Home / Animais / Qual é a Raça do Cachorro do Sherlock Holmes?

Qual é a Raça do Cachorro do Sherlock Holmes?

Sherlock Holmes é um investigador famoso, criado pelo autor Arthur Conan Doyle, conhecido por desvendar os casos mais enigmáticos da ficção policial. O que chama atenção de muitos, é o seu  cãozinho, que com uma bela dose de fofura, encanta todos que leram ou assistiram as aventuras do detetive. 

Qual é a raça do cachorro do Sherlock Holmes? Continue acompanhando esse artigo para saber a resposta para essa e para outras questões a respeito da raça e também do detetive de ficção mais conhecido do mundo!

Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Cachorro do Sherlock Holmes: Qual é?

Todo grande detetive possui um cão farejador ao seu lado para desvendar os mistérios mais enigmáticos e complexos. Os cachorros são excelentes farejadores e sentem muitos cheiros que nós, humanos não sentimos. O focinho deles, junto com o ouvido são extremamente aguçados e facilitam muito para que encontrem pistas e auxiliem na busca. É claro, Sherlock Holmes é um personagem, utilizado no romance policial de ficção, mas também na vida real, policiais e investigadores utilizam os cães para encontrar drogas, pistas criminais, enfim para farejar e identificar detalhes que os humanos não conseguem.

Sherlock Holmes é um personagem de romance policial criado por Arthur Conan Doyle. As primeiras histórias viraram livros premiadas e posteriormente, com o desenvolvimento do cinema, também vieram filmes e séries sobre o famoso detetive. Ele vive no Século XIX, entre os anos de 1890 e 1915. E se analisarmos o contexto da época, muitos assassinatos, crimes e roubos ocorriam, e não existia auxílio da tecnologia, então era fundamental existir bons detetives e investigadores. 

Sherlock é um detetive que vive na Inglaterra, mais precisamente em Londres. Ele sempre está acompanhado de seu fiel escudeiro e amigo confiável Watson, que também desvenda crimes com o famoso detetive. Porém, há um outro companheiro, de quatro patas, que chama mais atenção do que qualquer outro personagem nos filmes de Sherlock, ele é conhecido por Gladstone. 

É importante destacar que o detetive sempre possui algum amigo, companheiro em seus casos para confirmar a veracidade dos mesmos, pois sozinho, dificilmente ele conseguiria desvendá-los, apesar de ter todo protagonismo para si. 

Gladstone aparece pela primeira vez em “Sherlock Holmes 2: O Jogo das Sombras”. Ele é um cachorro da raça Buldogue Inglês. É pequeno, com o focinho achatado, suas patas são curtas, o corpo é todo branco, com algumas “gordurinhas”. 

Quer saber mais sobre esse fofo e pequeno cãozinho? Confira abaixo algumas características principais da raça Buldogue Inglês!

História e Origem do Buldogue Inglês

Gladstone fez tanto sucesso no filme de Sherlock, que ganhou uma versão própria em mangás, na versão de Sherlock Holmes canino. Ele encantou os fãs com suas peculiaridades e com sua fofura. Tanto que muitas pessoas começaram a procurar a raça para criação. Apesar do sucesso recente, o Buldogue tem uma história longa, e é domesticado pelos humanos há um bom tempo.

O Buldogue Inglês, como o próprio nome já diz, é oriundo da Inglaterra. E seus primeiros registros datam do ano de 1630, onde eram utilizados sobretudo em briga de touros e também “lutas” entre cães, devido a sua força e tamanho, era conhecido como “bandog” (cão de briga) e “bull baiting” (isca de touro). Porém, essas atividades foram suspensas anos mais tarde, e a raça parou e ser domesticada e quase chegou a extinção. Até que em meados de 1800, cruzamentos e experimentos foram realizados para mudar alguns hábitos e características da raça, a fim de que ele ficasse menos agressivo e fosse mais afetuoso. Deu certo, pois rapidamente  a raça disseminou-se pelos lares da Inglaterra e posteriormente nos Estados Unidos, no ano de 1835.

Há muitas controvérsias quanto a origem e os antepassados do Buldogue, alguns cientistas dizem que eles são descendentes de cães asiáticos, conhecidos como Mastiffs, que foram introduzidos no continente europeu a partir de nômades. Já outros estudiosos afirmam que os buldogues são descendentes do Alaunt, uma raça que existiu há muito tempo e já está extinta. 

Veja abaixo as principais características e peculiaridades do Buldogue Inglês, também os cuidados necessários com a raça! 

Principais Características do Buldogue Inglês

Os Buldogues são excelentes companhias, eles se apagam facilmente aos donos. São carinhosos e adoram estar próximos aos humanos. É um cão familiar, ele se dá bem com crianças, adultos e idosos. Ele é pequenino, suas pernas são curtas, seu corpo também, porém, sua cabeça é grande. Ele possui um temperamento leve, calmo e tranquilo.

Ele é considerado um cachorro de porte médio, com tamanho de 40 a 50 centímetros de altura. Seu peso varia de acordo com o gênero, onde o macho é mais pesado, com 22 kg a 26 kg e a fêmea varia entre 16 kg a 22 kg. 

São animais limitados quando o assunto é natação, já que suas pequenas pernas, não conseguem suportar o corpo e a cabeça quando está embaixo da água. Para dificultar ainda mais, sua respiração não é das mais eficientes, tendo em vista o seu focinho achatado. 

A característica mais marcante dos buldogues, talvez sejam suas “dobrinhas” pelo corpo, a pele enrugada cobre todo o corpo do animal que deixa-o com aspecto mais fofo ainda. Outro fator que contribui, e muito para a sua fofura, é o seu focinho achatado, que diferencia-o das demais espécies. Os olhos do cachorro são bem arredondados e de coloração castanha escura, são pequenos e bem separados.

As orelhas são arredondadas e pequenas, elas localizam-se acima da cabeça e caem levemente ao lado do rosto e de suas dobras corporais. A boca dele é pequena se comparada com o rosto. 

Eles são animais muito sociáveis, adoram brincar e se divertir junto aos donos. O buldogue possui diferentes cores. Ele possui colorações mescladas pelo corpo, as mais comuns são vermelho escuro, marrom escuro ou claro e branco. Já as cores preto e castanho são mais raras. 

Os buldogues merecem total atenção quando falamos da respiração do animal, pois devido ao seu focinho achatado e a estatura corporal, desenvolvem doenças cardíacas com facilidade. Por isso é fundamental levá-lo com determinada frequência em veterinário e especialistas. 

São cãezinhos belos, carinhosos que adoram dar e receber carinho. 

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e amigas nas redes sociais e deixe um comentário logo abaixo! 

Veja também

Lagarto Chicote- de- Garganta- Alaranjada: Características e Fotos

O lagarto chicote de garganta alaranjada (nome científico Aspidoscelis hyperythrus) é uma espécie nativa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *