Home / Plantas / Azaléia, Características Morfológicas, Nome Cientifico e Diâmetro

Azaléia, Características Morfológicas, Nome Cientifico e Diâmetro

Essas plantas nada mais são do que arbustos que contam com folhagens verde-escuras, e geram sempre uma grande quantidade de flores todos os outonos, podendo estas, durarem até três meses. Entre as suas características, as azaléias pertencem à família ericaceae, formando flores perenes as quais se adaptam aos climas Mediterrâneo, Subtropical e também Temperado.

As suas folhas podem medir até 8 centímetros, e em relação às flores, podem ser dobradas ou apenas tomam a foma de pétalas comuns. em diferentes cores podendo estar presentes até o fim do inverno. Em relação à altura da planta pode chegar de quatro até seis metros, ou de nove a doze. Para o seu melhor desenvolvimento e vida, é necessário que exista a luminosidade de sol plenamente, pois seu ciclo de vida é perene e necessita desta condição para não haver a morte ou retardo do desempenho da planta.

Nome Científico

A ela, se dá o nome científico de Rhododendron Simsii, sendo também conhecida como Azaléia-Belga. As azaleias são plantas cujo desenvolvimento as transformam em flores de diferentes tons de cor de rosa, havendo também a coloração vermelha e branca. A origem destas plantas e flores é documentada inicialmente na Ásia e na China, sendo híbridas e também desenvolvidas na Holanda e na Bélgica. Essas plantas são alvos de grandes  decorações, sejam festivas ou até mesmo direcionadas ao design de interiores como casas, jardins e apartamentos.

Diâmetro das Azaléias

Estas plantas florescem em épocas como o outono, final do inverno e conseguem chegar de cinco a seis centímetros de diâmetro.De maneira geral, a altura das azaleias pode chegar em até um metro. Elas costumam tornar-se visualmente em compostos de maciços, podendo desenvolver-se como cercas vivas ou arvoretas, quando estão postas em vasos, não ultrapassam ao número de 50 cm.

Rhododendron Simsii

Curiosidades Sobre Estas Plantas

O que muitas pessoas não sabem, é que as azaléias são bastante utilizadas para a criação dos chamados bonsais, que são miniaturas de plantas cultivadas e adaptadas, sejam árvores ou arbustos. Esta técnica é um costume originalmente japonês, cujos métodos utilizados para realização desta prática, objetivam manter as características das plantas originais da sua proporção e também morfologia. Desta forma, essas plantas podem se tornar miniaturas através das técnicas de realização de bonsais, ou ainda assim, formarem cercas vivas e mais altas, a depender do gosto das pessoas que as cultivam.

Reprodução das Plantas Azaléias

Esta é uma planta assexuada, cuja multiplicação ocorre através de seus próprios ramos. Para realizar esta multiplicação, será preciso utilizar-se dos ramos mais fortes com folhas e galhos laterais, para que assim se inicie a escolha de apenas quatro folhas para permanecer no ramo, plantando-o em um local apenas com terra misturado com areia, e isso descarta a adubação antes desta fase, pois não se deve adubar estas mudas em formação ou enraizamento.

Após esta primeira fase da reprodução, ao menos uma vez ao ano a terra da planta poderá ser misturada com salitre nos locais onde as plantas estão situadas. Isto servirá como adubo e deve ser feito sempre que o tempo estiver seco, para prevenir problemas às flores. Com isso, em menos de dois meses já terá ocorrido o enraizamento da planta e então os cuidados que deverão ser tomados com a mesma será em relação a umidade, regas e podas, além da exposição de pelo menos 4 horas à luz por dia.

Com Funciona o seu Cultivo

Para atender a maneira mais prudente e correta de cultivo das azaléias, é preciso deixá-las expostas ao sol, valendo ressaltar que as mesmas também se adaptam bastante ao frio.  O solo em que elas habitam deve ser pautado em um solo composto de terra de jardim e a chamada terra vegetal, responsável por passar diversos nutrientes para as plantas que entram em contato com esta terra. Mas, ainda assim, as azaléias são bastantes adaptáveis aos solos ácidos e dessa forma não necessitam tanto de calagem, podendo ser podadas a cada fase de florescimento.

Cuidados a Serem Tomados com as Azaléias

Diante do exposto,  é preciso regar as azaléias ao menos duas vezes por semana,  ou três vezes por semana no verão. Vale ainda ressaltar que em relação ao solo que estejam presentes, deverá este estar sempre areno-argiloso, drenado e ácido, pois, como dito anteriormente, esta é uma condição específica para o desenvolvimento e crescimento da planta. Para podar estas plantas, é preciso esperar o fim do seu florescimento. Além disso, o ambiente em que elas estão habituadas precisa estar contando com o pH calculado em  até no máximo o número 6, sempre expostas a meia-sombra.

É de suma importância que no momento do plantio das azaleias o solo esteja úmido, a luz seja adequada por meias-sombras e a temperatura seja condizente com as necessidades da planta. A cada duas semanas, será necessário hidratar a mesma sem falta, pois qualquer atitude contrária a estas recomendações pode levar ao retardo do seu desenvolvimento ou até mesmo à morte  prematura da planta.

Para torná-la um bonsai, serão necessárias técnicas específicas para transformar o cultivo em uma miniatura. E ainda que seja bastante pequena, os cuidados com ela deverão ser redobrados, para que mantenha-se saudável e consequentemente dando vida com sua beleza ao local em que estiver instalado.

Contudo, esta é uma planta de fácil cultivo e os cuidados são muito semelhantes àqueles dados a qualquer outra planta. Como dito anteriormente, ela se adapta a locais internos ou externos, aos vasos ou diversos canteiros, tendo uma variedade de solos que podem ser presenteados com o seu plantio, sendo positivos ao seu crescimento sem que haja sua deterioração.

Logo, como todas as plantas existentes no mundo, os cuidados que devem ser tomados para que a vida de cada uma delas se prolongue adequadamente, devem ser direcionados à temperatura, umidade, podas, regas e também a troca de ambientes mediante seu crescimento. Havendo o respeito a estes aspectos, elas não serão prejudicadas. Assim, os ambientes em que estiverem situadas estarão sempre iluminados por sua beleza, sejam elas postas em canteiros ou em pequenos vasos ornamentalísticos!

Veja também

Flor de Mel Amarela: Características, Nome Cientifico e Fotos

Hoje durante este texto, você conhecerá uma planta incrível e que é muito procurada no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *