Home / Animais / Raça de Cavalo Crioulo: Características, História, Origem e Fotos

Raça de Cavalo Crioulo: Características, História, Origem e Fotos

Os cavalos sempre foram fiéis aliados das pessoas, seja para a realização dos serviços rurais, para o transporte, para a domesticação ou mesmo para o uso no esporte.

Dessa forma, é bastante natural que muitas pessoas se interessem pelas diversas raças de cavalos que podem existir no mundo, querendo saber cada vez mais a respeito do modo de vida, das características, da alimentação e da forma como determinadas raças interagem com os seres-humanos.

Logo, foi bastante natural também que, com o tempo, algumas raças fossem sendo mais cultuadas pelo homem do que outras, algo completamente explicável. Isso porque, como nem todos os cavalos são iguais, a realização de algumas tarefas exige cavalos mais adaptados a elas, não sendo esse um sinal de que o cavalo é necessariamente bom ou ruim.

Isso apenas significa que determinados cavalos são mais apropriados para determinadas tarefas.

Ademais, com a proximidade que se criou entre algumas raças e as pessoas, é natural que a história de alguns cavalos fosse sendo cada vez mais cultuadas entre determinadas sociedades pelo mundo. Não é diferente no Brasil, onde os cavalos sempre foram muito utilizados, fazendo com que esse animal tenha sido sempre parte da história nacional brasileira.

Assim, poderiam ser usados diversos exemplos para mostrar a relação entre os brasileiros e os cavalos, mas um em especial é capaz de chamar a atenção pela extrema proximidade que se criou entre os habitantes daquela região e a raça de cavalo.

Cavalo Crioulo Características

É assim que acontece, portanto, com os gaúchos e o cavalo crioulo. Animal extremamente forte e, ao mesmo tempo, relativamente fácil de domar, o crioulo oferece muitas possibilidades ao montador, que pode utilizá-lo para diversos fins. Portanto, é bastante normal que se veja nos campos gaúchos um homem montado sobre um exemplar do cavalo crioulo.

Origem Histórica do Cavalo Crioulo

Poucos animais têm a sua história de origem tão bem contada e tão presente na cultura popular como o cavalo crioulo, que possui até mesmo organizações nacionais visando a troca de informações entre os criadores de crioulos. Assim, o cavalo crioulo tem origem na região da Andaluzia, na Espanha.

A raça de cavalo chegou ao continente sul-americano, portanto, pelas mãos dos espanhóis, que viam no novo continente conquistado a necessidade da existência de cavalos fortes e preparados para auxiliar a manutenção do território vasto.

Assim, já no século XVI o cavalo crioulo chegou à América do Sul, se popularizando rapidamente entre as localidades que hoje são a Argentina, o Paraguai, o Chile, o Peru e, como não poderia deixar de ser, a região Sul do Brasil. Portanto, em decorrência de fugas ou batalhas nas quais os cavalos precisavam ser liberados, muitos desses animais foram formando manadas, vivendo livres por bosques e, com o tempo, se tornaram animais selvagens.

Contudo, já em meados do século XIV, os proprietários de fazendas da região Sul brasileira e também de outros países passaram a notar as qualidades que aqueles cavalos que viviam soltos na natureza possuíam.

Assim, logo foi possível notar como os cavalos crioulos poderiam ser úteis para eles. A partir desse momento, o cavalo crioulo passou a ser preservado pelas pessoas e começou a se tornar cada vez mais importante para grandes fazendas. Com o tempo, também foi possível notar que as características do cavalo crioulo não eram positivas apenas visualmente, mas também biologicamente.

Isso porque, após testes com o cavalo, foi possível perceber que o crioulo possuía detalhes genéticos que o tornava extremamente forte e resistente, muito mais que outros cavalos de outras raças. Logo, com o tempo um cavalo tido como selvagem passou a ser visto como uma das raças mais puras e mais fortes do Brasil.

Associação de Criadores de Cavalos Crioulos

Se a história do cavalo crioulo foi muito contraditória, com reviravoltas desde que era um cavalo importante na Espanha, passando pelo período de vida selvagem na América do Sul e depois voltando a ser fundamental para a vida dos camponeses dos países sul-americanos, há ainda outros fatos curiosos sobre os crioulos.

O mais curioso deles é, sem dúvidas, o fato de o cavalo crioulo possuir uma associação criada em torno dele.

Isso porque, desde 1932, existe a ABCCC (Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos), uma associação voltada exclusivamente para o debate de assuntos relacionados ao cavalo crioulo, como a forma de alimentação que melhor serve ao cavalo e alguns outros temas que podem ser muito úteis para que o crioulo seja cada vez mais bem utilizados pelos seus donos.

Dessa forma, os crioulos e todos os itens relacionados a esse cavalo movimentam, por ano, mais de 1 bilhão de reais. Esse número pode ser explicado pelo fato de existirem cerca de 300 mil crioulos espalhados por todo o Brasil, sendo muitos deles no Rio Grande do Sul. Ademais, os criadores desse tipo de cavalo costumam ser muito criteriosos no momento de realizar compras para o animal.

Características do Cavalo Crioulo

O cavalo criou é tido como um cavalo forte e resistente, que apresenta altura média de 1,40 metros; além disso, o cavalo crioulo ainda pesa entre 400 e 450 quilos quando bem alimentado e em fase adulta.

O estilo de ser do cavalo crioulo é descrito como tranquilo, embora no passado o animal tenha sido um cavalo selvagem. Portanto, é possível notar que, em momentos, o crioulo pode ser arisco e ágil, fugindo do dono nos primeiros momentos de contato.

Cavalo Crioulo

Por fim, o crioulo pode ser usado para diversos fins e pode ser encontrado com diversos tons de pele. Contudo, esteja atento, pois não existem crioulos albinos.

Como Usar o Cavalo Crioulo

O cavalo crioulo é ideal para o trabalho com gado e para a montaria à passeio, podendo ser usado por longas distâncias sem apresentar maiores problemas. Dessa forma, é muito comum que o crioulo seja usado para esses objetivos mais comumente.

Contudo, o cavalo crioulo também serve muito bem quando precisa ser usado para provas esportivas, se destacando pela força e capacidade de resistência. Assim, o cavalo tem sido muito utilizado nos últimos anos com o objetivo esportivo, vencendo inúmeros prêmios no Brasil e no mundo.

Veja também

Ficha Técnica do Bull Terrier: Peso, Altura e Tamanho

O Bull Terrier é um cão único, graças à sua cabeça “ovo”. Alegre, fidedigno, e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *