Home / Plantas / Como Regar Bambu? Quantas Vezes Por Semana?

Como Regar Bambu? Quantas Vezes Por Semana?

Por sua aplicabilidade em diversas áreas, o bambu vem sendo cultivado em diversos lugares do mundo. Mas, existem meios para cuidar bem dessa planta para que ela cresça de maneira saudável, e seja destinada às finalidades que muitos pretendem dela.

Um desses cuidados é quanto às regas. Sabe quantas vezes regar um bambu por semana, por exemplo? Bem, essas e outras questões, vamos abordar a seguir.

Características Básicas Do Bambu

Os bambus são tipos de plantas, cujas espécies passam de 1.300 em todo o mundo. Sua distribuição natural se dá nos trópicos das regi]ões temperadas, sendo um vegetal mais frequente nas regi]ões onde a temperatura é mais quente e com chuvas abundantes. Por isso, por exemplo, os bambus se dão muito bem nas áreas tropicais e subtropicais da Ásia, da África e da América do Sul.

Bambus nativos crescem de maneira natural em todos os continentes, com exceção da Europa e dos pólos, Cerca de 62% das espécies são nativas exclusivamente do continente asiático e mais 34% das Américas. Já em termos de altitudes, essas plantas podem ser encontradas tanto em regiões ao nível do mar, quanto em locais cuja altitude pode alcançar quase 5.000 metros.

De maneira simplificada, podemos dizer que o bambu é um caule subterrâneo que possui nós e entrenós em sua extensão. As folhas são reduzidas a escamas. Estas, por sua vez, desenvolvem-se paralelamente à superfície do solo. Ressaltando que o caule do bambu não deve se confundido com a raiz (uma parte distinta da planta).

Como Se Dá O Crescimento Dos Bambus?

Uma das principais características do bambu é o seu rápido crescimento, e isso fica bem visível justamente pelo alongamento dos seus colmos. Algumas espécies gigantes de bambus, por exemplo, chegam a crescer cerca de 40 cm por dia.

Contudo, de um modo geral, o crescimento total de colmos se dá com cerca de 4 meses para entouceirantes e 2 meses para alastrantes (entenda-se crescimento total desde o broto até a altura máxima).

Na maior parte dos casos, a maturidade dos colmos ocorre quando estes alcançam os 3 anos de idade para rizomas entouceirantes e 5 anos para rizomas alastrantes.

Com relação ao florescimento, é bom dizer que este se trata de um fenômeno raro entre os bambus, acontecendo em um intervalo de 120 anos, mais ou menos. Inclusive, várias espécies morrem ao florescer, devido ao gasto de energia usado para isso.

Como É O Cultivo Do Bambu, Em Geral?

Uma plantação completa de bambus demora de 5 a 8 anos para se desenvolver por completo, e o que vai determinar isso são fatores que vão desde as conduções climáticas do ambiente em questão, até a forma como essa plantação é cuidada. Podemos dizer que os bambus atingem a maturidade quando alcançam as dimensões usuais de cada espécie, como altura, diâmetro, etc.

Via de regra, os bambus podem crescer nos mais variados tipos de solos, muito embora eles se desenvolvam de maneira acima da média quando o local em que estão plantados tenha uma qualidade um pouco acima do comum. Solos que sejam mais apropriados para cultivos agrícolas em geral são uma excelente pedida, devendo-se evitar áreas que fiquem alagadas com frequência, ou que sejam mal drenadas.

Cultivo Do Bambu
Cultivo Do Bambu

Em termos de espaçamento (já que na maior parte das vezes, as pessoas plantam não um ou dois, mas vários bambus), existem formas de se fazer isso no cultivo deles. Se a intenção, por exemplo, foi a produção de colmos para a construção civil, o espaçamento ideal é de 8×8 metros entre as mudas. No entanto, se a questão for obter broto, o mais recomendado é um que seja 5×5 metros entre elas.

E, Quanto Às Regas E Adubações No Bambu?

É bom ressaltar que o plantio de bambu é mais recomendável durante a primavera, preferindo receber luz durante umas 8 horas diárias. Já a irrigação deve ser feita com bastante frequência, especialmente quando essas plantas são mais jovens e o tempo está mais seco.

O mais ideal, portanto, é que as regas sejam feitas diariamente, e quando o bambu estiver mais velho, as regas podem ser feitas duas vezes por semana apenas, que será mais do que suficiente. Em épocas de ventania, essas mesmas regas precisam ser de, pelo menos, umas 4 vezes por semana. Uma dica é verificar se o solo está úmido, visto que essa planta não tolera solos que estejam muito encharcados.

Regando Bambu
Regando Bambu

Quanto à adubação, ela pode ser tanto química, quanto natural, sendo realizadas a partir de análises das deficiências gerais do solo. Essa adubação, por sua vez, pode ser complementada através das regas que mencionamos anteriormente, pois isso favorece os nutrientes no plantio.

Outros Cuidados No Plantio Do Bambu

De um modo geral, tanto em relação às regas, quanto em relação aos cuidados como solo, iluminação e adubação, o plantio de bambu é bem simples, mas se é para ter uma produtividade bem maior, alguns cuidados se fazem necessários. Por exemplo, para evitar a concorrência com outras plantas, o mais recomendado é que se limpe o espaço entre as mudas com frequência.

Inclusive, a partir do quarto ano de vida, o desenvolvimento de novos bambus pode ser comprometido devido ao sombreamento das touceiras. Então, é preciso que elas sempre sejam mantidas limpas para evitar isso.

Caso se tenha plantado o tipo alastrante do bambu, e não se quer que ele invade outras áreas, é recomendável fazer uma espécie de “barreira” no solo, com o mínimo de 1 metro de profundidade. Dessa forma, o bambu ficará limitado apenas aquele espaço.

O ideal é fazer podas a cada dois anos, pelo menos, retirando-se especialmente os colmos que estiverem secos, ou mesmo com pouco vigor, e que podem retirar energia dos demais. Tais podas devem ser feitas quase sempre no início da primavera, e esses cortes devem ser feitos acima do nó, para permitir que novos bambus cresçam novamente.

E, claro, importante ficar atento à incidência de doenças e pragas que possam aparecer de vez em quando. Como plantas mais velhas são mais resistentes, o mais provável é que problemas como ácaros, ferrugens e cochinilhas apareçam em bambus mais jovens.

Veja também

Como é Feito o Tecido de Algodão?

O algodão é uma planta arbustiva que faz parte da família Mallow. Seu nome refere-se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *