Home / Natureza / Ecossistema Brasileiro – Pantanal: Clima, Chuvas, Vegetação e Ameaças

Ecossistema Brasileiro – Pantanal: Clima, Chuvas, Vegetação e Ameaças

O Brasil é um país com dimensões gigantescas, trata-se de um dos maiores países do mundo. Desta forma, possui uma enorme variedade de fauna e flora em diferentes ecossistemas.

Mas você sabe o que é um Ecossistema? O significado é o mesmo que Sistema Ecológico, ou seja, é um conjunto de interações de todos os organismos vivos entre si, junto com o meio que habitam; sendo assim, existem o meio Biótico – que possui vida, como as plantas e os animais; e o meio Abiótico – estes que não possuem vida, e são químicos e físicos, como os minerais, o ar, a água e o solo. Ocorre a transferência de energia entre estes dois meios, que resultam em características únicas para cada ecossistema.

Dentro das dimensões continentais do Brasil, estão presentes os ecossistemas: Caatinga, Mata Atlântica, Cerrado, Floresta Amazônica, Pampas e o Pantanal.

Neste artigo vamos tratar especialmente de um destes ecossistemas, o Complexo do Pantanal, ou mesmo Pantanal, como é conhecido! Um ecossistema brasileiro rico em biodiversidade, dono de uma vegetação exuberante, onde vivem inúmeros animais exóticos; mas que infelizmente vem sofrendo com ações humanas. Conheça agora este incrível ecossistema!

Pantanal – A Maior Planície Inundável do Mundo

O Pantanal é considerado o menor bioma brasileiro, com cerca de 250 km² de extensão e abrange cerca de 1,76% do território nacional; porém, o que nos chama atenção, é que este ecossistema é a maior planície inundável do mundo.

Ele localiza-se no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e ainda abrange outros países, como a Bolívia e o Paraguai; onde é conhecido como Chaco.

Devido a enorme diversidade de plantas e animais, a UNESCO considera-o um “Patrimônio Natural Mundial” e “Reserva de Biosfera”.

Podemos dividir o Pantanal em 2 principais regiões: Pantanal Norte (ou Pantanal Amazônico) e Pantanal Sul (ou Pantanal Maior).

Em determinado período do ano, devido as chuvas, ocorrem enchentes e alagamento de vastas áreas, o que faz com que o Pantanal possua sua grande diversidade de fauna e flora.

Clima e Chuvas

O clima pantaneiro é um dos principais fatores que influenciam as características deste ecossistema; é Tropical Continental ou Semi-Úmido. Onde no verão faz muito calor e chove; e o inverno é rigorosamente seco e frio.

Desta maneira, em média, chove cerca de 1.000 mm/ano. E as chuvas são algumas das principais características deste bioma. O local praticamente é intransitável por terra neste período.

Quando elas ocorrem, enchentes e alagamentos ficam presentes em vastas áreas da região, também ocorre o  transbordamento das águas do Rio Paraguai e de seus afluentes, fato que favorece muito tais alagamentos. Isso se deve por causa do relevo do Pantanal, pois é uma área extremamente plana. Além do solo arenoso presente na região.

E mesmo as chuvas não sendo tão intensas, ocorrem as enchente, pois a água demora à fluir e ocorre então um acumulo de sedimentos, estes que consequentemente fertilizam o solo.

Desta maneira, a chuva, juntamente com a planície, facilitam e favorecem a formação das baías, que são caracterizadas como lagos temporários, e muitos peixes ficam ali,  quando são levados pelas enchentes e chuvas. Estes peixes, aprisionados nos lagos temporários, são presas fáceis para os pássaros que esperam estes momentos para captura-los.

Os peixes que não são capturados pelas aves, acabam morrendo nestes lagos quando a água seca, sendo assim, tornam-se fertilizantes para o solo. Mas isso não acontece só com os peixes, acontece também com algumas plantas, que desenvolvem-se ali apenas no período chuvoso.

Ou seja, a chuva é fundamental para o sistema ecológico do Pantanal, além da biodiversidade, da fertilização do solo, move tantas e tantas vidas que habitam este incrível lugar.

Vegetação do Pantanal

Devido a localização do Complexo do Pantanal, a vegetação recebe influencias de diferentes outros biomas, tornando-a variada e única. No lado Leste, recebe influencia do Cerrado, ao Norte recebe influencia da Floresta Amazônica, ao Sul e Sudeste é influenciada pela Mata Atlântica e no lado Oeste, recebe influência do próprio Chaco boliviano e paraguaio.

Desta maneira, a vegetação do Pantanal é composta desde gramíneas e plantas rasteiras até arbustos e árvores de médio porte.

Além disso, o bioma conta com alguns rios passam por lá, todos dentro da Bacia do Rio Paraguai, e são eles: Rio Cuiabá, Rio Miranda, o Apa e o Rio de Aquidauana.

Fauna – Umas das Mais Ricas do Mundo

Este bioma, por ser tão variado e tão vasto, é constituído por uma das faunas mais ricas do mundo. Há uma grande variedade de animais que vivem por ali.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, estão presente no Pantanal cerca de  41 espécies de anfíbios, 132 espécies de mamíferos, 463 espécies de aves, 263 espécies de peixes, além de 113 espécies de répteis. Confira algumas das espécies presentes neste vasto e importante bioma brasileiro.

  • Peixes: Jaú, Piau, Piranha, Cachara, Curimbatá, Dourado, Pacu e muitos outros.
  • Répteis: Jacarés (diversas espécies), Camaleão, Cobras (inúmeras espécies), além de Jabutis e Cágados.
  • Aves: Araras, Beija-flores, Carcarás, Emas, Seriemas, Tuiuiú – este que é considerado um símbolo do Pantanal –, e muitas outras aves compõem o bioma.
  • Mamíferos: Tamanduás, Cervos, Lobo-Guará, Macacos, Onça pintada, Preguiça, entre outros.
  • Anfíbios: Rã-do-Chaco, Sapos (inúmeras espécies), Perereca-do-Brejo, entre outros.

Além de estarem presentes também inúmeras espécies de plantas, que segundo a Embrapa, já foram catalogadas cerca de 2 mil espécies. Além disso, exitem muitas comunidades quilombolas e indígenas que habitam e preservam o local há muitos anos.

Porém, esta enorme variedade de plantas e de animais sofrem diariamente com as ameças vinda das ações humanas. Confira!

Principais Ameaças

  • Agronegócio: Os grandes fazendeiros tomam cada vez mais as terras do nosso pais para si próprio, isso é um fato – só não pegam mais por que existem leis que proíbem –, sendo assim, em todo este espaço, com inúmeros animais e diversidade, nos deparamos com 10 milhões de cabeças de gado na região. Apesar de ser um forte potencial econômico, precisa entrar em equilíbrio com os outros animais que vivem ali.
  • Rodovias: O projeto de construção da transpantaneira assusta todos, pois ameaça diretamente o meio ambiente, impedindo que a água do rio chegue a determinados lugares nas épocas de cheias, elas não alcançaria alguns pontos, o que resultaria em um triste desequilíbrio ecológico.
  • Hidrovias: Outro projeto que amaça diretamente o meio ambiente é a construção da hidrovia do Paraguai, que iria de Corumbá-MS até Cáceres-MT; afetaria drasticamente o leito dos rios, e consequentemente, diminuiria as enchentes e inundações.

Preservemos nosso bem maior, toda a natureza, a fauna e a flora presente neste imenso país!

Veja também

Fluxo de Energia na Cadeia Alimentar

Você sabe o que é o fluxo de energia na cadeia alimentar? Para um ecossistema …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *