Home / Animais / Quais São os Predadores do Pato e Seus Inimigos Naturais?

Quais São os Predadores do Pato e Seus Inimigos Naturais?

Os patos são animais que lidam muito bem com a domesticação, então por vezes as pessoas sequer se lembram de que existem, sim, patos selvagens. Assim, quando livres na natureza, os patos possuem necessidades e problemas como qualquer outro tipo de animal. Entre os problemas, é possível citar que essa ave tem alguns predadores muito raivosos e agressivos, que podem causar diversos problemas para os patos.

Vale lembrar que alguns dos predadores do pato apenas atacam o animal quando livre na natureza, embora outros sejam agressivos ao ponto de tentar matar a ave mesmo quando em cativeiro e protegida. Além disso, também é importante deixar claro que os patos possuem poucas estratégias de defesa contra as investidas inimigas, já que esse animal não possui garras tão afiadas ou ataques muito perigosos.

Portanto, o mais natural é que a primeira reação de um pato ao ser atacado seja a de fugir, o que costuma se dar através do voo ou de ambiente aquático – os patos são muito limitados quando se trata de movimentação terrestre, mas possuem habilidades muito complexas ao nadar e também ao voar. Se você deseja conhecer um pouco mais sobre os predadores dos patos, veja tudo abaixo.

Predadores dos Patos

Os patos possuem alguns predadores naturais, assim como todos os outros animais. Dessa maneira, é interessante classificar os predadores dos patos através da região na qual o animal é criado. Pois, quando criado na parte Norte do país, por exemplo, as chances de o pato ser morto por um jacaré ou por uma onça-pintada são muito grandes.

Já quando na região Sul ou Sudeste do país, os gaviões podem representar riscos muito maiores à saúde dos patos. Dessa maneira, é fundamental entender que os diferentes riscos enfrentados por esse tipo de ave varia de acordo com a região em que o animal é criado. Contudo, de uma forma geral é possível citar alguns predadores dos patos:

  • Onça-pintada;

    Onça-pintada
    Onça-pintada
  • Jacaré;

    Jacaré
    Jacaré
  • Gambá;

    Gambá
    Gambá
  • Gavião;

    Gavião
    Gavião
  • Raposa;

    Raposa no Meio da Mata
    Raposa no Meio da Mata
  • Cachorro.

Todos esses animais possuem força e velocidade o suficiente para atacar os patos, além de muita vontade de fazê-lo. Vale lembrar, ademais, que os patos podem ser atacados ainda quando dentro dos ovos, o que acontece muito quando o animal está livre na natureza. Portanto, o mais natural é que a fêmea seja muito cuidadosa ao fazer o ninho para os seus ovos, de forma a preservar a vida dos futuros patinhos.

As Penas dos Patos

Penas dos Patos
Penas dos Patos

Por mais que muitas pessoas não saibam, as penas dos patos são uma parte muito interessante do animal. Isso porque, além da variedade de cores que cada tipo de pato pode ter, as penas possuem mecanismos naturais bastante sofisticados para facilitar a movimentação do pato em terra, água e ar.

Dessa maneira, se o pato é capaz de se movimentar com facilidade de diferentes maneiras, isso se deve às penas. Assim, as penas são muito resistentes à água, por exemplo, pois possuem uma cera especial que impede o acúmulo. Na realidade, até mesmo quando o pato mergulha de forma mais profunda, as penas localizadas mais no interior do animal permanecem secas.

Esse mecanismo, no fim das contas, faz com que o pato seja muito eficiente ao nadar, o que, no longo prazo, torna o animal um pouco menos frágil em relação aos predadores. Vale lembrar que a fuga é melhor resposta do pato aos possíveis predadores, já que a ave não apresenta formas de defesa mais complexas e, assim, acaba por não ter muito a fazer em momentos mais complicados. Quando uma onça ataca um pato, por exemplo, as chances de sobrevivências são muito pequenas.

Problema Para os Machos

Casal de Patos
Casal de Patos

Os patos possuem penas de diversas cores, que podem mudar de acordo com cada espécie. Assim, é natural que algumas tenham as penas um pouco mais coloridas do que outras. Em todo caso, na maioria das vezes as penas são eficientes no trabalho de camuflagem em determinado local.

Acontece que, ao longo da fase de reprodução, as penas dos machos se tornam mais coloridas e vivas, até como uma maneira de atrair as fêmeas. Contudo, passada essa fase, o animal continua com penas coloridas por quase um mês. Quando se trata de fugir de predadores grandes e perigosos, a última coisa que qualquer animal deseja é chamar muito a atenção. Logo, o pato vai totalmente contra isso ao se manter colorido.

É por tal motivo que muitos patos vão para áreas isoladas logo após a fêmea começar a chocar os ovos, quando o ninho já está bem protegido. Assim, esse animal pode aumentar as suas chances de sobrevivência. Depois de um tempo, o corpo do pato macho volta ao normal e o animal não mais chama tanto a atenção, o que é importante para a manutenção da sua vida.

Patos Solitários

Patos Solitários
Patos Solitários

Os patos tendem a ser monogâmicos ao longo da fase de reprodução, mas não costumam se manter juntos para toda a vida, apenas com algumas exceções. Assim, passado o momento de reproduzir, quando os ovos já estão perto de gerar os filhotes, o mais natural é que os machos se afastem do ninho.

As fêmeas, por outro lado, ficam e cuidam dos filhotes até que eles já sejam capazes de se defender. Portanto, com exceção do momento reprodutivo, os patos possuem um modo de vida muito solitário e não costumam estabelecer grandes conexões sociais. Assim, isso faz com que o animal se mantenha ainda mais suscetível aos ataques de predadores.

Pois, como se sabe, é muito mais fácil atacar um animal solitário do que atacar um grupo inteiro. Esse modo de vida dos patos, que se dá com a grande maioria das espécies, ajuda a entender melhor o porquê de esses animais não serem capazes de viver por tanto tempo quando livres na natureza.

Pois, por mais que sejam capazes de nadar e voar com maestria, os patos acabam por possuir limitações em sua rotina que facilitam bastante os ataques por parte de predadores. Assim, cada vez mais os patos vão se tornando animais puramente domésticos, perdendo noções básicas de vida selvagem.

Veja também

Quais as Raças Que Deram Origem ao Bulldog Francês?

O Bulldog Francês tem origem do cruzamento entre os cães da raça Terriers Pequenos, e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *