Home / Animais / História do Leonberger, Personalidade e Origem da Raça

História do Leonberger, Personalidade e Origem da Raça

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a raça Leonberger, saber de onde ele veio, contar um pouco da sua história e muito mais.

História e Origem do Leonberger

Esse cachorro é nativo da Alemanha, portanto é uma raça alemã. Mas na realidade a sua verdadeira origem ainda é motivo de discussão, existem algumas teorias quanto a isso. Nosso grande cachorro da montanha pode ser descendente do Mastim tibetano segundo a primeira teoria, essa raça é muito antiga nos Alpes Centrais Orientais. Já no ano de 1625 existe registro de cães muito parecidos com eles na Áustria, inclusive cão de estimação de Clemente Venceslau Nepumoceno Lotário com o título de príncipe. Já outra teoria conta uma história bem diferente, conta que no ano de 1846 nasceu o primeiro cachorro da raça, desenvolvido por um criador muito famoso, e tudo isso aconteceu na cidade de Leonberg que fica no distrito de Böblingen, por este motivo o cão foi batizado com o nome da cidade que nasceu, o nome formado por duas palavras que significam Leão da Montanha. A intenção do homem era criar uma raça de cachorro com pelagem parecida com a de um leão, que é o animal presente no brasão do município. Para isso ele resolveu cruzar a raça São Bernardo com o Terra Nova.

Leonberger
Leonberger

O cientista de cães era também empresário bem abonado e forte na venda de animais. Por 14 anos seguidos ele foi vereador dessa cidade, o homem acumulava funções por ali. Junto com membros da sua família eles criavam e adquiriam raças difíceis de serem encontradas e diferentes, tinham uma certa preferência por cães grandes e de presença. O comércio de raças durou cerca de 50 anos, o número de negociações era tão expressivo que ele chegou a vender entre 200 a 300 cachorros no período de 365 dias.

Com isso ele foi ficando cada vez mais popular e conhecido. Iniciou promovendo apresentações de raças, escreveu obras sobre eles, os seus cães começaram a ganhar cada vez mais popularidade. Sempre cães grandes, os mais procurados eram sempre os de pelagem mais clara, indo para o branco.

No ano de 1846 consta que o criador expôs ao público o seu pupilo e afirmando as características da raça. Era um negócio familiar, enquanto ele rodava por aí mostrando suas criações, a filha do seu irmão era responsável por adestrar, alimentar e cuidar no geral desses cães.

Leonberger
Leonberger

Graças ao seu bom trabalho ele acabou despertando o interesse de pintores bem famosos na Alemanha, eles começaram então a usar o Leonberger como a estrela de seus quadros, com isso eles só ficaram ainda mais famosos. Podemos dizer que o trabalho de publicidade realizado pelo criador foi impecável. Com a popularidade ascendente a magnificência passou a se interessar pela raça, e com isso tornaram-se pet nos castelos, além disso pessoas de renome também quiseram adotar o novo animal de estimação no mundo inteiro. 

Nos EUA o primeiro cão da raça a surgir pertencia a um casal de apresentadores bem famosos, por um período eles rodaram a América com seu Leonberger produzindo peças. Nessa época alguns cães da raça fizeram participação em um show de constituição de características físicas de todas as raças, foram expostos em feiras no país. No período de 1887 a 1902 foram muito concorridos  para participar de muitos eventos.

No ano de 1889 o criador da raça faleceu, não deixou nenhum documento onde constasse o padrão da raça e nenhuma outra informação. Ele é muito homenageado por sua criação, mesmo tendo ido embora sem deixar nenhuma informação, mesmo assim no ano de 1891 começaram a surgir os primeiros clubes da raça.

No final das contas quem descreveu o padrão da raça, ao menos as primeiras características, foi um presidente do clube na época. Essa informação então serviu de referência para os próximos, dessa forma eles ganharam mais confiança e ficaram ainda mais populares.

Leonberger
Leonberger

Infelizmente a raça quase desapareceu do mapa no período do meio 1914 ao final de 1918 na época da primeira guerra mundial. Graças ao amor à raça de dois alemães eles não foram deixados para trás, se não fosse eles talvez a raça teria sido extinta. Ao final da Guerra, eles incansavelmente procuraram por esses cães por toda Alemanha, foram encontrados então 25 animais. De todos, somente 5 animais estavam aptos a reproduzir. Em um período pós guerra faltava comida, faltava dinheiro e com isso dificultava que a ideia fosse levada em frente. No ano de 1922 sete pessoas interessadas em ajudar criaram um grupo que se ajudaria a continuar com o projeto. A ideia  levou tempo, mas funcionou e depois de aproximadamente quatro anos eles já tinham criado 350 cães da raça. Então a raça estava na ativa novamente e foram muito aclamados, novos canis surgiram então. Eles puderam oficialmente registrar a raça e ela está pelo mundo até os dias de hoje. Nessa época, dois grupos conseguiram reproduzir filhotes no estado de Nova Jérsia. Iniciaram então o comércio que distribuiu os filhotes pela América, mas com a crise econômica em 1929 todos os cães desapareceram. 

A raça ressurge durante o período de 1939 a 1945 justamente na segunda guerra mundial quando a criação surge pequena com os cães sobreviventes. No ano de 1948 foi fundado outro clube, em 1975 todos os clubes se juntaram. Desde então seguem juntos unidos no desejo de preservar a raça.

Personalidade do Leonberger

Falando sobre a personalidade do Leonberger, é um cão perfeito para ser o companheiro da família inteira. É carinhoso, gosta de estar perto, não tem tendência agressiva. Muito tranquilo adora crianças, brincar com elas vai ser diversão garantida com toda certeza. É um cão leal, muito gentil e amigável.

Veja também

Labrador Retriever

Raças de Cães Mais Carinhosos do Mundo

Hoje trouxemos para vocês um compilado de raças de cães mais carinhosas, sabemos que isso …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.