Home / Animais / Quantos Volts Têm o Choque de Uma Enguia?

Quantos Volts Têm o Choque de Uma Enguia?

Os animais marinhos podem ser muito interessantes e complexos, apresentando muitos detalhes que merecem análise mais aprofundada. De toda forma, em geral as pessoas costumam não entender muito sobre esses animais, seja pelo fato de estarem distantes o campo visual humano ou pelo simples fato de que é mais complicado ter acesso a eles. Em todo caso, o certo é que os animais desse tipo possuem uma série de aspectos curiosos, sendo alguns deles muito perigosos para as pessoas.

Não à toa, no passado os navegantes possuíam muitos medos em relação ao mar, alguns infundados e outros extremamente verdadeiros. Entre os perigos do oceano, portanto, está a enguia, um tipo animal que pode oferecer descargas elétricas em grande escala. Assim, com a oferta dessas descargas em um ambiente condutor como a água, o que se tem é um cenário terrível para quem quer que sofra com esse tipo de problema.

Se você já levou algum choque em uma tomada elétrica, saiba que o poder da enguia é muito mais forte que o de uma tomada. Portanto, naturalmente, um animal desse tipo pode matar de maneira muito rápida e, em questão de segundos, simplesmente acabar com a vida de uma pessoa. Porém, você já parou para pensar em quantos volts têm um choque de enguia? Não? Então aproveite a leitura e descubra.

Quantos Volts Têm o Choque da Enguia?

A enguia está entre os animais mais poderosos de todo o oceano, já que possui, em um ambiente tão condutor quanto a água, a incrível arma de dar descargas elétricas. Assim, um ataque de enguia pode ser fatal.

Contudo, o que muitos não sabem é o quanto esse ataque pode ser perigoso, já que muitas pessoas apenas acreditam em algo quando podem analisar os números para tecer comparações. No caso da enguia, um ataque desse animal é capaz de movimentar cerca de 40 a 50 miliAmperes. Esse valor, apenas para efeito de comparação, é cinco vezes maior do aquele necessário para retirar o braço de uma pessoa.

Em termos de voltagem, que é diferente de corrente elétrica, os especialistas costumam colocar os números na casa dos 600 volts, o que é muito mais do que o suficiente para deixar uma pessoa inconsciente, causando, em geral, a morte no mesmo momento do ataque.

Além disso, outro ponto importante é que a água é um ótimo meio para condução de corrente elétrica, o que faz com que o poder do ataque seja ainda maior. Caso o ataque fosse realizado em um meio que dificultasse a passagem de corrente elétrica, por exemplo, é provável que osa efeitos fossem muito menores para a pessoa.

A Nova Velha Enguia, Ainda Mais Poderosa

Segundo a revista Nature Communications, há uma “nova velha” espécie de enguia, que ainda não era considerada tão forte assim e que pode oferecer ainda mais força em um único ataque do que jamais foi visto. Esse animal teria a capacidade, assim, de descarregar cerca de 800 a 860 volts de energia em um único ataque, algo incrível e que mataria uma pessoa adulta no mesmo momento.

Nature Communications
Nature Communications

O estudo considerou muitas espécies de enguias de todo o mundo, tendo estudado mais de 100 espécies, o que oferece um espaço amostral muito interessante. Em todo caso, o certo é que, segundo a pesquisa, há enguias que podem ser simplesmente mortais para as pessoas de todo o mundo, criando muitos problemas para quem quer que esteja em seu caminho.

Para que seja possível ter uma ideia, as armas de choque usadas pelas forças de segurança nos Estados Unidos chegam a 1200 volts, sendo que a enguia pode chegar a quase 900 volts. Dessa forma, um ataque de enguia já pode ser comparado ao uso de armas de choque.

Características da Enguia

A enguia está entre os animais mais temidos de todo o oceano, causando profundo temor em quem pode, um dia, cruzar com elas. Porém, é preciso ter em mente que a enguia não ataca as pessoas dessa forma, preferindo evitar o conflito na grande maioria das vezes. Na realidade, o mais comum é que esse animal apenas faça algum ataque às pessoas quando se sentir ameaçado de alguma maneira.

Assim, há espécies de enguias que podem viver no mar e outras capazes de viver em rios. Um detalhe curioso é que aquelas de água doce costumam ser mais perigosas do que as enguias do oceano, sendo a Floresta Amazônica um grande lar para as enguias.

Podendo ter entre 0,7 metro e 2 metros de comprimento, uma enguia pode ter, além da força quanto às descargas elétricas, também muita força mecânica. Dessa maneira, um ataque de enguia contra outros animais costuma ser simplesmente fatal. Além disso, a pele da enguia é coberta por uma secreção, o que facilita o seu deslizar por todo o ambiente, seja marinho ou de água doce.

Mais Informações Sobre as Enguias

A enguia pode fazer viagens de até 4 mil quilômetros apenas para desovar no oceano, já que essas desovas não costumam acontecer em locais próximos à costa. Assim, quando no local, o animal verifica se o ambiente oferece as características necessárias para a realização da sua fase de desova. No caso, o ambiente precisa ter até 500 metros de profundidade e cerca de 15 graus Celsius de temperatura, além de não poder ser muito movimentado.

Enguia no Fundo do Mar
Enguia no Fundo do Mar

Esses ovos costumam eclodir apenas alguns dias depois de deixados lá pelas fêmeas, dano origem a uma nova enguia. Muitas vezes, as enguias deixadas no oceano voltam para os rios ou canais de água doce logo depois de nascerem, agindo exclusivamente por instinto. Algo bastante interessante é que o fator determinante para definir o sexo da enguia, se será macho ou fêmea, é a salinidade da água.

Portanto, a depender do grau de salinidade da água do mar, a nova enguia pode ser fêmea ou macho. Ademais, a enguia pode se alimentar de pequenos peixes, de crustáceos, moluscos, vermes e insetos para se manter forte e saudável ao longo do tempo. Porém, o mais comum é que o animal evite comer outros animais, optando muitas vezes por consumir algas, por exemplo.

Veja também

Comportamento do Marisco, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Por definição, mariscos ou frutos do mar seriam algumas espécies de moluscos ou crustáceos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *