Home / Natureza / Quais São as Características das Rochas Metamórficas?

Quais São as Características das Rochas Metamórficas?

As rochas estão por toda parte no planeta Terra, seja na superfície, onde as pessoas podem avistá-las, ou no interior do planeta. Em todo caso, a grande verdade é que o processo de formação dessas rochas se dá sempre de maneira muito interessante. Desse modo, é possível citar uma série de questões de destaque envolvendo o surgimento das rochas, sejam elas de origem sedimentar, magmática ou metamórfica.

Portanto, as rochas variam conforme o seu modo de surgimento, que pode variar entre os três tipos citados. No caso das metamórficas, o que acontece para a sua formação é a alteração de algum fator entre temperatura e pressão. Logo, já distante do seu local de formação, esse tipo de rocha se mostra facilmente mutável quando pressão ou temperatura são alterados, o que torna o processo bastante variável.

Isso porque nem sempre é possível saber o que virá dali, já que as mudanças podem ser sutis ou, então, muito bruscas. Em todo caso, se você deseja conhecer mais a respeito das rochas metamórficas, entendendo ainda mais profundamente como se dá a formação desse tipo de rocha, além de ter acesso às suas características, veja tudo abaixo.

Origem das Rochas Metamórficas

A história das rochas metamórficas é sempre muito semelhante, já que a divisão das rochas se dá justamente pela forma como elas são produzidas. Portanto, é natural que a nomenclatura já tenha relação com o seu padrão de formação. No caso das rochas metamórficas, assim, o que acontece é que há alguma alteração de temperatura ou pressão para gerar essa rocha.

Porém, vale lembrar que, para a rocha ser considerada metamórfica, não pode haver aquecimento da mesma até a sua transformação em magma. Logo, o aquecimento que acontece é da própria rocha, não sendo capaz de fazer com que ela retorne à sua fase de magma. Pois, se isso acontecesse, o processo em questão seria de formação da rocha magmática.

Um detalhe interesse sobre as rochas metamórficas é que elas, ao realizar a sua transformação, passam a ter os minerais em forma de cristais agrupados, aparecendo muito mais facilmente do que em outros tipos de rochas. Além disso, após a fase de transformação a textura da pedra muda de forma muito considerável, algo a se ter em conta. De qualquer modo, dentre todos as formas de originar uma nova rocha, o padrão de formação das metamórficas é particularmente curioso.

Características das Rochas Metamórficas

As rochas metamórficas permanecem sólidas ao longo de todo o seu processo de formação, algo que não acontece em outros tipos de processos. Dessa forma, o mais natural é que sequer seja possível acompanhar a formação de uma rocha metamórfica, já que todo o procedimento se dá no interior da Terra, abaixo de onde os olhos humanos podem enxergar.

Como exemplos de rochas derivadas do chamado metamorfismo, é possível citar o mármore e o quartzo. Assim, embora não seja possível reunir muitas características em comum entre todas as rochas metamórficas, o mais comum é que essas pedras sofram grandes alterações em termos de alinhamento e cristalização. Porém, como cada caso de metamorfismo é diferenciado em relação ao outro, muitas das características não se repetem entre os processos de produção e os produtos finais de cada uma delas.

Em geral, as rochas metamórficas são bastante usadas para a construção civil, já que se mostram resistentes e capaz de suportar o choque mecânico. Embora as rochas magmáticas sejam ainda mais resistentes, o acesso é mais facilitado às rochas metamórficas, além de ser mais simples moldá-las de acordo com o que se deseja. Portanto, é comum ver exemplares de rochas metamórficas, como ardósia e mármore, por todo o Brasil.

Tipos de Rochas Metamórficas

As rochas metamórficas podem ser agrupadas de acordo com o seu tipo. Sim, pois nem todas as rochas de origem metamórfica são iguais, havendo diferenciações entre cada uma delas. Dessa forma, é possível citar três tipos:

Rochas Metamórficas Tipos
  • Rochas granulares;

  • Rochas xistosas;

  • Rochas gnáissicas.

As granulares são aquelas rochas metamórficas que possuem uma formação com alterações mais regionais, dadas pela temperatura e pressão de determinada região. Portanto, esse é o tipo mais particular de rocha metamórfica. Todo esse cenário faz com que as rochas sejam mais finas, o que dá o nome de granulares. Já as rochas xistosas são aquelas em que há foliação fina.

Rochas Granulares

Ademais, a rocha xistosa também costuma ter lâmina de constituição também bastante afinada. Esse tipo de rocha é bastante comum, sendo que a maior parte das rochas metamórficas famosas se enquadram nesse tipo.

Rocha Xistosa

Já as rochas gnáissicas são as que têm a gnaisse como rocha matriz. Esse tipo de rocha metamórfica costuma passar por fases muito intensa e prolongadas de metamorfismo, sofrendo enormes alterações durante todo o seu processo de transformação. Assim, é possível dizer que as rochas gnáissicas são as que mais se transformam com o tempo.

Rochas Gnáissicas

Mais Detalhes Sobre as Rochas Metamórficas

Há alguns tipos de metamorfismo diferentes que acontecem ao longo do processo de formação de uma rocha. Dessa forma, dentre eles o chamado metamorfismo regional, que é aquele em que mudanças mais regionalizadas são as responsáveis pelas alterações causadas em rochas. Esse tipo de ação acontece em grandes áreas rochosas, em geral acontecendo em razão das elevadas temperaturas que existem logo abaixo da superfície terrestre.

Ademais, há também o metamorfismo de contato, que é aquele em que o processo de produção da rocha metamórfica se dá através de uma pequena intrusão de magma no interior da rocha já existente. Assim, a partir desse contato há uma série de alterações que acontecem com as rochas metamórficas, fazendo com que esse tipo de rocha passe a ter outras propriedades.

Rochas Metamórficas

Em todo caso, o certo é que as formas de chegar a uma rocha metamórfica são muitas, a depender sempre do processo individual em questão. Isso porque não é simples transportar as características de um processo para o outro, até mesmo pela diferença de temperatura e pressão existentes em locais diferentes, agindo sobre materiais distintos. Portanto, cada nova rocha metamórfica é única e bastante distinta em relação à anterior.

Veja também

O Que São Horizontes Transicionais? Como Eles Acontecem?

O solo é importante para a realização de todo o ciclo da vida no planeta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *