Home / Animais / Osga-Tropical: Curiosidades, Habitat, Alimentação e Fotos

Osga-Tropical: Curiosidades, Habitat, Alimentação e Fotos

Há muitos animais em todo o mundo que são tidos como anormais ou estranhos para a grande maioria das pessoas. Dessa maneira, é muito natural que muitas pessoas tenham algum receio em relação à proximidade com esses animais. Muitas vezes, assim, alguns deles são rejeitados por conta do puro e simples desconhecimento. É o que acontece com a osga-tropical, a popular lagartixa-tropical.

De origem africana, esse tipo de lagartixa rapidamente ganhou boa parte do mundo, chegando ao continente americano e, depois, ao Brasil. Portanto, a osga-tropical está entre os animais mais corriqueiros de todo o país, habitando inúmeras regiões do Brasil, mas, ainda assim, é vista de forma negativa por grande parte das pessoas. O que essas pessoas não sabem, porém, é que a osga-tropical realizar diversas tarefas fundamentais para a manutenção da higiene e da segurança nas casas brasileiras.

No caso, a osga-tropical é conhecida por ser uma grande predadora de animais como aranhas, escorpiões e até mesmo as baratas. Logo, a popular lagartixa está entre um dos grandes guardiões da sua casa, ainda que você sequer perceba isso e ataque com frequência. Veja mais características da osga-tropical abaixo, compreendendo o modo de vida de um dos animais mais numerosos do Brasil.

Características da Osga-Tropical

A osga-tropical está entre os animais mais numerosos do Brasil, além de estar presente em todas as regiões do país. Dessa maneira, a osga-tropical atua contra animais como baratas, aranhas e outros insetos perigosos ou pouco higiênicos. A sua função não é exatamente proteger a sua casa desses animais, mas, de qualquer forma, eles servem de alimento para a osga e isso acaba por acontecer.

A osga possui sempre um tamanho reduzido, que pode varia entre os 20 e os 110 milímetros, o que mostra como o comprimento da osga-tropical é pequeno. Ainda assim, mesmo tão pequeno esse animal consegue ser muito útil. Um detalhe muito destacável sobre a osga-tropical é que esse animal possui a vantagem de ser capaz de amputar o próprio rabo, o que faz quando sofre algum ataque por parte de outro animal.

Dessa maneira, a osga-tropical confunde o predador, que vê o rabo se movimentando sozinho e não entender muito bem o que está acontecendo. O processo todo é indolor para a lagartixa, que o faz por puro instinto e logo depois de algumas horas já começa a ver o crescimento do corpo novamente.

Curiosidades Sobre a Osga-Tropical

A osga-tropical possui muitos nomes por todo o Brasil, já que está presente em grande parte do país. Portanto, o animal é muito conhecido em todo o país, por mais que tenha os tais nomes distintos. Entre eles, assim, é possível citar que a osga-tropical é chamada de taruíra, víbora e crocodilinho.

Os nomes sempre mudam de acordo com o estado ou com a região em destaque, o que é bastante curioso. Ademais, a osga-tropical possui a incrível capacidade comer outras lagartixas, sendo algumas até mesmo da sua própria espécie. Isso acontece pelo fato de o animal ser muito solitário, não gostando de andar em grupos ou de viver em sociedade.

Comum na África no passado, a osga-tropical nasceu justamente no continente africano, onde encontrava o clima ideal para o seu desenvolvimento, com temperaturas altas e forte umidade em muitas épocas do ano. Contudo, com o tempo o animal rumou para outras partes do mundo, incluindo o Brasil.

Logo a osga-tropical tomou conta de toda a América do Sul, sendo, atualmente, um dos animais mais conhecidos de todo o continente, ainda que muitas pessoas não reconheçam o quanto a lagartixa pode ser importante para acabar com pragas e insetos.

Filhote de Osga-Tropical
Filhote de Osga-Tropical

Alimentação e Habitat da Osga-Tropical

A osga-tropical é um dos animais mais comuns do continente americano, estando presente em grande parte de toda essa parte do planeta Terra. Portanto, era de se imaginar que o animal pudesse ter alimentação bastante variada. Pois é exatamente isso que acontece, com a osga-tropical comendo uma série de insetos, o que a torna uma grande predadora de pequenos animais.

Baratas, aranhas, escorpiões de insetos de muitos outros tipos são sempre comidos pela osga-tropical, que não consegue passar muitos dias sem a sua alimentação. Moscas e mosquitos também estão sempre na dieta da osga-tropical, mostrando o quanto a diversidade faz parte da alimentação do bicho. Ademais, em relação ao seu habitat, a osga-tropical não apresenta grandes exigências.

Na verdade, esse tipo de lagartixa é uma espécie muito urbana, bastante focada em casas. Logo, é bastante comum encontrar a osga-tropical em sua casa, em geral nas posições mais altas da parede. Muitas vezes o animal está olhando para cima ou para baixo, o que é mais normal, sempre em busca das suas presas. Vale lembrar que a lagartixa não causa nenhum problema às pessoas, não sendo preciso matar o animal ou fazer qualquer mal a ele.

Osga-Tropical Não é Uma Salamandra

A osga-tropical é uma lagartixa e não uma salamandra. Esse tipo de diferenciação é necessária, já que muitas pessoas acham que os animais de aparência física parecida são, necessariamente, da mesma espécie.

Portanto, é importante mostrar que a osga-tropical não faz parte do grupo das salamandras. Isso porque a osga-tropical é um réptil, assim como as cobras e os jacarés. Já a salamandra é um animal anfíbio, que pode viver tanto na água como na terra. Logo, é chave entender a diferença entre esses animais, até mesmo pelo fato de que a salamandra foi um dos primeiros animais a povoar a parte terrestre do mundo. Em todo caso, é importante lembrar também que ambos apresentam características totalmente diferentes e não podem ser comparados.

Assim, entre as características da osga-tropical, é possível citar que esse animal se faz conhecido em grande parte do mundo pelo fato de ser capaz de escalar as paredes, alcançando posições realmente altas nas casas das pessoas diariamente. Já os anfíbios são famosos por viverem na água e na terra, tendo pulmões e brânquias, o que dá a esses animais uma capacidade que nenhum outro possui. Dessa maneira, fique atento aos detalhes quando comparar a boa e velha osga-tropical, a lagartixa caseira de América, com a salamandra.

Veja também

Lagarto Chicote- de- Garganta- Alaranjada: Características e Fotos

O lagarto chicote de garganta alaranjada (nome científico Aspidoscelis hyperythrus) é uma espécie nativa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *