saudável e natural.

PANC
PANC

Suas brácteas podem ser usadas como infusão quente ou gelada associadas com outras folhas e frutas para o preparo de bebidas. Além de trazer um aspecto refrescante, a Primavera acaba embelezando drinks graças a sua coloração.

Se desidratadas, as flores podem ser incorporadas às massas, dando um efeito colorido muito interessante, uma vez que ela não perde a cor se for corretamente desidratada.

• Dicas Para Desidratar:

Para desidratar flores e folhas é preciso ter um local seco de temperatura média. Coloque as folhas ou flores em sacos de pano (utilizando no máximo ⅔ da capacidade) e pendure.

Duas vezes ao dia mexa os sacos para que haja movimentação de ar nas folhas e flores, e para que não fiquem muito juntas e propicie a formação de fungos. Cada tipo de planta tem um tempo para a secagem.

É necessário que se faça avaliação diária de suas condições para se assegurar o tempo correto de desidratação. Após a secagem completa, armazene em vidros secos ao sol e bem fechados.

• Usando Para Infusão:

Para fazer a infusão, remova todos os talos, folhas e flores verdadeiras, restando apenas as brácteas. Ferva por 2 minutos e abafe por mais 10, mantendo o recipiente tampado.

A infusão tem diversas finalidades, e pode, por exemplo, ser utilizada para fazer gelo colorido, água perfumada ou adicionada a sucos de frutas brancas para dar cor.

Benefícios da Primavera para a Saúde

Como medicamento, há diversos estudos, principalmente na Índia e Paquistão, que apontam quais são os benefícios da Bougainvillea para os seres humanos.

É muito importante lembrar que nenhuma planta medicinal deve ser tomada sem a devida pesquisa sobre seus efeitos colaterais.

• Contra Indicações:

Embora seja um ingrediente natural, é sempre importante buscar orientação médica antes de qualquer consumo – sobretudo para pessoas que possuem alguma condição de saúde ou que fazem uso de medicação.

Inicialmente, podemos adiantar que o uso de Primavera é contraindicado para as seguintes situações:

• Mulheres grávidas ou lactantes;

• Crianças;

• Pessoas com quadro de anemia;

• Pessoas que fazem uso de medicação continua.

Em especial nessas circunstâncias é muito importante que se faça uma consulta médica antes de incluir qualquer ingrediente em sua alimentação, inclusive a infusão ou as folhas de Primavera e outras flores.

A Primavera é um importante aliado no combate aos radicais livres. Estudos apontam que o seu consumo pode reduzir em até 90% essa substância que é uma das responsáveis pelo envelhecimento da pele.

Chá de Flor Primavera
Chá de Flor Primavera

Também existem registros de que a flor pode ter efeito benéfico em combate a diabetes e até pode ocorrer uma regeneração das células do pâncreas, desencadeando uma melhora significativa para pacientes com esse quadro.

Na Índia, pesquisadores apontam que o uso do chá das folhas e caule por um período de 21 dias pode aumentar o armazenamento de glicose no fígado e músculos.

Também afirmam que o chá pode diminuir a glicemia no sangue e melhorar as taxas de insulina na corrente sanguínea, regenerando as células pancreáticas.

O chá das flores tem efeito anti-inflamatórios o que pode ajudar na cicatrização de machucados, descamação da pele e queimaduras leves, além de promover uma limpeza mais profunda na pele e combater acne.

Para problemas digestivos cada parte da planta tem sua função: enquanto as raízes têm efeito laxante, as folhas podem ser usadas como antidiarreico.

São diversas finalidades. Muitos estudos ainda estão acontecendo nesse momento, e pode ser que em breve sejamos contemplados com informações ainda mais interessantes e complementares sobre os benefícios do consumo de chá de Primavera.

A Magia Das Flores – A Primavera E O Misticismo

Todas as coisas vivas têm energia vital e sua magia própria. As plantas são especialmente mágicas, e trazem inúmeros significados espirituais e até religiosos.

Elas purificam o ar, melhoram as vibrações de qualquer lugar e ainda perfumam o ambiente. Até os mais céticos precisam admitir: não importa o tamanho, qualquer lugar que tem plantas fica mais leve e feliz.

Ao avaliarmos o campo energético das plantas, cada uma tem uma vibração específica e em diversas linhas de estudos cada flor é associada a determinada emoção, pensamento ou função mágica.

A Primavera não é diferente. A começar pelo fato dela carregar o nome de uma estação inteira, isso por si já confere a ela um poder incrível em dissipar negatividades e transmutar em amor e felicidade.

Esse ramo de estudo tem muitos adeptos e pode nos ajudar no dia a dia em coisas aparentemente pequenas, como manter o foco, atrair abundância ou amor. Saber trabalhar com as energias ao nosso redor facilita muito a vida.

Assim como de muitas outras espécies, os florais feitos a base de Bougavillea têm indicação específica para o amadurecimento da alma e o encantamento com a própria beleza interior.

• Significado:

Há quem atribua a essa flor o significado de renovação e prosperidade. Isso graças ao seu nome, que tem relação direta com a estação mais frutífera e bonita do ano.

A Primavera – diretamente ligada ao “desabrochar” – ainda pode ser relacionada a sensualidade e sexualidade feminina, sendo uma flor delicada ao mesmo tempo em que é forte, colorida e notável.

Seja qual for o significado, é de consenso que se trata de uma flor verdadeiramente encantadora.

Em diversos locais elas são cultivadas para adornar ambientes, buques, ou mesmo para enfeitar janelas e varandas, atribuindo um ar romântico e elegante por onde passa.

Muitos estudos ainda giram em torno dos benefícios dessa medicina considerada “alternativa”. Porém, quem consome garante que os benefícios são causados de dentro para fora, e geram uma cura tanto física quanto espiritual.

A Bougavillea é considerada parte importante desses estudos. Seja para cultivo, para adornos ou para saúde, o que podemos perceber é que a graciosa Primavera é mesmo encantadora e cheia de charme.

Veja também

Papel de Fibra de Algodão: Vantagens e Desvantagens

O papel é famoso pela sua origem através da madeira, ou melhor, das fibras de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *