Home / Animais / Qual a Raça de Cachorro que Vive Menos?

Qual a Raça de Cachorro que Vive Menos?

Os cachorros são considerados por muitos os melhores companheiros. Eles são fiéis ao dono e adoram estar próximos aos humanos. 

É fato que eles vivem menos que nós. Alguns cachorros podem chegar ultrapassar os 15 anos de vida, enquanto algumas outras raças tem expectativa de vida menor que 10 anos. 

Eles são animais carinhosos, a sua vida é muito importante e deve ser valorizada. Algumas raças não possuem uma longevidade, foram desenvolvidas em laboratório, não são muito resistentes e, consequentemente, acabam por falecer um pouco antes que as outras. Quer saber quais são elas?

Continue acompanhando esse post para saber quais as raças de cachorros que vivem menos, além das características e cuidados com esses pets. Confira! 

Por Que Algumas Raças De Cachorros Vivem Menos?

Antes de analisarmos as raças de cães que vivem menos, é importante destacar que os cachorros de porte grande, possuem uma longevidade limitada, diferente das raças de pequeno e médio porte. Mas por quê? Isso acontece devido às características fisiológicas e genéticas do animal. 

Geralmente, no meio dos mamíferos acontece ao contrário. Os animais de grande porte possuem uma expectativa de vida superior aos menores. Porém, com os cães (apesar de serem mamíferos) acontece o contrário. Isso porque as raças de grande porte, possuem uma maior capacidade de concentração dos radicais livres. Além disso, eles possuem uma maior peroxidação lipídica e pró-oxidantes, facilitando o desenvolvimento de algumas doenças e diminuindo a expectativa de vida.

É fato que todos os amantes dos pets adorariam que eles vivessem para sempre, pois são excelentes companhias, ótimas amizades e fiéis companheiros. Porém, como tudo na vida, existe um início, meio e fim. Algumas raças desenvolvidas ao longo dos anos em laboratórios tiveram sua expectativa de vida reduzida devido ao grande porte. É importante destacar também que isso acontece devido a genética do animal. Com o rápido desenvolvimento da ciência e da tecnologia, os processos evolutivos foram acelerados e consequentemente, o envelhecimento dos cães também. 

Assim, é preciso atenção antes de adquirir alguma raça de cachorro, pois é necessário saber as principais informações a respeito da raça, quais são as possíveis doenças que ela pode contrair.

Você sabia que existem doenças que se manifestam apenas em algumas raças? Por isso é fundamental levar o seu pet com regularidade ao veterinário e se informar sobre as principais características da espécie. 

Confira abaixo algumas raças de cachorros que vivem menos, aquelas com a menor expectativa de vida e suas principais características! 

Quais São as Raças De Cachorros Que Vivem Menos?

Dogue de Bordeaux

Entre todas raças de cachorro que existem no mundo, essa é a que possui a menor expectativa de vida. Isso mesmo, o Dogue de Bordeaux, também conhecido como Mastiff Francês, é oriundo da França. Essa raça é uma das mais antigas e sua expectativa de vida varia entre 5 a 8 anos. 

Essa baixa expectativa de vida se deve sobretudo as possíveis doenças que a raça desenvolve ao longo dos anos. Seu focinho é muito achatado, semelhante ao do Buldogue, e isso dificulta muito a respiração do animal. Além disso, ele pode desenvolver a displasia das pernas, próximas ao cotovelo e também dos quadris. Outra doença facilmente desenvolvida por eles são as doenças cardíacas, isso porque sua respiração já não é das melhores e ainda possuem algumas gorduras pelo corpo. 

É um excelente cão de guarda, antigamente era utilizado para caça de javalis e outros animais, não é considerada uma raça de grande porte, isso porque mede até 60 centímetros. É um cão territorial e muito fiel ao seu dono. 

Pastor Alemão

O Pastor Alemão é um dos cães mais populares e queridos aqui no Brasil. Eles são excelentes cães de guarda, ele é muito inteligente e eficiente quanto se trata de proteção. Mas é claro, não apenas isso, o cão também um ótimo companheiro, fiel ao dono e bastante territorialista. Algumas vezes até pode ser agressivo com estranhos em seu território. 

A expectativa de vida da raça varia entre os 7 aos 10 anos. Eles são animais de grande porte e desenvolvem algumas doenças ao longo de sua trajetória, sendo as principais: displasia dos quadris e na coluna, e uma doença que a própria raça desenvolve que é a deficiência no pâncreas, onde o animal não consegue digerir alguns alimentos e consequentemente perde peso de maneira rápida. 

Alguns fatores não contribuem para que o animal viva mais que 10 anos e os principais são as doenças que ele desenvolve. Por isso é fundamental cuidar, zelar pela saúde e pelo bem-estar do cachorro enquanto ele está com vida e saudável. 

Boiadeiro Montanhês de Berna

O Boiadeiro Montanhês de Berna também é conhecido como boiadeiro bernês. Ele é um animal de rara beleza com longos pelos que variam entre tons pretos, castanhos e branco. São animais de grande porte e passam por sérias complicações ao longo de sua vida. 

A expectativa de vida do cachorro varia entre os 6 aos 9 anos. Isso porque a raça desenvolve sérias doenças, uma delas e constante problema das raças de grande porte, é a displasia dos quadris, pois o corpo não consegue suportar o peso do animal. Além disso, ele desenvolve com facilidade o câncer e a APR (atrofia progressiva da retina).

Cuidados Com a Saúde Dos Animais

Se você possui um cão de grande porte, fique atento às possíveis doenças que o animal pode desenvolver. Pesquise, se importe. Não há uma solução para que o cachorro viva para sempre. Porém, você pode lhe proporcionar uma excelente qualidade de vida, com alimentos balanceados e passeios regulares. 

Evitar a obesidade dos cães de grande porte é uma missão fundamental é extremamente importante para o dono, já que a displasia dos quadris afeta praticamente todos os cães de raça grande. Vale  lembrar que não são todos os cães que desenvolvem essas doenças e sim alguns com a carga genética já modificada. 

Dê carinho, amor, alimento, passeie com ele, e observe o seu pet, se notar que ele está com dificuldades ou com dores, o ideal e mais indicado é procurar ajuda de um especialista e médico veterinário. 

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e amigas nas redes sociais!

Veja também

Pato Mergulhão: Características, Nome Científico, Habitat e Fotos

Você conhece o pato mergulhão? Quer aprender tudo sobre essa famosa e belíssima ave? Continue …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *