Home / Animais / Que Tipo de Alimentação Humana Posso Dar Para o Cachorro?

Que Tipo de Alimentação Humana Posso Dar Para o Cachorro?

Os cachorros são muito importantes para as pessoas. Assim, é muito natural que o dono queira oferecer sempre o melhor para o seu cão. Porém, pela falta de conhecimento, também é comum que as pessoas sejam capazes de cometer alguns erros na forma de tratar o cachorrinho de estimação.

Isso é muito comum, por exemplo, quando se trata da alimentação do animal. Afinal, cães podem comer alimentos destinados a humanos? A verdade é que isso depende, pois algumas comidas feitas para as pessoas podem até fazer bem para os cachorros. Todavia, há outros tipos de alimentos que não caem nada bem para o animal e, assim, não devem ser oferecidos aos cachorros.

O grande problema é que muitos não sabem exatamente o que podem ou não dar os cães, algo que pode criar muitas confusões e prejudicar a saúde do animal. O mais recomendado é que você saiba quais alimentos humanos pode dar ao cão, de maneira a minimizar os riscos de cometer algum erro. Assim, veja abaixo os principais alimentos de humanos que podem ser indicados também cachorros e descubra o que o seu cãozinho pode ou não comer.

Carne e Frutas

Os cachorros costumam gostar muito da comida humana, já que o tempero também agrada a esses animais. Todavia, é importante entender como certos alimentos interagem com o seu cão, pois a comida errada pode criar uma série de problemas de saúde para o cachorro. Assim, saiba que as carnes costumam ser boas opções para o animal, sobretudo quando mais ricas em proteínas.

Esse é o caso do frango ou do atum, por exemplo, capazes de ajudar o seu animal de estimação a ganhar força e resistência para o dia a dia. Ademais, os peixes em geral também são boas opções, já que possuem ainda ômega-3 e, por vezes, ômega-6 em grande quantidade. Além disso, as frutas costumam ser belas alternativas para os cachorros.

Carne e Frutas Para o Cachorro

É possível oferecer ao seu dog alimentos como morango, banana, pera, kiwi, goiaba e laranja. O mais natural é que os animais queiram comer essas frutas, mas pode acontecer de o cachorro não gostar muito em um primeiro momento. Nesse caso, o indicado é induzir o animal a colocar o alimento em sua boca. Caso o cão realmente não queira, a partir desse momento não haverá muito mais o que fazer, mas ao menos você já saberá melhor o que não oferecer a ele.

O Poder das Fibras

É muito importante saber quais alimentos mais podem ajudar o seu animal de estimação a ganhar força e ter uma dieta saudável. Nesse sentido, saiba que as fibras são muito recomendadas para o cachorro, pois fazem com que o cão possa ter o seu organismo funcionando de forma mais natural e contínua.

Além disso, as fibras são importantes para que o cachorro possa emagrecer; isso quando acima do peso. Alimentos ricos em fibras incluem cenouras, couve, brócolis e aspargos. Talvez você não saiba ao certo como introduzir esse tipo de comida na rotina alimentar do animal, mas saiba que, aos poucos, é possível fazer com que o seu cachorro coma melhor.

Uma dica é colocar os alimentos mais saudáveis misturados a carnes ou outras comidas saborosas. Vale lembrar que os cães costumam comer melhor quando o dono está por perto, já que o animal se sente mais encorajado a comer. Tente fazer carinho no seu cachorro enquanto ele come os alimentos saudáveis, mostrando que o movimento é positivo. Além disso, você pode dar um petisco a cada vez que o dog comer frutas ou verduras, incentivando-o a seguir assim.

Problemas Com Alergias

Conhecer o seu animal de estimação é, acima de tudo, a sua obrigação. Logo, você deve procurar entender o que pode fazer mal ao cachorro e quais alimentos devem ser evitados. É provável que você apenas veja isso com a prática e com o tempo, pois poderá ver a reação do animal após consumir cada tipo de comida.

Vale lembrar que é muito comum que cachorros tenham reações alérgicas após a ingestão de determinados alimentos, por exemplo. Um grande exemplo disso é o chocolate, que tende a atacar a alergia em cães mais propensos. Portanto, o animal pode começar a se coçar, tendo reações na pele e até mesmo picos de pressão. Porém, embora o chocolate não seja recomendado para nenhum cão, há alimentos que geram problemas apenas em certos cachorros.

Alergias Cachorro

Esses são os mais complicados de localizar, pois é provável que apenas o seu animal e mais alguns poucos sofram com o tipo de alergia em especial. Dessa forma, ao oferecer frutas, verduras ou carnes ao animal, tente ver como ele reage logo após comer. Monitore o cachorro pode algumas horas, se possível. Dessa maneira você será capaz de entender como o animal interage com cada grupo de alimentos.

Arroz, Abóbora, Melão e Amendoim

Os cachorros tendem a pedir os alimentos mais cheirosos para as pessoas, já que o olfato desses animais é muito apurado. Assim, é natural que o cão peça algo para comer quando você estiver almoçando, por exemplo. Em geral, nesse momento as pessoas oferecem um pedaço de carne.

Mas que tal fazer diferente e dar um pouco de arroz? É isso mesmo, o arroz pode ser muito bom para a saúde do cachorro, desde que o animal não exagere na dose. Além disso, a abóbora é outra excelente alternativa para os animais que pedem por comida no momento das refeições. Dê um pouco de abóbora ao seu cão, em um pedaço pequeno, e deixe que o animal experimente.

Ademais, o melão costuma ser muito bem aceito pelos cachorros, fazendo muito bem à saúde. Nesse caso, o mais indicado é cortar a fruta em pequenas partes, facilitando a ingestão por parte do cachorro. Por fim, vale dizer ainda que o amendoim pode acelerar o metabolismo do seu cachorro e fazer até mesmo com que o animal perca peso de maneira mais rápida. O amendoim pode ser dado de forma natural, torrado, moído ou em pasta ao cachorro, sem causar prejuízos ao animal.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *