Home / Animais / Qual O Efeito Do Veneno De Rato? Ele Faz Mal Para O Homem?

Qual O Efeito Do Veneno De Rato? Ele Faz Mal Para O Homem?

Certamente, um dos animais urbanos que mais podem causar doenças no homem são os ratos. Pode ser através de mordidas, ou mesmo por meio de seus excrementos. Trata-se de um roedor nocivo à nossa saúde.

Uma das dúvidas mais comuns nesse sentido é se os ratos possuem algum tipo de veneno, e se esta substância (caso existir) pode ou não ser fatal para o homem.

Vamos descobrir a seguir.

Um Pouco a Respeito Desses Roedores

Ao contrário do que muita gente possa imaginar, os pratos não são apenas aqueles roedores que podem a´parecer em nossas casas, ou que vivem nos esgotos e nos entulhos das grandes cidades. Na verdade, existem muitas espécies de ratos que são silvestres também, e que, inclusive, desempenham um papel bem importante na cadeia alimentar.

Em geral, os ratos são pequenos, tendo como um de suas características uma cauda com pouco ou nenhum pelo. Possuem focinhos pontudos, e se adaptam aos mais diversos ambientes, tendo como outra característica primordial o fato de se reproduzirem muito e com grande velocidade. Pra se ter uma ideia, as fêmeas de ratos já entram no cio entre os 25 e os 40 dias de idade, com uma gestação de cerca de 20 dias, e uma ninhada de até 12 filhotes.

São animais principalmente noturnos, com o sentido da audição bastante apurado. Em, geral, a sua expectativa de vida é de apenas 2 anos, sendo o mamífero que menos tempo vive. Também é o animal mais usado pela ciência e por laboratórios em geral como cobaias, por conta do custo baixo de manter esses animais, e pela rapidez com que se reproduz.

E, Qual O Problema Dos Ratos Na Convivência Com as Pessoas?

A grande questão envolvendo os ratos em geral é que eles transmitem doenças a nós, seres humanos (muitas delas que podem ser, inclusive, bem graves). Atualmente, são conhecidas 55 enfermidades diferentes transmitidas por esses roedores, sendo que uma delas (a peste negra) dizimou populações europeias inteiras no século 14.

Mas, o rato tem veneno? Na verdade, não, o problema é que ele, geralmente, carrega consigo vírus e bactérias que causam enfermidades muito fortes e difíceis de tratar. É o caso, por exemplo, da leptospirose, uma infecção causada por uma resistente bactéria, e que pode causar febre, dores, hemorragias, e, em alguns casos, até mesmo a marte da pessoa atingida.

Sem contar ainda que existem doenças causadas pelos chamados hantavírus, que nada mais são do que micróbios bastante perigosos que se alojam nas secreções dos ratos, e que podem ser transmitidos através do ar. Essas enfermidades já se espelharam por boa parte do mundo, e o seu nível de letalidade é grande, mesmo que essas doenças já tenham sido detectadas há bastante tempo.

Tipos De Ratos E Enfermidades Que Cada Um Pode Causar

Existem basicamente três tipos de ratos que podemos classificar: os camundongos, os ratos de telhado e as ratazanas. Cada pum com suas características próprias, como o fato dos camundongos preferirem ficar em locais fechados dentro de residências e as ratazanas cavarem buracos no chão, como se fossem toupeiras.

Fora isso, cada um desses tipos são, sim, perigosos no que se refere a passarem doenças para as pessoas. No caso do camundongo, por exemplo, ele pode transmitir duas enfermidades bastante graves: o Hantavirose e a Salmonelose. Mas, n~]ao só. Na sua urina, existe uma proteína que pode, entre outras coisas, desencadear ataques repentinos de asma, além de outras reações alérgicas.

Já com relação à ratazanas, é preciso ter cuidado (além do contato com seus excrementos), também com a sua mordida, pois a boca do bicho pode conter bacilos que causam febre, e que se não for bem tratada, pode causar até mesmo úlcera na pele. É uma enfermidade bem comum no continente asiático.

Dois Ratos Comendo Alimento
Dois Ratos Comendo Alimento

Até mesmo roedores de estimação podem causar doenças, e por isso é preciso ter cuidado com eles, mesmo que casos assim sejam considerados raros. Por exemplo: raiva e até mesmo leptospirose podem ser transmitidas através de hamsters, ratos brancos e esquilos-da-mongólia. Por isso, o mais recomendado é adquirir esses animaizinhos em lojas especializadas do ramo, pois assim se saberá qual a procedência dele. E, claro, cuidados com higiene básica são mais do que necessários.

Um Rato Que Se Banha Em Veneno

Evidentemente que existem aqueles casos bastante peculiares de animais que podem não ter venenos naturais, mas que “pegam emprestado” essa característica de terceiros. É o caso do rato cristado africano, que evoluiu um método, no mínimo, curioso para garantir a sobrevivência diante de predadores.

O que essa espécie de roedor faz é bastante simples: ele come as raízes e as cascas de um tipo de árvore que é altamente tóxica. O que ele faz em seguida é muito “engenhoso”: simplesmente ele esfrega a sua pele na substância venenosa dessa planta e fica banhado com o seu veneno. Ou seja, todo e qualquer animal que tentar comê-lo, morrerá ou, no mínimo, se sentirá muito mal com a toxina que está na sua pele.

De nome científico Lophiomys imhausi, esse rato é encontrado apenas no nordeste do continente africano, e a toxina que ele usa vem especificamente da árvore Acokanthera schimperi, uma planta tradicionalmente usada por nativos da região para matar elefantes, tamanho o seu poder de envenenamento. Há relatos, inclusive, de cachorros que morreram imediatamente após tentarem se alimentar desse roedor.

Lophiomys Imhausi
Lophiomys Imhausi

Não é à toa, por exemplo, que quando está sob ataque de gatos selvagens e até mesmo de leopardos, esses ratos não fogem da briga, e até mesmo têm coragem de enfrentar seus algozes. Parado, ele mostra seu pelo preto e branco listrado que se encontra em seu flanco, que é justamente a parte da pele dele que está repleta da toxina.

Inclusive, ressaltando que esse veneno é orgânico, e que todos nós o temos em nossos corpos, servindo para controlar, entre outras coisas, os nossos batimentos cardíacos. Contudo, doses elevados dessa substância fazem com que os batimentos cardíacos acelerem tanto, que o animal ou o ser humano podem ter um ataque do coração.

Em suma, com esse rato não se brinca.

Veja também

Quais São os Predadores da Mariposa e Seus Inimigos Naturais?

Mariposas Esses insetos muito parecidos com as borboletas, possuem algumas pequenas diferenciações do inseto mais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *