Home / Animais / Suricato Come Escorpião? Aranha? Rato? Baratas?

Suricato Come Escorpião? Aranha? Rato? Baratas?

Eu considero o Suricato um dos animais mais engraçados do reino animal, aquele jeitinho dele de ficar em pé observando o que ocorre a sua volta mais parece que ele está afim de descobrir um acontecimento que lhe renda uma boa fofoca!

Este animal é bastante astuto, por isso vou lhe pedir para que não faça nenhum barulho e faça o mínimo de movimento possível se quiser me acompanhar nesta interessante matéria, o que acha de conhecer mais este animal carismático e inteligente? Se estiver afim de aumentar seus conhecer sobre o mundo animal é só permanecer aqui comigo!

Algumas Curiosidades Sobre O Suricato

Este pequeno animalzinho é um ótimo escavador, com suas garras super afiadas ele consegue cavar buracos que podem se tornar boas rotas de fuga ou então um local para que ele espere a poeira abaixar se é que você me entende, pois o mundo selvagem não é nada fácil.

Sabia que quando o Suricato fica em pé com aquele jeitinho foto que encanta todo mundo ele o faz apoiando a sua cauda também, ele a usa como se fosse um apoio a mais, assim ele não perde a fofoca que estiver rolando a sua volta e também não cai.

Nosso interessante Suricato vive em colônias meio que lotadas, até porque ter 40 indivíduos dividindo um mesmo espaço deve ser uma coisa bem turbulenta, já imaginou toda essa galera bem aí na sua casa?

O Suricato é um carinha esperto, ele não fica por aí no meio da noite dando bobeira, por isso, prefere andar somente durante o dia caçando e vagando, chegada a noite ele entra para a sua casa e fica por lá bem quieto, pois um mínimo barulho já é o suficiente para chamar a atenção de predadores.

Talvez você deve estar se perguntando como pode 40 indivíduos dividirem o mesmo espaço, mas saiba que o Suricato é um animal que vive em buracos, o sujeito é esperto, consegue construir tuneis bem complexos e dentro dele toda aquela galera que eu havia lhe falado permanece neste espaço subterrâneo.

Não pense que o mundo dos animais é bagunçado e desordeiro, nele há regras assim como também ocorre com o nosso, os Suricatos quando estão em suas colônias dividem funções: uns cuidam da segurança e outros da comida, ninguém fica a toa olhando para o nada, todos trabalham cooperando para o desenvolvimento da colônia.

Em relação aos filhotes ocorre algo bem interessante na colônia de Suricatos, enquanto as mães tiram um tempo para se alimentarem os machos ficam de olhos bem abertos quanto aos filhotes, isso é uma característica bastante importante para afirmar o fato de que estes animais são bastante organizados.

As colônias dos Suricatos são como as republicas universitárias, ou talvez funcione melhor do que elas!

Colônia de Suricatos
Colônia de Suricatos

Um Suricato é capaz de identificar vozes, isso significa que ao ouvir determinado som ele consegue saber do que se trata, talvez essa habilidade seja um mecanismo de defesa desenvolvido por ele para sobreviver no complicado e perigoso mundo dos animais.

Entender a linguagem dos animais já é algo impossível, imagine ainda tentar compreender uma espécie que possui uma comunicação própria, é assim que é o nosso famoso Suricato, sua língua é própria para que apenas eles mesmos se entendam.

O povo da Colônia de Suricatos são uma espécie de nômades, quando acham um bom lugar com bastante recursos eles se instalam e ficam por lá, mas ao perceberem que a comida começou a ficar meio escassa, eles logo começam a procurar por novos rumos.

Lembra de quando lhe falei que o Suricato possui a habilidade de reconhecer vozes? Então, ele também consegue emitir sons únicos que podem significar a aproximação de diversos predadores diferentes!

Suricatos Comem Escorpiões, Aranhas e Outros Bichos?

Suricato Comendo Escorpião
Suricato Comendo Escorpião

Quando você olha para um Suricato não consegue enxerga-lo da mesma forma como ocorre se estivesse vendo um Leão, Onça ou qualquer outro animal com fama de caçador, mas fique sabendo que o Suricato caça muitos animais bastante perigosos.

Você por acaso tem medo de escorpiões? Bom, nosso Suricato não tem nenhum pouco, inclusive se ele ver um vai logo querer comê-lo, o escorpião que se cuide pois se ele ficar na reta do nosso amigo com certeza irá se dar muito mal!

Não adianta o senhor Escorpião usar a sua velha arma de veneno, o Suricato é totalmente imune a ela, o veneno não causará dano algum ao animal.

Sabe aquelas aranhas enormes que você talvez morre de medo mesmo que nunca tenha visto? Está aí mais um animal que o Suricato coloca para correr rapidamente e sem fazer um mínimo de esforço, isso se ele ainda não comer o bicho!

O veneno da aranha também não possui um potencial mortal para o Suricato, portanto, ela é mais uma que compõe o cardápio deste impressionante animal!

Quem é que não treme diante de uma cobra? Este réptil é super poderoso e ameaçador, mas me parece que o Suricato não liga muito para ela não, ou melhor dizendo, ele liga sim e adora muito comer este bicho!

E aí amigo(a), o que achou do Suricatos? Confesso que aprendo juntamente com você, pois existem muitas coisas que não sei a respeito do mundo dos animais!

Só lembrando que o Suricato é um animal que só existe lá nas terras africanas, elas são bem longínquas mas quem sabe um dia você não consegue chegar lá!

Bom, tudo o que posso fazer é lhe agradecer pela sua presença até este site que tanto se preocupa em lhe trazer conteúdos inéditos e altamente relevantes. Fique sempre conectado conosco porque constantemente estamos trazendo matérias novíssimas e muito legais para agregarem ao seu conhecimento!

Lembre-se de que o mundo ecologia é sem dúvidas o melhor site quando o assunto é a fauna e flora brasileira e também internacional, aqui os conteúdos são originais e não apenas copiados de outros sites como alguns endereços online andam fazendo, propagando seus materiais sem se importar com a qualidade deles!

Tchauzinho e até a próxima!

Veja também

Macaco na Natureza

Ciclo de Vida do Macaco: Quantos Anos Elas Vivem?

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre os macacos, para começar podemos citar a origem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *