Home / Animais / Suricato: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

Suricato: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

Existem poucos animais na Terra que são tão interessantes vivendo em grupos quanto o suricato. Esse serzinho, que tem o peso de um esquilo, é da família dos mangustos.

Eles vivem em grupos de até 40 membros. Assim, todos na família participam da coleta de alimentos, monitorando predadores e cuidando de bebês.

Legal, não? Quer aprender um pouco mais sobre ele? Basta ler o artigo até o final.

Características Físicas do Suricato

Os suricatos são mamíferos pequenos que têm um corpo alongado e fino. Sua cauda se mostra longa e leve, terminando em uma ponta preta. Às vezes essa ponta é capaz de dobrar o comprimento do corpo do animal.

Quanto à sua coloração, podem ser encontrados em tons arenosos e marrom claro. Também são vistos com:

  • Um padrão de listras mais escuras na coluna vertebral;
  • Marcas nas laterais que mudam de acordo com o indivíduo;
  • Rostos e dorsos mais claros que o resto do corpo.

O suricato tem um focinho longo com nariz preto e faixas pretas ao redor dos olhos. Nas patas dianteiras, ele possui garras curvas alongadas e afiadas, que podem crescer até 2 cm de comprimento. Essas garras são usadas para cavar tocas, além de capturar pequenos animais que se escondem dentro da terra.

Suricato Características

O pelo foi adaptado para se proteger das condições extremas do deserto. Isso o ajuda a se manter fresco quando está mais quente, mas também atua como uma camada isolante para mantê-lo quente durante as noites frias de inverno.

Essa espécie pode viver cerca de 10 anos em liberdade, embora em cativeiro possam viver muito mais tempo.

Comportamento do Animal

O suricato é um animal muito sociável e vive em grupos entre 10 a 40 exemplares organizados por territórios. Se na região onde vivem a comida é abundante, os grupos podem ser muito maiores. Geralmente são compostos por três ou quatro unidades familiares de um par de machos e fêmeas, com seus filhotes.

De manhã, eles passam o tempo vigiando a toca, procurando comida ou cuidando dos jovens. Durante o guarda, os suricatos permanecem na posição vertical usando as pernas traseiras e a cauda. Dessa forma, eles podem ter um bom ponto de vista para monitorar os predadores que se aproximam.

Quando uma “ameaça” chega perto, eles emitem uma série de alarmes para alertar o resto do grupo sobre o perigo. Isso faz com que o bando escape para sua toca, onde permanecerão seguros.

Para alertar o grupo sobre os perigos, eles têm várias maneiras de se comunicar. Usam uivos longos para quando um pássaro se aproxima ou usam sinais duplos curtos para atentar sobre um predador terrestre.

Eles estabelecem territórios que cobrem uma área grande o suficiente para fornecer tudo o que precisam para sobreviver. O território é estabelecido em áreas onde predomina areia dura e macia.

Esses animais preferem esse tipo de areia, pois é mais fácil cavar do que o totalmente duro. Isso porque, no deserto, eles não podem gastar energia desnecessária.

Habitat do Suricato

O suricato habita os bosques secos e hostis do deserto de Kalahari. As condições deste deserto são extremas, já que as temperaturas podem chegar a 40º C no verão. A areia alcança a marca de 70º C.

Já durante as duras noites de inverno, as temperaturas caem abaixo de zero a -10º. A precipitação anual é muito baixa, com uma quantidade pequena e rara que cai entre janeiro e abril. É nesse ponto que o deserto de Kalahari é transformado em uma região com vegetação e condições de sobrevivência para a espécie até o verão chegar.

Suricato em seu Habitat

Este animal pode ser visto no sul e oeste da África. A sua presença abrange cinco países diferentes na África Austral, da Angola à África do Sul. Nesta região vasta e árida, ele procura comida durante o dia e se retira para suas imensas tocas na areia à noite.

A Alimentação

O suricato é um animal carnívoro que se alimenta de animais menores que ele. Por ter um grande senso de olfato, o usa para rastrear presas potenciais à espreita logo abaixo da superfície da areia. Uma vez detectadas, esse animal usa as garras afiadas e alongadas para desenterra-las.

A maior parte de sua dieta é composta de insetos e pequenos invertebrados, embora também comam animais maiores, como lagartos e roedores.

Por serem pequenos, os suricatos tiveram que se adaptar a um ambiente hostil que exige muita energia. Para obtê-la, eles devem gastar grande parte do tempo procurando comida e garantir que tenham o suficiente para todos os dias. Isso porque perdem cerca de 5% do peso corporal durante a noite.

Seus Predadores

Os suricatos, por serem tão pequenos, são presas naturais de muitas espécies encontradas no ar e no solo. A maior ameaça são os pássaros, como os falcões e as águias. Estes podem vê-los a quilômetros do ar.

No chão, são presas de cobra. Para se proteger, ficam agrupados e garantem que sempre haja um guarda para avisar o resto do bando quando houver perigo.

Reprodução dos Suricatos

Dentro de um bando, o suricato faz vários pares reprodutores, mas a hierarquia social estrita geralmente é dominada por um único casal que será o que se reproduz.

A estação de acasalamento começa no início do verão. O período de gestação dura cerca de 11 semanas, portanto, a maioria dos suricatos costumam nascer no mês de novembro. A ninhada geralmente tem de 2 a 5 filhotes que nascem cegos e sem toda a camada de pele.

Filhotes de Suricatos

Ao contrário de outras espécies de mamíferos, ambos os pais cuidam de seus filhotes. Fazem isso juntamente com outros machos e irmãos que os ensinarão a adquirir as habilidades necessárias para sobreviver no deserto.

Enquanto uma parte do bando procura comida, os filhotes não saem da toca. Passam um tempo brincando na areia quente enquanto são observados por uma “babá”.

Curiosidades Acerca do Suricato

  • Os suricatos são animais de vida curta. Eles mal atingem de 10 a 14 anos, embora alguns ultrapassem esse tempo;
  • O peso de um exemplar macho pode chegar a mais de 730 gramas. Já as fêmeas pesam cerca de 720 gramas;
  • Esses pequenos animais têm uma visão ruim a curta distância. No entanto, a longa distância, seus poderes visuais são muito nítidos.

Gostou de conhecer o suricato? Ele é um animal bem peculiar e certamente é um dos que mais se dão melhor em grupos, como os seres humanos.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *