Home / Plantas / Como Cuidar da Flor Hibisco, Fazer Mudas e Podar

Como Cuidar da Flor Hibisco, Fazer Mudas e Podar

As flores e plantas são muito importantes para as pessoas, por mais que algumas sequer gostem desse tipo de item natural e por mais que muitas pessoas cheguem até mesmo a criticar quem possui amor pela natureza. O certo mesmo é que as plantas são muito úteis para todos, até mesmo para quem afirma não gostar delas, sendo também muito importantes para que as pessoas possam executar uma série de coisas em todo o mundo.

As plantas são muito importantes, por exemplo, para a produção de perfumes, algo que cada vez mais segue crescendo em todo o planeta e mostra bem a importância da natureza para a vida humana contemporânea. Assim, as flores, apenas por esse quesito e especial, já mereceriam destaque e deveriam receber mais atenção por parte das pessoas em geral.

Contudo, acontece que essa não é a única forma de destaque das flores, havendo também outras maneiras pelas quais a natureza consegue se destacar a partir das plantas e flores.

Uma delas é o uso de plantas para a produção de remédios, além de óleos naturais dos mais variados tipos. Porém, por mais que o tempo passe e muitos digam que isso irá acabar em breve, ainda hoje as flores servem mesmo é para serem vistas e apreciadas por quem gosta da natureza e consegue ver a arte que existe em cada flor.

Assim, as flores são muito usadas para embelezar locais, igrejas, jardins, casas, apartamentos, sacadas e varandas, banheiros, ambientes de trabalho e qualquer outro local que possa receber o doce aroma das flores. Dessa maneira, há muito destaque das flores no sentido de servirem como um colírio para os olhos, como um ponto de arte que resiste ao tempo. Esse é o caso do hibisco, por exemplo, uma flor de muito destaque pela sua beleza.

Conheça o Hibisco

É mais ou menos isso que acontece com o hibisco, uma flor que pode ser muito bela para o jardim, mas que também apresenta cheiro bastante agradável e acaba por ser multiuso, servindo para várias funcionalidades distintas.

O hibisco, portanto, é muito interessante para ser usado como ponto focal de jardins ou até mesmo como complemento, embora a beleza da flor praticamente exija que ela tenha um papel mais central no jardim e não que fique relegada à periferia do ambiente natural.

De qualquer maneira, o hibisco também pode ser plantado em vasos e fazer parte de outros locais da casa, sendo muito bom ter essa planta em janelas ou na entrada do lar, servindo como uma forma de recepção para as pessoas.

Uma das cores de hibisco mais famosas e procuradas é o vermelho, que transmite uma ideia de paixão e de amor, sendo muito comum que o vermelho do hibisco seja realçado em organizações de jardim, fazendo com que a flor dê um salto visual e se torne ainda mais importante para quem a observa.

Veja abaixo mais informações e detalhe sobre o hibisco, uma flor muito bela que serve para a ornamentação de jardins e pode ser cultivada de maneira relativamente fácil e acessível.

Cultivo do Hibisco

Hibisco no Vaso
Hibisco no Vaso

Para plantar um bom hibisco e ver a flor crescer de forma correta, é importante ter um solo de qualidade. Para tal, compre matéria orgânica boa, misture com areia e pedras e não exagere muito nos fertilizantes. A matéria orgânica serve para dar estabilidade ao crescimento da flor, enquanto a areia e as pedras servem para o trabalho de drenagem no solo.

Já os fertilizantes em excesso podem causar algo muito ruim, que seria o hibisco não dar flores ou dar poucas flores. Isso porque, quando em excesso, o fertilizante faz com que os ramos e as folhas cresçam, mas não faz com que as flores acompanhem esse crescimento. Assim, as flores crescem muito menos e o visual da planta se torna feio.

O ideal mesmo é que apenas um pouco de fertilizante seja usado no hibisco, pois isso fará com que a planta possa dar flores mais belas. Ademais, não esqueça de dar sol ao hibisco, além de regar a planta de 2 a 3 vezes na semana, algo importante para que o hibisco cresça, embora a flor seja resistente à falta de água.

Características e Como Podar o Hibisco

Ilustração da Poda de Hibisco
Ilustração da Poda de Hibisco

O hibisco é uma planta de porte pequeno, tida como arbustiva. Esses podem chegar aos 2 metros de altura, mas também podem ficar com cerca de 60 centímetros, dependendo muito do tipo de solo no qual a planta está inserida e de como se dá o cuidado com essa planta.

O uso de fertilizantes e de outros itens também pode ajudar a fazer com que o hibisco cresça mais ou menos, mas para muitos o ideal mesmo é que a planta fique pequena para facilitar os cuidados e para fazer com que seja possível manter a flor em casa. Quanto mais sol, mais flores o hibisco dará, já que a planta é muito próxima do sol e gosta de receber energia luminosa. Quanto a podar o hibisco, é muito importante podar a planta, mas sempre seguindo um ritmo determinado.

É importante podar o hibisco após o fim da floração, incentivando a planta a dar novas flores e se manter bela. Porém, você pode tirar flores mortas e folhas sujas, além de caules podres, a cada 2 ou 3 meses, fazendo com que isso não prejudique o hibisco.

Adubação e Mudas de Hibisco

A adubação deve ser feita de forma regular, sempre que possível, para manter o hibisco sólido e forte. Porém, não exagere nesse aspecto, pois adubo em excesso pode não ser tão bom para a planta quanto você imagina.

Muda de Hibisco
Muda de Hibisco

Já quanto às mudas, é possível encontrar diversas mudas de hibisco pela internet, em sites de vendas ou até mesmo em sites de lojas especializadas na venda de flores e plantas. Para fazer uma muda de hibisco, há diferentes métodos, com alguns sendo mais efetivos do que outros. Um método muito comum, porém, é o da estaquia: retire folhas, galhos ou ramos de um hibisco já forte e plante em outro lugar. Simples assim.

Veja também

Historia da Flor Gardênia, Significado e Origem da Planta

A gardênia é uma flor que todos conhecemos. É frequentemente usado em decoração e como …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *