Home / Plantas / Begônia é Bom Para Quê? Quais São os Seus Benefícios?

Begônia é Bom Para Quê? Quais São os Seus Benefícios?

As begônias são plantas versáteis cujas folhas e flores podem ser muito bem utilizadas em diferentes propostas de decoração em salas de estar, jardins e até mesmo casamentos. Mas além disso, ter begônias em casa pode ser bom para a saúde. Saiba mais neste artigo!

Uma planta com mais de 1000 espécies catalogadas que ostenta belas cores vibrantes em suas flores e folhas pode ser uma ótima opção de decoração capaz de agradar diferentes gostos.

No entanto, para manter a planta viva e saudável, são necessários alguns cuidados desde o cultivo até a manutenção. Dessa forma, será possível usufruir por bastante tempo da beleza, dos benefícios e até mesmo do sabor da begônia!

Begônia: Características

  • Plantas ornamentais do gênero Begonia e da família Begoniaceae;
  • Seu nome é uma homenagem a Michel Begon;
  • São nativas da parte tropical do continente americano;
  • Existem várias espécies epífitas, rupícolas e terrestres.
  • Os tubérculos subterrâneos de algumas espécies permitem a sobrevivência das plantas por anos, apesar das partes externas murcharem ao fim dos ciclos anuais;
  • Os tubérculos podem ser armazenados e replantados em uma época favorável;
  • Mesmo outras espécies que não possuem tubérculo podem durar décadas;
  • A maioria das espécies se propaga por meio de rizomas;
  • As begônias podem apresentar caule aéreo herbáceo ou caule ereto e consistente;
  • As folhas possuem formato reniforme e podem vir numa grande variedade de cores com pintas e manchas;
  • As flores são pequenas em comparação às folhas e possuem brácteas;
  • Mesmo que o destaque das begônias sejam as folhas, a planta também apresenta belas flores delicadas e coloridas.
Espécies de Begônias
Espécies de Begônias

Existem tantas espécies de begônia utilizadas como decoração de simples jardins e sofisticados apartamentos que às vezes podemos nem perceber que elas pertencem ao mesmo gênero e família. As begônias estão em todo lugar e são uma das plantas favoritas dos brasileiros, desde as espécies mais chamativas até as mais discretas.

Begônia: Como Plantar

  • Para cultivar begônias corretamente, o primeiro passo é identificar a espécie para saber quais são os métodos adequados;
  • A estação do outono é a melhor para fazer o plantio por conta do clima ameno;
  • O solo a ser utilizado deve ser rico em matéria orgânica e precisa ser mantido úmido até a planta germinar;
  • Deve-se fazer uma cova e colocar a semente dentro, mas não cobri-la de terra;
  • Depois que a planta alcançar 10 centímetros, ela pode ser movida para o local desejado;
  • 4 meses após o plantio, a begônia dá sinais da primeira floração;
  • A planta precisa de solos com sistemas eficientes de drenagem;
  • Quando o plantio é feito em vasos, é recomendado colocar pedrinhas ou argila expandida no fundo para ter melhores resultados nesse sentido;
  • Para fazer mudas, corte um pedaço de um galho que está para florir e coloque em um recipiente com água;
  • Quando o galho cortado começar a criar raiz, reduza a quantidade de água no recipiente;
  • Quando a raiz atingir 4 centímetros, pode ser feito o plantio da muda em um vaso com terra e adubo;
  • Esse vaso não ser mantido sob a luz direta do sol e deve ser regado diariamente;
  • Quando a muda finalmente pegar, ela pode ser movida para o local desejado.

Begônia: Como Cuidar

  • As diferentes espécies de begônias precisam basicamente dos mesmos cuidados;
  • As plantas apreciam temperaturas amenas, luz do sol e solo úmido;
  • As folhas e flores não devem ser regadas, mas apenas o solo;
  • Folhas secas e doentes devem ser removidas para que não contaminem o solo;
  • Folhas marrons podem indicar que a planta não está recebendo água suficiente;
  • A planta deve ser adubada a cada dois meses com NPK, nitrocálcio ou torta de mamona;
  • Faça podas na estação da primavera para estimular o crescimento de brotos;
  • Recomenda-se fazer cortes diagonais tanto ao podar quanto ao fazer mudas.

Begônia: Benefícios

Muitas pessoas sofrem todos os dias com problemas respiratórios. Como se não bastassem as condições desfavoráveis do ar e do ambiente em locais de trabalho e escolas, é um grande desafio manter a casa livre de elementos que podem desencadear crises alérgicas e outros problemas de saúde capazes de afetar nosso bem-estar e produtividade.

Benefícios da Planta Begônia
Benefícios da Planta Begônia

Por isso, saber quais plantas possuem propriedades purificadoras e adicionar as mesmas à decoração de variados ambientes pode ser um remédio natural capaz de aumentar a qualidade de vida das pessoas.

Algumas espécies de begônia, como a begônia-cerosa, podem filtrar gases como o benzeno e o tolueno. Além de ser uma bela planta, ela também é uma opção acessível para promover trocas gasosas positivas para o ambiente. Esse é um aspecto importante mesmo que você more longe de grandes centros urbanos, pois todos nós estamos expostos a diferentes tipos de poluição até mesmo dentro da nossa casa.

Begônia é uma Planta Comestível?

A crença de que uma grande variedade de flores é comestível é bem comum e algumas pessoas têm o costume de colher flores e tentar extrair algum sabor delas. No entanto, devido aos altos níveis de poluição, hoje em dia pode não ser tão seguro tentar comer qualquer tipo de flor.

Por isso, tenha certeza de que aquela parte da planta, além da planta em si, é comestível. Tenha em mente que plantas provenientes de floriculturas podem estar carregadas de inseticidas e fungicidas, elementos prejudiciais que não devem ser consumidos. Não é incomum nosso corpo apresentar reações alérgicas a plantas, então essa possibilidade também deve ser considerada.

Algumas espécies de begônia, como begônia vermelha e begoninha de jardim, apresentam flores comestíveis que podem ser consumidas em saladas, mousses e geleias. Para preservar as flores colhidas para usos posteriores, é possível envolvê-las em papel toalha umedecido e colocá-las em um pote fechado dentro da geladeira por até 10 dias.

Mesmo que uma planta seja comestível, deve-se analisar o local no qual ela está plantada e a que tipo de poluentes ela está exposta como poeira, fezes e urina de animais, água suja, etc. Deve-se higienizar bem o caule, as folhas e as flores antes de ingerir qualquer planta para evitar contaminações.

Gostou do artigo? continue navegando no blog para aprender mais e compartilhe este artigo em suas redes sociais!

Veja também

Como Usar a Canela Para Emagrecer?

A canela, assim como o cravo, noz-moscada, gengibre, açafrão, pimenta-do-reino, cúrcuma e outros, é considerada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *