Home / Plantas / Curiosidades Sobre a Carambola e Fatos Interessantes

Curiosidades Sobre a Carambola e Fatos Interessantes

Existem frutas que fizeram e fazem parte da infância de muitas pessoas. Subir nas árvores para pegar manga, roubar uma goiaba dos vizinhos e vários outros. Para muitos que frequentavam sítios ou quintais maiores, era comum também durante um período do ano, um pé estar completamente carregado de frutas, que viviam caindo do chão quando já estivessem bem maduras.

Essas frutas são as carambolas. Com seu formato engraçado e bonito, ela chamava bastante atenção. Quando era a hora de os frutos começarem a aparecer, era suco de carambola, geleia de carambola e tudo mais de carambola, devido a enorme quantidade que saía no pé. E é sobre essa fruta tão especial que iremos falar no post de hoje, contando alguns fatos e curiosidades interessantes sobre ela. Continue lendo para descobrir mais.

A Carambola e Suas Características

A fruta carambola é muito conhecida por todo o Brasil, e é sempre encontrada em sítios e fazendas pequenos. Ela vem da árvore caramboleira, que possui o nome científico de Averrhoa carambola. Faz parte da família das Oxalidaceae, e apesar de poder chegar em um tamanho alto, ainda não é considerada uma árvore de grande porte. Sua origem vem da Índia, e além do nosso país, é muito consumida na China também.

Essa árvore tem um crescimento bem lento, perene, e o máximo que conseguem alcançar de altura é 15 metros, mas somente depois de 25 anos. O tronco é curto, mas bastante ramificado com galhos espessos. Suas folhas decíduas ficam dispostas em espiral, e junto estão suas flores que são brancas e purpúreas. Apesar de gerar fruto, também é muito utilizada como árvore ornamental e também como planta de arborização.

Mas são os frutos que temos uma curiosidade maior, afinal, é ele que comemos. Eles são vistosos, e de um formato oblonga, parecendo uma estrela. Sua pele é fina, quando ainda não está madura, sendo de coloração verde. Mas quando está madura, de coloração amarela. Ao chegar na coloração amarela, sabemos que está perfeita para o consumo. A principal característica desse fruto é seu gosto, que consegue ser azedo e doce ao mesmo tempo.

Como falamos, é muito comum ela estar em quintais. Por isso, ela é chamada de fruta de quintal, já que seu cultivo não é feito em escala. Somente depois de quatro anos ela começa a produzir frutos, mas quando dá, é uma quantidade gigantesca de carambolas. Podendo ultrapassar 200 frutos. Ela foi introduzida aqui no Brasil em 1817, e desde então já faz parte da nossa alimentação, principalmente na região Nordeste. Além de comermos pura, também fazemos geleias, sucos e conservas da fruta.

Curiosidades sobre a Carambola e Fatos Interessantes

Muito mais do que seu gosto, a carambola é cheia de fatos interessantes em sua composição. Primeiramente, ela é rica em sais minerais, principalmente fósforo, cálcio e ferro. Sendo considerada até mais nutritiva em cálcio do que o próprio leite. Também tem vitamina A, vitamina C (antiescorbútica – impede a doença do escorbuto) e vitaminas do complexo B. Essa fruta é chamada também de fruta febrífuga, pois serve para combater a febre.

Para quem está querendo emagrecer, é ótima já que tem uma grande quantidade de ácido oxálico, que serve como estimulador do apetite. Além de conseguir fortalecer nosso sistema imunológico, a carambola é antioxidante, ou seja, faz com que o corpo combata os radicais livres.

De uma forma mais manual e que não tem nada haver com nosso corpo, o suco da carambola é usado para tirar manchas de ferro, de tinta ou até mesmo limpar alguns metais. Mais alguns de seus benefícios:

  • Fortalece o sistema imunológico (complexo B);
  • Ajuda na hora de emagrecer (ácido oxálico);
  • Ajuda no controle da diabetes;
  • Protege o coração;
  • Aumenta a produção do leite materno;
  • Faz bem para os cabelos
  • Melhora a saúde da pele;
  • Melhora a digestão;
  • Previne a anemia.

Mas, uma curiosidade interessante, é que não somente há benefícios na carambola. A sua casca é um antidisentérico, já que contém um alto teor de tanino. Ele ajuda alguns casos de má digestão e intestino desregulado, mas caso seja ingerida demais, pode acabar prendendo o intestino. Logo, pessoas que têm insuficiência renal crônica, não podem comer de forma alguma a carambola. A toxina que impede essas pessoas de comer é a caramboxina, que não é filtrada pelo rim.

Mulher Fatiando Carambola
Mulher Fatiando Carambola

O que acontece, é que quando não é passada pelos rins, elas ficam retidas no organismo e vão até o cérebro. De acordo com a pesquisa da  University Malaya Medical Centre, essa toxina ao chegar ao cérebro o prejudica, assim como nossos nervos. Os sintomas do intoxicamento no começo são mais leves, mas com o tempo ou caso a quantidade ingerida seja muito alta, vai piorando. Veja quais são abaixo:

  • Náusea;
  • Vômito;
  • Crise de soluço;
  • Confusão mental;
  • Agitação psicomotora;
  • Convulsões prolongadas;
  • E dependendo do caso, até o óbito.

Se você é diabético, é interessante consultar o médico antes de ingerir a fruta, pois você pode sofrer de insuficiência renal e não ter a miníma ideia. Para quem não tem esse problema, não deve se preocupar com essa situação. Mas manter-se ciente e controlar a quantidade ingerida da fruta, pois pode prender o intestino de qualquer um.

Esperamos que o post tenha te ajudado a entender e conhecer um pouco mais sobre a carambola e suas curiosidades e fatos interessantes. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em responde-las. Leia mais sobre frutas e outros assuntos de biologia aqui no site.

Veja também

Pé de Caju Como Cuidar, Adubar e Podar com Fotos

O caju é uma ‘fruta’ tropical nativa do Brasil que reúne condições adequadas para cultivo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *