Home / Animais / Por Que o Ornitorrinco é Perigoso? Como é Um Ornitorrinco?

Por Que o Ornitorrinco é Perigoso? Como é Um Ornitorrinco?

Muitos detalhes cercam esse interessantíssimo animal. Por exemplo, muitos desejam saber por que o ornitorrinco é perigoso, como ele é no dia a dia, etc.

Esse bicho tem um bico que parece muito com o de um pato. Ele o usa para desenterrar invertebrados dos leitos dos lagos. O ornitorrinco também é um dos únicos mamíferos a pôr ovos, sabia?

Entretanto, por ser um animal peculiar e com certa “graciosidade”, é que acaba escondendo seus pontos negativos. Sim! Ele pode ser bem nocivo para os seres humanos e outros animais.

O ornitorrinco masculino tem uma espora na pata traseira que contém veneno. Este veneno é letal o bastante para matar até cachorros! Isso o torna um dos únicos mamíferos peçonhentos do planeta.

Se deseja saber mais à respeito do por que o ornitorrinco é perigoso, leia o artigo até o final. Você irá se surpreender!

Aparência E Características Do Ornitorrinco

O ornitorrinco, de nome científico Ornithorhynchus anatinus, é um tipo mamífero pertencente à ordem dos monotremados. Ele é o único da espécie atualmente que não é vivíparo, mas sim. Ovíparo. Portanto, põem ovos.

É um tipo de animal endêmico da Austrália, ainda muito difundido, apesar de a população ter diminuído significativamente nas últimas décadas.

O ornitorrinco tem uma aparência decididamente incomum, porque se parece com o cruzamento de outros animais:

  • O focinho e as patas possuem membranas muito semelhantes aos dos patos;
  • O corpo e o pelo se parecem muito com a lontra;
  • O dente é parecido ao do castor.

A parte mais característica, e ao mesmo tempo engraçada do ornitorrinco, é o focinho. É um bico estranho, largo e duro como borracha, que lembra o pato. Em um animal peludo como este isso é realmente estranho de se ver.

O tamanho dele também pode variar muito de uma área da Austrália para outra. Entretanto, seu comprimento fica entre 30 a 40 cm, ao qual deve ser adicionado o comprimento da cauda, que não excede 15 cm. O macho é maior que a fêmea: algo que acontece em muitas outras espécies de animais. Mas, neste caso, a diferença é muito acentuada.

Os machos também são dotados de um esporão, colocado sob a pata traseira. O questionamento do por que o ornitorrinco é perigoso vem daí: esse esporão injeta veneno nos outros animais para se defender ou caçar. Para os seres humanos, esse veneno não é fatal, mas uma picada pode ser muito dolorosa.

Habitat do Animal

Até 1922, a população de ornitorrinco era encontrada exclusivamente em sua terra natal, o território do leste da Austrália. A faixa de distribuição se estendia do território da Tasmânia e dos Alpes Australianos até os arredores de Queensland.

Atualmente, a principal população desse mamífero ovíparo está distribuída exclusivamente no leste da Austrália e na Tasmânia. Este animal, por via de regra, leva um estilo de vida secreto e habita a parte costeira de rios de tamanho médio ou bacias naturais com água estagnada.

Ornitorrinco Nadando
Ornitorrinco Nadando

O ornitorrinco prefere água a uma temperatura entre 25,0 e 29,9 °C, mas a água salobra é evitada. O alojamento dele é representado por um covil curto e reto, cujo comprimento pode chegar a dez metros. Cada um desses orifícios tem necessariamente duas entradas. Uma delas é necessariamente submarina e a segunda está sob o sistema radicular das árvores ou em matas bastante densas.

Alimentação do Ornitorrinco

Para entender por que o ornitorrinco é perigoso, antes deve-se entender totalmente como é seu estilo de vida, por exemplo, sua alimentação.

O ornitorrinco nada e mergulha de uma maneira excelente e também pode permanecer debaixo d’água por cinco minutos. No ambiente aquático, esse animal incomum é capaz de passar um terço do dia, devido à necessidade de comer uma quantidade significativa de alimentos. Dá para acreditar que ele ingere cerca de um quarto do seu peso total?

O principal período de atividades intensas nesse sentido é aproximadamente ao entardecer. Todo o tipo de comida do ornitorrinco se compõe de pequenos animais aquáticos que caem no bico do mamífero depois que ele sacode no fundo de um lago.

A dieta pode ser representada por vários crustáceos, vermes, larvas de insetos, girinos, moluscos e várias plantas aquáticas. Depois que a comida é coletada nas bochechas, o animal sobe na superfície da água e a mói com a ajuda dos maxilares.

Reprodução do Animal

Todos os anos, os ornitorrincos caem na hibernação, que geralmente dura de cinco a dez dias. Imediatamente após a hibernação, esses mamíferos iniciam a fase de reprodução ativa, que ocorre no período de agosto até novembro. O acasalamento de um animal semi-aquático ocorre na água.

Para atrair a atenção, o macho morde levemente a fêmea pela cauda. Logo ​​após, o casal nada em círculo por algum tempo. A fase final desses jogos de acasalamento específicos é o acoplamento.

Os machos do ornitorrinco são polígamos e não formam pares estáveis. Ao longo da vida, ele é capaz de cobrir um número significativo de fêmeas. Tentativas de reprodução em cativeiro raramente são bem-sucedidas.

Imediatamente após o acasalamento, a fêmea começa a cavar um buraco para deixar os ovos para incubação. É então que o ninho é construído a partir dos caules das plantas e da folhagem.

Filhote de Ornitorrinco
Filhote de Ornitorrinco

Por Que O Ornitorrinco É Perigoso?

Produção Do Veneno De Plaquetas

Agora vamos entrar no mérito mais indagado acerca desse animal: por que o ornitorrinco é perigoso? Tanto os machos quanto as fêmeas da espécie têm esporões nos tornozelos, mas apenas o exemplar masculino produz veneno. Esta substância é composta por uma proteína semelhante às defensinas, das quais 3 são exclusividade deste animal.

O veneno é capaz de matar pequenos animais, incluindo cães, e é produzido pelas glândulas crurais. Essas glândulas têm uma forma de rim, conectando-se ao esporão. A fêmea nasce com espinhos pequenos que acabam não se desenvolvendo. Assim, ela os perde antes de atingir o primeiro ano de vida. As informações necessárias para a produção do veneno somente são encontradas no cromossomo Y, motivo pelo qual somente os “meninos” podem produzi-lo.

A substância dos esporões não é considerada letal, mas é suficientemente forte para enfraquecer o “inimigo”. Contudo, isso não significa que não é perigosa. A dose injetada em cada “vítima” está entre 2 e 4 ml, sendo que, nos tempos de acasalamento, os machos produzem uma maior quantidade.

O Ornitorrinco E Seu Veneno: Efeitos Nos Seres Humanos

O veneno do pequeno ornitorrinco pode matar pequenos animais. Para os seres humanos, como dito acima, não se mostra letal, entretanto produz dor intensa. Após a punção, é criado um edema ao redor da ferida que se estende até o membro infectado.

A dor é aparentemente tão forte que nem a morfina pode aliviá-la. Além disso, pode ser ainda mais intensa se houver a ocorrência de tosse ou outra condição, como um resfriado.

Depois de algumas horas, a dor pode se estender a outras partes do corpo que não sejam a parte afetada. Terminado o momento dolorido, o mal se transforma em hiperalgesia, podendo durar dias ou meses. Também foram registrados casos de atrofia muscular.

Em Que Casos O Veneno Do Ornitorrinco É Letal?

Ornitorrinco na Lagoa
Ornitorrinco na Lagoa

Sabendo por que o ornitorrinco é perigoso, é interessante saber quando o veneno é letal e quando não. O efeito do veneno produzido pelo ornitorrinco depende de quem for atingido, portanto, pode-se dizer que sua ação é variável.

De fato, se um animal pequeno é atingido, ele pode morrer, uma vez que a potência mata até um cachorro. No caso de um ser humano, no entanto, não ultrapassa o incômodo irritante, não sendo poderoso o suficiente para ser letal.

De qualquer forma, devemos sempre lembrar que um animal dessa espécie ataca quando se sente em perigo e precisa se defender.

Apenas para informação adicional: existe uma maneira correta de pegar um ornitorrinco e evitar ser picado. É preciso segurá-lo na base da cauda e de cabeça para baixo.

Agora que você já sabe por que o ornitorrinco é perigoso, quando encontrar com um, tome cuidado!

Veja também

Língua Roxa

Chow Chow Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre a Raça

Ter um cachorro é uma excelente maneira de aprender ainda mais sobre os diversos tipos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *