Home / Animais / Quais os Primatas Mais Próximos do Homem e Representantes?

Quais os Primatas Mais Próximos do Homem e Representantes?

Há muitos anos os cientistas estudam as semelhanças entre os seres humanos e outros primatas. Para se ter uma ideia dessa proximidade, os homens e os chimpanzés são separados por mais de quatro milhões de anos e ainda assim possuem apenas cerca de 2% de diferença em seus DNAs. Assim, pode se considerar que mais de 97% dos genes entre nós e esse tipo de primata são compartilhados. Incrível, não é mesmo?

Vamos conhecer um pouco mais sobre os primatas e a sua semelhança com os seres humanos. É só seguir acompanhando nosso artigo!

Semelhanças dos Seres Humanos e Chimpanzés

Mesmo possuindo características genéticas muito próximas, ainda existem muitos mistérios no que diz respeito à semelhança entre os homens e os macacos. Pra alguns cientistas, os chimpanzés não desenvolveram uma parte da inteligência que é responsável pela formação de um processo de linguagem mais elaborado. Assim, os chimpanzés apenas imitam alguns gestos e os significados não são algo que permanecem sendo repassado para os seus descendentes.

Alguns estudos destacam que eles possuem a inteligência de uma criança de aproximadamente quatro anos, sendo possível o desenvolvimento de atividades que necessitam de raciocínio e de comunicação por meio de simbologia. Os cientistas também descobriram que eles são capazes de desenvolver uma espécie de cultura da própria espécie, uma característica em comum com os seres humanos.

Uma pesquisa realizada com os chimpanzés concluiu que esses hábitos de comportamento não são passados de geração para geração e são repassados de forma aleatória pelos animais. Assim, essas atitudes não são necessariamente repassadas por herança, e sim, por ensinamento e troca de experiências entre os membros do grupo.

Com relação à anatomia do corpo humano e do chimpanzé podemos citar semelhanças no que se referem às habilidades dos braços, mãos e a capacidade de “pinçar” para agarrar objetos. Além disso, a utilização de ferramentas para auxiliar a alimentação também é uma semelhança entre as duas espécies. Os chimpanzés são capazes de abrir sementes, fazer a mistura de diversos tipos de alimentos e até mesmo realizar a comunicação entre indivíduos da sua mesma espécie.

Que Primatas são Mais Parecidos com os Humanos?

Para responder essa pergunta, os cientistas procuram fazer uma comparação de vários fatores, dentre eles, as características de genes e de comportamento. Tanto o homem quanto os gorilas, chimpanzés e orangotangos fazem parte da mesma família (que se chama Hominoidea) por possuírem alguns atributos em comum.

Dentre as semelhanças podemos citar: porte grande, possibilidade de rotação do membro superior, inexistência de um rabo e alguns detalhes na arcada dentária. Esses primatas ainda são subdivididos em famílias em que os macacos gibões também aparecem, mas com um “parentesco” e características mais distantes dos seres humanos.

Ainda existe uma enorme divergência em saber qual o primata mais próximo do homem, mas pode-se afirmar que os chimpanzés, gorilas e orangotangos se aproximam muito geneticamente do bicho-homem. A separação das espécies provavelmente aconteceu na mesma época, mas o homem possui mais semelhanças com os chimpanzés do que com os gorilas.

Essa informação fez os estudiosos chegaram à conclusão de que homens e chimpanzés possuíam um ancestral em comum, já que eles chegam a dividir 98% do DNA.

Diferenças Entre o Chimpanzé e o Homem

Mesmo possuindo muitas coisas em comum, homem e chimpanzé também são bem diferentes em alguns aspectos. Dentre eles, podemos citar a presença de um cérebro maior, mas que pesa menos, os braços mais proporcionais às pernas e um corpo mais esbelto e fino.

Além disso, os homens possuem uma postura ereta e os seus músculos são mais fortes e desenvolvidos, proporcionando mais agilidade e capacidade de manipular objetos e ferramentas com mais precisão.

Semelhanças Entre os Homens e Orangotangos

Outra linha de estudo aponta que na realidade os orangotangos são os primatas mais próximos dos homens. Uma pesquisa publicada em uma renomada revista científica destacou que após a análise, a teoria de que os chimpanzés são mais próximos dos homens pode ser contestada. Foram realizados alguns estudos utilizando DNA e também alguns fósseis dos animais em questão.

Além disso, os cientistas também compararam alguns atributos de outras espécies como os gorilas para chegar a essa conclusão. Depois da análise uma grande dúvida se formou e alguns setores de estudiosos acreditam que os orangotangos são os primatas que mais dividem características semelhantes conosco.

Como os primeiros orangotangos tiveram aparecimento em regiões asiáticas, a hipótese é que o parentesco em comum entre macacos e homens tenham saído da África e passado a viver nos continentes europeus e asiáticos há mais de 12 milhões de anos.

Curiosidades

  • Você sabia que os chimpanzés são capazes de demonstrar sentimentos como compaixão, fome, medo e até mesmo solidariedade? Mais uma característica em comum com os humanos.
  • Pesquisas comparam a inteligência dos macacos com a de crianças com até quatro anos de idade.
  • Alguns primatas possuem um complexo sistema de organização em grupo, sendo possível detectar a realização de guerras que objetivam realizar problemas de disputa de territórios.
  • Estudos descobriram que algumas espécies de macacos usam nada mais, nada menos que oito formas diferentes para abrir um coco. Isso só prova o nível de inteligência e habilidade que esses animais possuem. Inacreditável, não é mesmo?

Enceramos por aqui, mas não deixe de comentar ou de nos deixar alguma sugestão. Caso tenha ficado alguma dúvida com relação ao conteúdo do artigo é só nos enviar uma mensagem, ok?

Não se esqueça de compartilhar os artigos do Mundo Ecologia nas suas redes sociais.

Veja também

Meu Cachorro Está Estranhando Todo Mundo. E Agora?

Os cachorros ganharam enorme importância na vida das famílias brasileiras. Esses animais se tornaram tão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *