Home / Natureza / Como a Lacraia se Defende de Predadores

Como a Lacraia se Defende de Predadores

A lacraia é um animal que pode parecer asqueroso para alguns, mas que também pode ser fascinante estudar os seus principais hábitos. Uma das suas características mais impressionantes, por exemplo, é como ela se defende de predadores (lembrando que a lacraia é, ao mesmo tempo, uma exímia predadora na cadeia alimentar).

Vamos saber um pouco mais a respeito disso?

Defesa Eficaz

É bom deixar claro o seguinte: a lacraia é um tipo de animal bem voraz. Quem já teve o desprazer de ser atacado por uma, ou mesmo pra quem já viu alguma delas partindo pra cima de suas vítimas, sabe muito bem que se trata de bicho muito agressivo.

E, essa agressividade toda está concentrada em uma parte específica do seu corpo: duas presas localizadas nos cantos de sua boca. São justamente através dessas armas que elas injetam um poderoso veneno, que tanto pode ser eficaz para caçar, quanto para se defender de possíveis predadores.

Só que a defesa das lacraias não para por aí. Na parte final do seu corpo segmentado, elas possuem duas pinças que servem para agarram a sua vítima enquanto ela desfere o ataque com sua peçonha. Inclusive, quando se sente ameaçada, ela inclina a parte de trás do seu corpo (mais ou menos como os escorpiões fazem) para que isso sirva como uma espécie de alerta.

Principais Predadores

Com um modo de defesa tão eficiente, não é de admirar que a lacraia não possua muitos predadores naturais. Afinal, poucos animais saem imunes de seu veneno. Mesmo assim, acredite: existem alguns predadores que se arriscam a ter as lacraias em seu cardápio.

Alguns desses predadores são pássaros. Como eles abocanham as suas presas em pleno voo, e possuem um bico bem forte, muitos pegam as lacraias e as sacodem no chão, o que facilita o trabalho de devorá-las. Outros animais que se alimentam delas são roedores e algumas espécies de micos.

Ao mesmo tempo, as lacraias são predadores naturais de muitos outros animais na natureza, como, por exemplo, insetos, camundongos, lagartos e serpentes. Inclusive, é através de seu apetite devastador que elas desempenham um papel importante no equilíbrio da cadeia alimentar, controlando as populações de algumas pragas por aí.

Perigo ao ser Humano

Quem já sofreu uma picada de lacraia, sabe muito bem a dor que ela causa. Porém, a despeito da dor intensa, o veneno desse animal não oferece risco de morte para uma pessoa, salvo raríssimas exceções (alergia ao veneno, ou simplesmente ataques ocorridos a crianças muito pequenas).

Porém, a maioria das histórias aterrorizantes envolvendo as lacraias não passam de lendas. Existe uma, inclusive, que circula nos EUA, e que diz que esses animais entram no ouvido nas pessoas enquanto elas dormem (credo!).

Mas, não se preocupem, pois não há relatos verídicos no Brasil de que as lacraias sejam responsáveis por óbitos em massa de seres humanos. O que é certo mesmo é que a picada desse bicho é uma das mais dolorosas do reino animal, fazendo a pessoa ter vontade de amputar o próprio membro atingido de tanta dor.

Homem Com Lacraia Gigante na Mão
Homem Com Lacraia Gigante na Mão

Além da dor forte, o local da picada fica inchado, criando um edema. Outros sintomas são: febre, calafrios, tremores e suores. Sintomas, esses, que passam com o decorrer das horas. Mas, cuidado: nesse momento, não faça a ingestão de nenhuma bebida alcoólica, pois isso pode ocasionar uma grave infecção.

Evitando Ataques

As lacraias, via de regra, são animais noturnos, saindo à noite especificamente para caçar. E é justamente aí que mora o perigo, pois, durante esse período do dia, estamos mais relaxados ou desatentos, o que facilita os ataques.

Esses bichos, como qualquer outro animal selvagem, mesmo que demonstrem grande agressividade, só partem pra cima de suas vítimas por dois motivos: para se defender, ou para se alimentar. Portanto, se esse animal ataca uma pessoa é porque se sente ameaçado, e a melhor maneira de evitar acidentes é impedir que as lacraias façam morada em sua casa.

Uma das maneiras de se evitar isso é usar e abusar da limpeza em sua residência. Como as lacraias adoram locais com muita umidade, evite que certos locais fiquem sujos e acumulados de lixo e tralhas em geral, como garagens, sótãos, quintais, depósitos, entre outros lugares. Entulhos de todo tipo como tijolos ou telhas também são ótimas moradas para esses bichos.

Uma dica muito útil é que se for manusear materiais de construção (ou quaisquer outros materiais) use sempre luvas de raspas de couro, e calçados bem fechados. E, falando em calçados, quando for usá-los, cuidado para não ter “surpresas desagradáveis” dentro de um sapato, por exemplo. Ou seja, sempre verifique se não tem nenhum bicho dentro de seus calçados.

Também não dê espaço para esse animal ficar em sua casa, como em frestas, soleiras, ou coisas do tipo. Tente lacrar esses pequenos espaços o máximo que puder.

Importância das Lacraias

Por mais que não queiramos admitir, animais como as lacraias possuem o seu grau de importância no reino animal. Um desses fatores é que esses seres são predadores de outros animais, ou seja, controladores populacionais de outras espécies. Sem as lacraias é certo dizer que muitas pragas iriam se proliferar, incluindo insetos que podem matar plantações inteiras.

No campo da ciência, muito tem se descoberto em relação ao veneno das lacraias. Cientistas constataram, por exemplo, que a peçonha desse animal pode ter um efeito tão ou mais potente que a morfina. Também foram descobertas algumas propriedades em seu veneno que podem ajudar a aliviar dores intensas (o que seria uma grande “ironia”, diga-se).

Lacraia em Cativeiro
Lacraia em Cativeiro

A verdade é que a lacraia é fundamental para a manutenção da cadeia alimentar, assim como tantos outros animais. Por isso, caso veja uma, tente não matá-la, e sim, colocá-la num ambiente mais propício, como uma mata, ou coisa do tipo.

E, então, gostaram das informações? Um animal bem curioso a lacraia, não acham? Mesmo se defendendo de maneira tão voraz, ainda consegue contribuir para a natureza de alguma forma. O que só comprova que todo e qualquer ser vivo é importante (até aqueles que temos repulsa).

Veja também

Camelo Australiano: Características, Nome Cientifico, Extinção e fotos

Você sabia que a Austrália possui um grupo de imigrantes que estão no país desde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *