Home / Plantas / Como Saber se a Berinjela está Boa? Quando está Madura?

Como Saber se a Berinjela está Boa? Quando está Madura?

A berinjela é um fruto de uma planta da família Solanaceae, muito conhecida e cultivada na Índia. Na Índia, a berinjela sempre foi muito utilizada em comidas típicas e também como medicamento natural, devido a sua fama, foi levada também para ser cultivada na China, e depois disso, levada por exploradores árabes do Mediterrâneo, onde seu cultivo e consumo é muito comum na atualidade.

A berinjela para ser bem cultivada precisa de um clima quente e também úmido, por isso se adaptou no Brasil, tem um preço acessível e consegue ser facilmente encontrada em qualquer rede de supermercado, feiras livres e mercados. A berinjela existe de várias formas e cores, no Brasil, a mais conhecida é a alongada de cor roxa, porém existem outros tipos como a berinjela branca, em formato de ovo, porém apesar das diferenças na cor de sua casca, a cor da polpa é sempre esbranquiçada, sendo uma característica comum de todos os tipos de berinjela.

Para aproveitar todos os benefícios da berinjela o ideal é não tirar sua casca na hora de comê-la. É importante ressaltar que a berinjela crua não faz bem para o sistema digestivo por conter substância alcalinas que somem com o calor, por isso sua ingestão só pode ser feita após o cozimento desse alimento, refogado, assado, ou de outra forma.

Curiosidades Sobre a Berinjela

A berinjela é começou a ser cultivada há quatro mil anos atrás. E se popularizou na Europa no século nove, se tornando mundialmente conhecida após a colonização de outros continentes.

O ratatouille é um famoso prato na França que contém berinjela e muito outros vegetais, como o tomate que também é muito consumido no Brasil.

Curiosidades Sobre a Berinjela

Embora tenha se originado na Índia, a berinjela tem seu maior cultivo atualmente na China.

Como Saber se a Berinjela está Boa?

A primeira coisa a se fazer para saber se a berinjela não está estragada é analisar a sua casca, a mesma deve estar um pouco durinha, como que elástica, bem brilhante e muito importante, sem machucados. Também é essencial que a sua cor também esteja bem forte e bonita. Esse fato significa que a berinjela está no ponto, ela não deve estar descolorada e nem murcha, o que significa que já está madura ou até mesmo estragada.

Para verificar que a berinjela está fresca, outra dica é apertar bem fraco a casca do alimento com o dedo. Se estiver pronta para o consumo, sua casca vai voltarão normal devido a sua elasticidade, mas se já estiver apodrecendo vai ficar com a marca do dedo, e até mesmo aparecer alguns cortes, rachaduras no local que foi apertado. Verificar a sua haste também é muito importante, onde fica seu “chapeuzinho” protegendo e ligando sua casca em torno do fruto. Se saudável essa haste está verde clara e com certa dificuldade de ser retirada. Se estiver marrom ou acinzentada e saindo com facilidade quando puxada com os dedos, significa que a berinjela já passou do ponto.

Segurar a berinjela e sentir seu peso também é uma forma de ver se a berinjela está boa ou não. As berinjelas passadas costumam ser mais leves que as berinjelas maduras. No caso de estiver fazendo uma berinjela já comprada, ela pode ser descascada ou cortada e ver se existem partes para serem aproveitadas mesmo que os sinais de estragos dito acima estejam no fruto.

Se a sua haste estiver pobre, estiver até mesmo com fungos, ainda é possível cortar um pedaço maior desse local afetado e retirar essa parte podre e aproveitar o restante que ainda estiver bom e próprio para consumo. Nesses casos também é importante cortar o alimento no meio, pois mesmo mais mole ou mais leve, a berinjela ainda pode estar no ponto e vai estar com a parte de dentro bem clarinha e homogênea, mesmo se ao redor de suas sementes esteja levemente acinzentado ou escuro, não afeta seu preparo para consumo.

Porém, caso exista algumas partes estragadas, com buraquinhos e farelos escuros é indicado remover essas áreas, se forem menores e usar o restante da berinjela. Mas se toda a berinjela está estragada por dentro, o melhor é jogar a berinjela inteira fora e evitar desperdiçar seu tempo para preparo e também outros alimentos que forem feitos juntos em sua receita.

O modo mais correto de guardar a berinjela é na geladeira, de preferência, no local feito para armazenamento de legumes, que costuma ficar em uma gaveta localizada na parte de baixo da geladeira. Se for colocada dentro de um saco ou pote de plástico, verifique que tanto eles tanto a berinjela esteja bem seca, pois o acúmulo de água junto ao alimento o faz apodrecer com muito mais facilidade, além de produzir fungos e deixar a geladeira com mau cheiro.

Receita com Berinjela Refogada para Três Pessoas

Essa receita é muito fácil e ainda pode ser feita independente do estado que o alimento se encontra.

Berinjela Refogada

Ingredientes:

  • 2 berinjelas;
  • 50 ml de azeite;
  • 6 folhas de manjericão;
  • Orégano e outros temperos verdes de sua preferência à gosto;
  • 2 dentes de alho;
  • Sal e pimenta à gosto;
  • Um pouco de água ou um tomate.

Modo de preparo:

Lave a berinjela junto com sua casca, depois de retirar as partes verdes ou escuras demais com uma faca, corte a berinjela em cubos ou em círculos e reserve. Em uma panela frite o alho com azeite, e quando o alho estiver dourado, coloque a berinjela e misture o alho com a berinjela, e depois jogue um pouco de sal. Quando a berinjela estiver mais mole, acrescente um pouco de água e feche a panela, deixando apenas uma saída de ar.

Após a água evaporar por completo, a berinjela deve estar mole e pronta para consumo, acrescente os demais temperos. Essa receita também pode ser feita junto com um tomate, porém nesse caso não é necessário colocar água, pois o próprio tomate solta muito líquido e deixa a berinjela pronta para consumo após evaporação da sua água.

Esse prato vai muito bem peixes, ovos e frango, pratos mais saudáveis e com um sabor mais leve já que a própria berinjela já tem um sabor bem marcante.

Veja também

Como Fazer Mudas de Hibisco por Estaquia?

As plantas e flores têm diversos usos possíveis na civilização mundial, havendo diferentes formas de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *