Home / Animais / Lagartixa Dourada: Características, Nome Científico e Fotos

Lagartixa Dourada: Características, Nome Científico e Fotos

Conhecidas como dedetizadores de lares, as lagartixas são animais indefesos que se alimentam de pequenos insetos como pernilongos, formigas e moscas. Por conta disso, as pessoas têm até um certo carinho pela lagartixa quando é encontrada dentro de casa, já que auxiliam na limpeza e diminuem a reprodução de insetos que transmitem algumas doenças como dengue e chicungunha.

Embora pequena, a lagartixa não faz parte das famílias dos insetos e sim dos repteis. Possuem minúsculos ganchos em suas patas que fazem com que consigam andar sobre qualquer superfície e ficarem de cabeça para baixo em paredes. Essas são as mais conhecidas no Brasil, porém existem muitas outras, que estão bem longe de casas e sim na natureza.

Lagartixas

Assim como seus parentes próximos, os repteis, as lagartixas gostam de ambientes úmidos e rochosos, sua coloração pode variar, e também seu tamanho.

Geralmente não costumam passar de alguns centímetros, pois a espécie de lagartixa bem maior é o lagarto. Que possui hábitos, velocidade, entre outras características bem similares, porém não perdem sua cauda e a utilizam para se equilibrarem, além de serem maiores como dito anteriormente.

Quando estão em seu habitat natural, as lagartixas ficam em árvores e podem hibernar em tempos frios, pois possuem uma espécie de gordura na sua cauda que armazena gordura e libera energia aos poucos durante esses períodos.

Lagartixas Características

Algumas espécies de lagartixas possuem camuflagem assim como o famoso animal camaleão. Outras novas espécies com colorações diferentes têm sido descobertas como é o caso da lagartixa dourada que abordaremos mais abaixo.

Lagartixa de Cauda Dourada

Na Austrália, algumas espécies de animais como sapos, lagartixas e outros bichos considerados silvestres são novidades no que se refere a novas pesquisas. Não é comum o surgimento de novos insetos em áreas muito industrializadas, pois com o desmatamento e poluição na realidade é comum de muitos animais entrarem em extinção, pois passam a ser encontrados em lares e zonas industrializadas e serem mortos por venenos, entre outras formas, já que não sabemos realmente até que nível são realmente indefesos para a espécie humana.

Porém, contra o ciclo considerado normal dos dias atuais, surgiu a lagartixa de cauda dourada. Ao contrário da maioria das repteis, essas lagartixas possuem hábitos de saírem de seus esconderijos e se alimentaram durante o dia.

Existem poucos estudos específicos sobre essa espécie já que o local onde esses animais foram encontrados na Austrália são pouco investigados devido ao seu difícil acesso, sendo necessário para chegar até ele, 10 horas de viagem dentro do carro, mais uma subida muito perigosa que teria que ser feita a pé.

Apesar da diversidade de animais encontradas nesse local, ele é muito pequeno, e surpreendeu cientistas e pesquisadores por conta das novas espécies que foram encontradas.

Outras Espécies de Lagartixas

Outra espécie encontrada também na Austrália e parente bem próximo da lagartixa de cauda dourada é o lagarto da pele dourada e a lagartixa com rabo de folha, essa última se tornou mais conhecida pois suas características são bem amedrontadoras e ela é considerada uma espécie bem feia. Porém sua cauda é realmente idêntica a uma folha, sendo uma maneira desses animais se mesclarem com a natureza e fugirem de seus predadores.

Cabo Melville passou a ser considerada um Mundo Perdido, pois é surpreendente que possa existir tantas espécies diferentes em um único lugar, que nunca tenham sofrido qualquer risco de extinção.

Pesquisas começaram a ser feitas no local no ano de 2013, e no ano de 2019, mais especificamente no mês de abril, também foi encontrada mais espécie de lagartixa bem diferente das demais, essa que solta teias de sua cauda, como uma espécie de afastar seus inimigos. Até então o único inseto que podia soltar teias como modo de defesa e captura de alimentos são as aranhas.

Essa lagartixa que solta teias também é dourada, sendo mais evidência que esses animais passaram de hábitos noturnos para diurnos, por conta do calor, mais insetos que servem de alimento para esses repteis são mais fáceis de serem encontrados, e a cor dourada que é a cor que reflete sobre as árvores durante o dia, ajudaria esses animais a fugirem de predadores, se misturando em meio a paisagem.

Pode-se dizer que a natureza é muito sábia e traz capacidade de diversos animais passarem por diversas gerações, já que existem sapos que passaram a colocar ovos na rocha, devido a poluição e falta de águas, lagartixas da cor da luz do sol como meio de se camuflar durante o dia, além de lagartixas com outros meios de defesa e características físicas que simulam outros objetos que são encontrados na natureza como folhas.

Curiosidades Sobre as Lagartixas

Algo incomum para a maioria dos repteis, mas qualidade que foi encontrada em alguns tipos de lagartixa, é de comunicação. Algumas espécies podem se comunicar uma com as outras através de ruídos vocais.

Quando estão ameaçadas jogam a sua cauda fora, como meio de enganar o inimigo e predador. Sua cauda consegue crescer depois, porém feita somente por cartilagem. É muito comum que após soltaram a sua cauda, depois que o predador tenha saído do local, elas voltem para come-la, pois, a cauda é feita de muitos nutrientes importantes para elas.

Possuem um sistema de respiração e de digestão totalmente completo, assim como animais mais recentes como os humanos, sua pele é toda fechada e feita por escamas. Porém são ovíparas, tendo um sistema reprodutor bem antigo assim como a maioria dos repteis.

Curiosidades Sobre as Lagartixas

Podem viver até oito anos, ao contrário da maioria dos animais menores que por ter um sistema mais rápido, acabam envelhecendo mais cedo. 8 anos é bastante tempo se baseando em outros animais de características similares.

Possuem sangue frio e por conta disso, são mais ativas em estações quentes como primavera e verão, e podem hibernar em estações frias e com alimentos mais escassos já que os insetos também se reproduzem e estão em maior quantidade no calor. Embora precisem de ambientes quentes, elas conseguem caçar e são ativas a noite devido a sua visão que é privilegiada, conseguindo enxergar luzes e reflexos em uma quantidade 300 vezes melhor que os olhos humanos.

Veja também

Alimentação do Castor: O que Eles Comem?

Os castores são mamíferos, roedores, de hábitos semi-aquáticos, conhecidos pela curiosa habilidade para construção, inclusive …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *