Home / Animais / Porque o Meu Cachorro Cheira Meu Umbigo?

Porque o Meu Cachorro Cheira Meu Umbigo?

Tanto animais como seres humanos precisam se comunicar e cada grupo desenvolveu sua maneira própria de expressar suas intenções e sentimentos. Os cães, por exemplo, têm um nariz pra lá de sensível e bem mais desenvolvido que o nosso.

É como um detector natural para esses animais analisar tudo que está a sua volta, durante exploração. Têm em todo seu organismo (também a cauda), as glândulas sudoríparas apócrinas – que exalam um cheiro próprio através do composto chamado feronômio. Esta substância serve para o cachorro identificar os demais animais.

Mas, então é por isso que i meu cachorro cheira o meu umbigo? Se o seu cãozinho faz isso com certa freqüência, sabia se esse é realmente o motivo. E ainda, conheça outras formas curiosas dos cachorros se comunicarem entre eles e com os seres humanos.

Mas Porque o Meu Cachorro Cheira Meu Umbigo?

Saiba que as glândulas sudoríparas presentes nos corpos humanos, também estão alojadas no umbigo. Este ato do cachorro cheirar o umbigo é para saber mais a respeito da pessoa, reconhecer quem está no recinto, isso no caso de pessoas estranhas.

Agora, quando ele procede assim com seu tutor e demais pessoas da casa, é para saber se o pessoal está bem tanto psicologicamente como fisicamente.

Outras Formas de Comunicação do Cão Com as Pessoas

Entendeu porque o cachorro pode cheiras o umbigo? Então, conheça outras formas bem interessantes desse pet se comunicar conosco e com outros animais!

1 – Inclinação das patas dianteiras

Quando seu pet se inclina com as patinhas dianteiras, ergue a região lombar e abana o rabo, em geral, é porque está te chamando para brincar.

Outra evidência disso é bater as patinhas no chão (como se estivesse sapateando)e também latir freneticamente.

 2  – Cheirar outros cães ou a mão de uma pessoa antes de deixar fazer carinho

Surpreendentemente, o olfato dos cachorros equivale ao sentido da visão em seres humanos. O cheiro, ou melhor, olfato é essencial para a vida dos cães.

Prova disso é que quando eles nascem é através do cheiro que encontra as mamas da mamãe para fazer sua primeira refeição nesse mundo, sem nem mesmo abrir seus olhinhos.

O olfato do cão é cerca de 40 x mais potente que o do ser humano, pois eles têm mais de 200 milhões dispositivos naturais receptivos. É a ferramenta principal de reconhecimento deles.

Esse é o motivo de quando você conhece um cãozinho ele costuma te cheirar quase que por inteiro a fim de te reconhecer, como também se familiarizar.

3- Virar a cabeça e as orelhas para o lado

Sabe aquela atitude de dúvida, em que o cachorro faz como quem diz assim “eu não estou entendendo” – que até dá vontade de pegá-lo no colo? É aquele gesto em que ele inclina a cabeça.

Este comportamento é quando o pet escuta um barulho que lhe chama a atenção, mas soou tão rápido que ele não conseguiu saber de onde vinha. Já quando o animal vira tanto a cabeça como obviamente as orelhas para um ponto específico, é porque ele está tentando descobrir de onde vem um determinado som.

Cachorro Vira a Cabeça e as Orelhas para o Lado

4 – Dar voltas em torno de si mesmo antes de dormir

Todos nós conhecemos as famosas “voltinhas” que eles fazem em torno de si mesmos antes de ir para sua caminha dormir. Outra atitude pode ser também arranhar com as unhas aonde eles irão se deitar.

Isso indica uma lembrança inconsciente deles dos remotos tempos selvagens, época em que esses animais tinham que ajeitar o mato, grama ou terra aonde eles iriam se deitar, uma espécie de caminha natural improvisada e as voltas são para se orientarem e relação as posições norte ou sul.

5 – Começar a uivar à noite

É impossível ficarmos indiferentes ao uivo de um cão, este ato é contagiante e, dependendo do caso, pode incentivar outros cães a fazer isso, podemos comparar ao bocejo humano.

Este ato praticado pelo cachorro tem relação com seus parentes distantes, os lobos. Os pets têm esse gesto como herança dos lobos que uivam para reunião da matilha.

Se o seu cão tem uivado muito, considere o fato de ele estar passando muito tempo solitário.

6 – Movimentos com a cauda

A cauda dos cachorros são o sinalizador do humor do animal, ou seja, quer saber se o seu pet está bem feliz ou triste, preste atenção nos movimentos da cauda dele. Por exemplo, se o rabo estiver ereto é porque está no sentido de alerta, pronto para o que der e vier.

Já se quando você o chama, e a cauda do cãozinho não para um minuto, é porque ele está muito feliz em te ver.

7 – Lambidas incomuns

Quando seu cão te lambe, ele está demonstrando o quanto te ama. Mas, dependendo das lambidas, há um significado diferente.

Se o animal lambe o focinho ou as patinhas constantemente, é uma expressão de que ele está estressado. Inclusive, dependendo da constância, esse ato pode até ferir a área lambida.

Cachorro Lambidas

Se ele está lambendo a cama, seu estado, além de melancólico é também de tédio. Entretanto, se ele está lambendo o ar é porque está sentindo dores e não consegue se expressar e identificar onde é.

8 – Deitar de barriga para cima

Quando seu pet deita de barriga para cima assim que alguém se aproxima dele é a mesma coisa que dizer “sou todo seu” ou  “eu me rendo”.

Tanto que se houver uma briga entre dois cães e um deles ficar de barriga para cima, está se rendendo ao adversário. No seu caso, esse gesto é de total confiança em você e demonstra a alegria com sua presença, querendo te agradar dessa forma.

9 – Raspa a grama ou a terra para cobrir fezes

Existem teorias que explicam porque o cão, após defecar, encobre com terra, mato, grama ou areia ali próximos. Alguns pesquisadores dizem que é um ato de cunho sanitário evitando a contaminação de outros animais com suas fezes, sendo uma atitude instintiva.

Outra teoria também aceita seria o fato deles agirem dessa forma por sua ancestralidade: seus antepassados costumavam cobrir as fezes a fim de encobrir seus rastros para não serem encontrados por seus inimigos, evitando um possível confronto.

10 – Enterrando ou escondendo objetos

Se você tem cachorro em casa, com toda certeza passou por essa situação: procurar um objeto, não encontrar de jeito nenhum e um tempo depois, localizar escondido em um canto específico da casa.

Advinha quem fez isso? Seu lindo cãozinho!

Esta atitude é normal para todos os cães. Saiba que esse ato é relativo aos antepassados deles, principalmente se além de esconder itens também brincam com eles, mesmo sendo adultos.

Cachorro Enterrando ou Escondendo Objetos

Na antiguidade, pelo motivo de haver pouca comida, eles precisavam enterrar o que sobrava do alimento a fim de garantir a próxima refeição. Pois não conseguir caçar novamente, era risco que eles corriam.

A Importância de Conhecer as Formas de Comunicação do Seu Cachorro

É muito importante que você conheça essas formas do cachorro se comunicar contigo. Isso ajuda a prever necessidades e até eventuais doenças.

Nunca despreze algum desses sinais!

Veja também

Comportamento do Marisco, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Por definição, mariscos ou frutos do mar seriam algumas espécies de moluscos ou crustáceos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *