Home / Animais / Qual a Diferença entre Jabuti, Tartaruga e Cágado?

Qual a Diferença entre Jabuti, Tartaruga e Cágado?

Se você ainda não teve um desses animaizinhos como pet, por certo conhece alguém que tem! Mesmo com sua vagarosidade e casco duro, todos têm o seu encanto e fazem a alegria de muitas crianças, as quais, por um motivo ou outro, não podem ter um cachorro em casa.

Entretanto é preciso cuidado: o Ibama – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – autoriza que somente jabutis e tartaruga tigre d’água sejam adquiridos como animais de estimação. Mas existem diferenças nas leis de alguns estados, como São Paulo, que proíbe ter o jabuti como pet.

Embora haja diferenças nas características físicas e no habitat, tanto o jabuti quanto a tartaruga e o cágado têm como principal característica o casco ou carapaça e pertencem à mesma ordem de répteis, a dos quelônios, que datam do período Triássico, há cerca de 200 milhões de anos.

Dentre os três, o jabuti é o que vive somente na terra. Tem cascos altos e as patas traseiras com formato cilíndrico, que lembram as do elefante.

Todos os quelônios não classificados como cágados ou jabutis são chamados de tartarugas. Elas transitam tanto na água doce quanto salgada. Recolhem o pescoço sem dobrar para o lado, como os cágados e apresentam cascos mais altos que eles. Já o cágado é um quelônio de habituado à água doce e à terra. Possui pescoço mais longo e cascos mais achatados que a tartaruga.

Que são Quelônios?

Quelônios são animais pertencentes à classe dos répteis e têm como principal caraterística um casco em volta do corpo. Dividem-se em 12 famílias, 9 delas de tartarugas. Pertencente à subordem Cryptodira. O jabuti é o único quelônio que recolhem o pescoço sem dobrá-lo. Eles se movem lentamente por serem pesados, mas nada que os impeça de encontrar alimentos.

Ameaça de extinção

Quelônios Características

Muitas de suas espécies são ameaçadas de extinção pelas alterações que homem faz no ambiente, introduzindo predadores que antes não existiam em seu habitat. Mas o maior risco é a pesca, onde os pescadores acabam capturando as tartarugas, acidentalmente, em suas redes de pesca. Sem poder voltar à superfície para respirar, muitas morrem afogadas.

Características do Jabuti

  • O habitat do jabuti é a terra firme, por esse motivo não possui características hidrodinâmicas encontradas em outros repteis de sua ordem.
  • Dentre os quelônios é o que tem os cascos mais pesados. Por não nadar tem o casco alto e as e patas cilíndricas como as do elefante, que suportam o peso do casco.
  • Com o peso, move-se lentamente, mas isso não o impede excursionar à procura de alimentos.
  • O jabuti é quase um vegetariano: alimenta-se de frutas, verduras e legumes, mas alguns indivíduos da mesma raça gostam de carne.

Características do Cágado

  • É um animal de água doce
  • Transita entre a vida na água e na terra, por isso é considerado quelônio semiaquático.
  • Para nadar com mais eficiência e agilidade na água, apresenta membranas interdigitais entre os dedos das patas.

  • Suas patas têm dedos e unhas para garantir sua locomoção também em terra.
  • Sua carapaça contém características hidrodinâmicas, com casco achatado, e retrai a cabeça dobrando o pescoço lateralmente para se proteger dos predadores.
  • Geralmente é um animal carnívoro, preferindo crustáceos e peixes para alimentar-se. Alguns espécimes comem vegetais e carne.

Características da Tartaruga

  • A tartaruga possui o corpo com formas anatômicas para ter mais agilidade na água doce ou do mar, onde passa todo seu tempo, com exceção da tartaruga fêmea que passa algum tempo na terra para a desova dos ovos.
  • Sua carapuça é forte, mas é leve, pelo mesmo motivo.
  • Diferente de seus irmãozinhos jabutis e cágados, suas patas se assemelham a nadadeiras ou remos, para que tenham velocidade e possam locomover-se mais rápido na água.
  • Não dobra o pescoço para esconder a cabeça no casco.
  • Não possui dedos ou unhas.
  • Alimenta-se de peixes, moluscos, crustáceos e algas.
  • Estima-se que apenas duas tartarugas chegam à fase adulta a cada mil nascimentos.

Tartaruga Semiaquática ou de Água Doce

Pode viver na terra, onde toma sol e põe os ovos, mas pode viver também na água doce de lagos e rios, escondendo-se de predadores, alimentando-se de crustáceos, insetos, caracóis, plantas e algas. Esses costumes diferenciados explicam a grande variedade de tamanhos e formas.

Tartaruga Marinha

  • Vive apenas no mar, mas as fêmeas saem do mar  durante pouco tempo para esconder seus ovos na areia da mesma praia onde nasceu. Quando os filhotes nascem e correm para o mar, poucas se salvam, pois são alvos de animais e pássaros.
  • É bem maiores que o cágado e o jabuti e pode alcançar dois metros de comprimento e 900 quilos de peso, a exemplo da Tartaruga de Couro, considerada a maior tartaruga existente.
  • No lugar das patas possui nadadeiras apropriadas para vida aquática para facilitar sua locomoção, agilidade e rapidez quando está na água.

Espécies de Tartarugas Marinhas

No mundo todo existem sete espécies de tartarugas marinhas. Cinco delas vivem no Brasil:

  • Tartaruga de Pente (Eretmochelys imbricata) – Pode pesar até 150 quilos e medir um metro de comprimento. A boca tem o formato de um bico de gavião e é conhecida também como tartaruga verdadeira ou legítima. É considerada a mais bonita das tartarugas marinhas. É uma das espécies mais ameaçadas de extinção e leva esse nome porque era caçada visando a fabricação de armações de óculos e pentes. Possui carapaça atraente, formada por escamas marrom e amarelo, sobrepostas umas às outras. Pode ser vista no litoral do Nordeste, mas desova no litoral norte da Bahia e Sergipe.
Eretmochelys Imbricata
  • Tartaruga de Couro (Dermochelys coriácea) – É chamada de tartaruga gigante, pesa de 700 a 900 quilos e alimenta-se de águas-vivas. Seu casco é menos rígido e parece couro. Possui nadadeiras frontais que contribuem para que, ao nadar, alcance longas distâncias. Vive em alto mar e só vai à terra para a desova, o que ocorre no litoral do Espírito Santo. Sua cor é preta, com pontos brancos.
Dermochelys Coriácea
  • Tartaruga Cabeçuda (Caretta caretta) – Tem a cabeça maior que a das outras, medindo até 25 centímetros. Desova também no litoral e põe maior número de ovos que as outras. É também chamada de tartaruga mestiça por ter o dorso marrom e o ventre amarelo. Pesa de 150 a 250 quilos e seu casco mede cerca de um metro. Alimenta-se de algas, camarões, caramujos, peixes e esponjas. Tem mandíbulas fortes com as quais tritura conchas e carapaças de moluscos e crustáceos. É vista em todo litoral brasileiro, mas desova nas praias ao norte do Rio de Janeiro, principalmente nas praias de Sergipe, Bahia e Espírito Santo.
Caretta Caretta
  • Tartaruga Verde (Chelonia mydas) – É conhecida também como Tartaruga aruanã. Alimenta-se apenas de alga, pesa entre 250 a 360 quilos e mede cerca de 1,20 metros de comprimento. É muito apreciada ao longo do litoral Brasileiro, mas desova em Trindade (Espírito Santo), no atol das Rocas (Rio Grande do Norte), Pernambuco e Fernando de Noronha.
Chelonia Mydas
  • Tartaruga Oliva (Lepidochelys olivácea) –. É a menor entre todas as tartarugas marinhas. Pesa cerca de 65 quilos e mede aproximadamente 60 centímetros. Leva este nome devido à sua carapuça cinza-esverdeada. Sua alimentação consiste em plantas aquáticas, peixes, moluscos, crustáceos e em especial, de camarões. Desova nas praias de Sergipe.
Lepidochelys Olivácea

Veja também

Dentes do Crocodilo

Quantos Dentes Tem um Crocodilo? Qual o Tamanho do Dente?

As mandíbulas de crocodilo são projetadas para agarrar e segurar presas. Os dentes são cônicos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *